+ I'm Here For You - Capitulo 9

- Você estará aqui quando eu voltar?
OH MY GOOOOOSH! ç.ç
Estávamos o caminho inteiro em silêncio. Ninguém se atrevia a dizer nada. Era como se fosse proibido e ninguém ousava quebrar essa “regra”. Zayn dirigia sério, seu olhar era fixo na rua mas eu podia notar que de hora em hora seu olhar era voltado pra mim. Eu estava com o rosto colado no vidro, como aquelas crianças felizes que estão passando por um lugar super interessante e que não vê a hora de sair correndo. O vidro abaixou do nada, e ele começou a rir, porque eu havia me assustado.
Eu: Sabe, isso não tem graça. - falei rindo.
Zayn: Certo, então porque você ria?
Eu: Porque eu quis rir, ok?
Zayn: Todo o sentido do mundo. - ele falou rindo, porém sem tirar os olhos da rua.
Eu: O leito da rua está vazia.
Zayn: Hn? - ele franziu o cenho e me deu uma olhada de canto de olho confuso.
Zayn: Cê quis dizer estrada?
Eu: Acho que sim. - falei rindo.
Zayn: Nunca ouvi alguém falar algo do tipo.
Eu: Ai, deixa de ser idiota. Eu não sou daqui.
Zayn: Por isso é tão engraçado. - ele ria sem olhar pra mim.
Eu: Dirige quieto. - eu falei batendo no braço dele.
Zayn: Ei, ei ei, mais respeito com o motorista.
Eu: Então o motorista teria que ter respeitado o passageiro.
Zayn: O motorista respeitaria o passageiro se ele não colasse o rosto no vidro.
Eu: O passageiro se sente ofendido.
Zayn: O motorista quer rir.
Eu: O passageiro mata o motorista que riu.
Zayn: O passageiro chora com a morte do motorista e se sente culpado por não ter declarado seu amor a tempo.
Eu: Nossa, que exibido. - eu falei rindo.
Zayn: Realidade. Realidade. Estou contando os fatos.

Confirmei com a cabeça com um sorriso irônico, ele deu um rápido sorriso e voltou sua atenção para a rua. Estava realmente vazia, tinha apenas um carro atrás. Zayn olhava constantemente para os retrovisores e as vezes virava a cabeça para olhar melhor. Ok, eu não sou uma boa motorista, não tenho habilitação, mas eu acho que isso não é comum. Dei de ombros, ignorando meus próprios pensamentos e estendi o braço, ligando o som. Tinha um CD no pause, e quando eu dei play, era uma música do Justin. Presumi que fosse do Niall, mas era a minha música favorita, U Smile. Antes que eu pudesse ter tempo de começar a cantar a música, Zayn havia desligado o rádio.
Eu: Ei. - reclamei ligando-o novamente.
Zayn: Para. - ele desligou.
Eu: Deixa de ser implicante, Zayn Malik - eu falei ligando o rádio de novo.
Zayn: Justin não. - ele desligou.
Eu: Justin é legal. - falei ligando.
Zayn: Não pra quem é obrigado a ouvir 24hrs por dia. - ele desligou olhando nervosamente para trás. Tinha alguma coisa errada.
Eu: Zayn, para. Eu quero ouvir. Vou trocar o CD.

Eu havia me esticado para frente na intenção de ligar o rádio novamente e trocar o Cd, porém na hora em que eu tirei o cinto que estava me impedindo de fazer direito Zayn havia feito uma curva muito brusca, e a única coisa que eu consegui foi cai em cima dele. Ele estava acelerando mais, e olhando muitas vezes para o retrovisor, não era uma frequência comum.
Zayn: Tá me atrapalhando. Senta e põe o cinto.
Eu: Ué, a culpa foi sua. - falei me endireitando.
Zayn: Não eu.. - ele parou de falar pra olhar pra trás.
Eu: Zayn, o que tá acontecendo?
Zayn: Aquele carro ta nos seguindo desde o Nando’s.
Eu: E você só vem me falar isso agora? - eu falei colocando o cinto correndo.
Zayn: Agora a culpa é minha se você não presta atenção em nada?
Eu: Olha, eu estava mais preocupada com a paisagem de Londres.
Zayn: Nossa, que utilidade isso tem pra nós.
Eu: Porque está sendo tão arrogante?
Zayn: PORQUE TEM UM CARRO ME PERSEGUINDO. NÃO REPAROU NÃO?
Eu: REPAREI, MAS GRITAR COMIGO NÃO VAI FAZER O CARRO SUMIR.
Zayn: NÃO, MAS VAI FAZER VOCÊ CALAR A BOCA.
Eu: SE QUERIA ISSO PORQUE NÃO PEDIU?
Zayn: PORQUE QUERIA QUE VOCÊ SE TOCASSE QUE ESTAVA SENDO INCONVENIENTE.

Eu não falei mais nada. Minha vista começou a arder e automaticamente embasar. Porque eu sempre tenho que chorar quando alguém grita comigo? Porque não posso ser forte o suficiente, ou rude o suficiente para rebater? Não, eu apenas me calava e guardava as mágoas pra mim mesma. Pisquei várias vezes - era o que eu normalmente fazia para conter as lágrimas - e virei o rosto para o vidro. Não adianta, estressá-lo só iria tirar sua concentração da rua e na nossa atual situação não seria uma grande coisa.
Ignorem a legenda linda. ç.ç
Ele havia feito uma cara incrivelmente fofa, que expressava a culpa que estava sentindo pela forma que havia me tratado. Senti algo tocar em minhas mãos, algo quente, que me passava uma tranquilidade muito grande. Me deixava nervosa, sua mão me passava um formigamento tão grande, um calor tão forte.. Que eu poderia ser capaz de ficar assim pro resto da vida.

Olhem só pra mim, olhe até que ponto eu havia chegado. Toda fã ama o seu ídolo, mas você nunca chega a imaginar que fosse um amor além de Fã, não é mesmo? E veja só eu. Estava mais do que claro que o que estava acontecendo ali não era um simples relacionamento de cantor para fã, não mesmo. O que estava acontecendo era algo mais sério, algo mais profundo, algo que envolvia sentimentos de ambos, era algo como.. de homem para mulher, e eu não sabia até onde isso iria chegar. Amor à primeira vista? Sempre julguei não ser real. Aliás, a muito tempo eu julgo o amor como irreal. Não fazia parte da minha rotina, e olhe só pra mim, sem palavras por causa de um simples toque.

Zayn parecia sentir a mesma coisa, porque ele mal conseguia tirar os olhos de mim pra olhar pra estrada vazia. Eu engoli a seco e puxei a minha mão. Quer dizer.. Na melhor das hipóteses, eu prefiro ficar sem os carinhos dele, do que sem a minha vida. Ele coçou a garganta emitindo um “HumHum” baixinho e voltou sua atenção para a rua. Já contei que ele estava quase na calçada? Pois é, acho que ele se desconcentrou bastante.
Zayn: Me desculpe. - ele falou sem me olhar.
Eu: Tudo bem, você está preocupado.
Zayn: Muito. Mas.. Isso não me dá o direito de te tratar dessa forma.
Eu: Ta tudo bem.
Zayn: Vê sua caixa de mensagem.
Eu: Porque?
Zayn: Só vê. Tenho minhas suspeitas.

Tirei o celular do bolso e olhei. Tinha uma mensagem não lida. Eu a abri e comecei a ler. “Como se sente sendo perseguida? Contente? Mas relaxa, ainda não será o dia da minha vingança!” eu li em voz alta e ele olhou para trás pelo retrovisor.

Zayn: Sabia que tinha algo a ver com isso. Preciso que ligue pro Liam.
Eu: Claro. Qual o núm.. - eu parei de falar. Fui interrompida por uma música legal do Chris Brown. Era o celular dele.
Zayn: Pega pra mim. - ele falou olhando pra trás, enquanto virava em outra rua. O restaurante estava parecendo mais longe agora, e eu estava com a pequena impressão de que já havíamos passado do local.
Eu: Onde está?
Zayn: Bolso de trás.
Eu: O QUÊ? Zayn, eu não vou por a mão lá.
Zayn: Para de graça. É só meu celular. Anda, tá tocando.

Eu engoli a seco e ele se levantou um pouco, pra facilitar que eu pegasse o celular. Coloquei a mão dentro do primeiro bolso de trás e não estava lá, coloquei a mão no segundo e o retirei. Se eu fosse dizer a ele o quão constrangida eu estava naquele momento, eu acho que ele iria rir até a próxima geração dos Maliks. Olhei para o visor e lá estava o nome: Perrie.
Eu: hnnn.. Zayn, é a Perrie.
Zayn: Perrie? Porque todas as desgraças acontecem juntas na mesma hora?
Eu: O que eu faço? Atende ou não?
Zayn: Atender? Tá maluca? Perrie iria me comer vivo.
Eu: Ok então. - falei rindo.
Zayn: Deixa parar de tocar e liga pro Liam. Tem o número salvo.
Eu: Ok. - E assim o fiz - Ninguém atende.
Zayn: Tá, procura Harry. - Ele falou olhando pra trás novamente.
Eu: Caixa postal.
Zayn: CASSETE. Niall então.
Eu: Ok. - Eu liguei e uma música começou a toca no carro.
Zayn: Ligou o rádio de novo? - ele perguntou estressado.
Eu: Não. - falei olhando em volta. Estava tocando Baby do Justin Bieber.
Zayn: Olha no banco de trás.
Eu: O celular do Niall tá aqui. - falei pegando um celular no banco traseiro e desligando a ligação.
Zayn: Niall é um completo idiota.
Eu: Coitado, Zayn.
Zayn: Eu tô mentindo? Como alguém deixa o celular dentro do Carro?
Eu: Ué, isso acontece.
Zayn: Com o Niall não é ‘acontece’ é ‘aconteceu de novo’.
Eu: Não exagere.
Zayn: Esse é o quinto celular dele.
Eu: Eita.
Zayn: Vai, anda, tenta Louis.
Eu: Vai com calma, não sou escrava viu. - falei procurando o nome do Louis na agenda. - Não tô achando.
Zayn: Procura por Boo Bear.
Eu: Achei - falei rindo. - Tá falando que o celular ta desligado.
Zayn: AAAAAAAAAAAARGHHHH!
Eu: Tenta se acalmar.
Zayn: Me acalmar? Perrie ta me perturbando tem uma semana. Tem um carro desconhecido me perseguindo. Eu tento falar com meus amigos e não consigo. Porque raios duplos, triplos, eles tem a droga do celular? Pra perder, esquecer e não atender? Que porra. É uma emergência e eles me deixam na mão. - ele falou tão rápido que eu não consegui entender muita coisa.
Eu: Zayn.. Sabe.. Eu sou brasileira. Você precisa falar mais devagar se quiser que eu entenda.
Zayn: Desculpa, pequena. - ele falou rindo.
Eu: Pequena é minha mão na tua cara. - eu falei rindo olhando pra trás. - Olha, o carro sumiu.
Zayn: Sério? - ele suspirou aliviado - Não aguentava mais dar voltas perto desse restaurante.. - ele falou parando o carro no acostamento. - Graças a Deus! - falou encostando a cabeça no banco e fechando os olhos. Eu apenas dei um sorriso. - Achei que ele não ia desistir nunca.
Eu: Relaxa, já me deixou em segurança.
Zayn: É o que os heróis fazem, não é? - ele falou ainda meio tenso.
Eu: Talvez. - dei um pequeno sorriso enquanto mexia no celular dele.
Zayn: Eeeei, me devolve isso.
Eu: Ah espera. Só quero mexer. - ele não pareceu ter gostado.
Zayn: Não. Devolve. 
Eu: Espera, espera. - eu falei esticando o braço pro lado oposto a ele.
Zayn: Não gosto que vejam minhas coisas. - ele falou se jogando sobre mim.
Eu: Ai, que misterioso.
Zayn: Devolve.
Eu: Não vou fazer nada. OLHA, SEU TWITTER TA SALVO A SENHA! - falei rindo.
Zayn: SeuNome Bennet, não mexa no meu twitter. - ele falou se jogando ainda mais em cima de mim na intenção de tirar o celular da minha mão.
Eu: Calma, calma, calma. Só vou me seguir. Nossa, isso soou tão esquisito. - falei rindo tentando não deixar ele o pegar de mim.
Zayn: Certo, já fez. Me dá. - ele falou puxando o celular das minhas mãos e eu apenas ri.

O rosto dele estava bem próximo do meu. A proximidade era tanta, que eu podia jurar sentir a respiração quente dele. O que eu fiz? Nada, fiquei petrificada. Não conseguia me mexer. Era impossível. Zayn me olhava com um olhar tão.. tão.. intenso, que eu podia sentir o peso do mesmo. Meu rosto queimava, eu sabia que estava tão vermelha quanto um tomate. Minhas mãos estavam suando frio e meu corpo inteiro formigava. Eu desviei o olhar e ele piscou várias vezes, como se quisesse por seus pensamentos no lugar.
Zayn: Hn.. O restaurante fica um pouco depois da floricultura. Hn.. Vamos?
Eu: Hn? Claro. Claro. Mas Zayn, você vai me esperar, não é?
Zayn: Claro né, não vo te deixar aqui sozinha. - ele falou rindo enquanto saía do carro.
Eu: Espero. - falei rindo enquanto saia também.
Zayn: Não abusa. - ele trancou o carro e logo estávamos andando. Tudo parecia normal, até que eu consegui tropeçar no meu próprio pé. - NOSSA! - ele falou rindo enquanto me ajudava.
Eu: Para de rir, idiota.
Zayn: Não dá, quem você conhece que consegue tropeçar nos próprios pés?
Eu: Eu.
Zayn: Só você.
Eu: Porque toda vez que a gente se encontra, eu tenho que cair? - eu falei rindo.
Zayn: Pergunte à seus pés. - Ele me sentou em um banco que havia na floricultura.
XX: Toma bela dama, e cuidado com os pés. - o dono da floricultura me entregou um buquê de flores super fofo. Ele parecia ter no mínimo 60 anos.
Eu: Obrigada. - falei um pouco sem graça enquanto pegava as flores das mãos deles.
Zayn: Veja só! Ganhou um novo admirador. 
Eu: Minha beleza encanta a todos!
XX: Você parece muito com o Zayn, daquela banda que a minha filha ouve.
Zayn: É? Me dizem muito isso. - Eu simplesmente não consegui me controlar. Estava rindo desesperadamente. - Se controla, mulher.
Eu: Coitado do meu admirador. Vou ir lá consolar ele.
Zayn: Estou com ciúmes. - ele falou fazendo uma carinha triste extremamente fofa, e eu simplesmente comecei a rir.
Eu: Não sabe como essa sua carinha é fofa.
Zayn: Mas eu sou todo assim. Sou atraente. Sedutor. - ele se elogiava enquanto usava o vidro da loja como espelho.
Eu: Céus! De onde vem tanto ego?
Zayn: Fora meu pai, sou o único homem lá de casa. Acho que isso contribuiu bastante e também.. eu sou muito sexy.
Eu: Ah é, claro. Explicado. - falei rindo.
Zayn: Senti a ironia, ok? - ele falou rindo. Ele pegou as flores da minha mão enquanto se abaixava de costas pra mim. 
Eu: Não precisa.
Zayn: Não vai andar com os pés machucados.
Eu: Não estão machucados.
Zayn: Não estou ouvindo. - ele cantarolou.
Eu: Disse que estou bem. - falei um pouco mais alto.
Zayn: Ainda não ouvi.
Eu: Você é um idiota. Ouvi agora? - Falei rindo.
Zayn: Agora ouvi, e estou ofendido.
Eu: Awn. - Eu já tinha subido nas costas dele e agora lhe dava um beijo no rosto. Pude ver ele sorrir, e eu apenas retribuí. - Vamos cavalinho.
Zayn: Quero ver repetir isso quando estiver no hospital.
Eu: Ain, que cruel. - ele ria.
Zayn: Give you this, give you that, blow a kiss, take it back. If I look inside your brain.. - ele cantarolava baixinho e eu deitei a cabeça sobre o ombro dele, ouvindo. Era uma das músicas deles que eu mais ouvia do primeiro CD. Ele sorriu, e continuou a cantar. - I would find lots of things. Clothes, shoes, diamond rings. Stuff that’s driving me insaaaaaane..

Hora ou outra, Zayn acenava para algumas meninas que o reconheciam. Confesso que eu estava um pouco constrangida, afinal.. Eu estava sendo carregada por Zayn Malik e eu tenho a pequena impressão de que estavam nos filmando. Escondi o rosto nas costas dele, e murmurei algo que - acredito eu - que ele não havia entendido.
Zayn: O que disse?
Eu: “Quê? Eu não disse nada. Esquece. Estava pensando alto demais só.” - eu havia dito em português.
Zayn: Como é? - ele falou espantado.
Eu: Hn?
Zayn: Que língua é essa?
Eu: Que língua?
Zayn: Que você acabou de dizer.
Eu: Céus. Eu falei português sem notar.
Zayn: Isso é português? 
Eu: Pois é. - falei rindo.
Zayn: Desisto de aprender.
Eu: É fácil.
Zayn: Não acho. Niall tá aprendendo e eu até tinha me interessado, mudei de ideia.
Eu: Ele tá aprendendo? Sério? Que fooooooofo. - meus olhos estavam brilhando, eu tenho certeza. Os de Zayn? Pareciam raivosos.
Zayn: Ele curte muito o Brasil e.. - ele havia tropeçado.
Eu: AAAAAAAAAH! - eu gritei e ele começou a rir, consequentemente me fazendo rir também.
Zayn: Desculpa. - ele ria ainda mais.
Eu: Idiota. - falei tentando parar de rir.
Zayn: Olha quem fala. - ele ria.
Ele me desceu devagar. Levantei o olhar e havia um enorme letreiro luminoso com as escritas: Welcome to the Grilled Chicken. “É chique” pensei baixo, desta vez. Zayn indicou a porta pra mim com as mãos, como se quisesse dizer que eu deveria entrar, apenas confirmei com a cabeça e ele se recostou na parede. Então ele não iria entrar. Coloquei a mão na porta a empurrei, porém não entrei. Olhei para trás e fiz uma careta, não queria entrar sozinha. Ameacei entrar, mas não entrei. Fiz isso mais ou menos umas três vezes. Sempre olhava pra trás e o via lá. Parado. Me olhando me um sorriso simplesmente perfeito.
Acho que eu tinha medo. Medo que enquanto eu virasse as costas ele sumisse. Respirei fundo e entrei. Eu estava certa, o restaurante era extremamente chique. Um ambiente que talvez eu jamais fosse comparecer. Não com o meu dinheiro, que por sinal é bem curto. O lugar era simplesmente incrível e contava com vários tipos de ambiente. Havia uma fileira de cadeiras para caso alguém não estivesse acompanhado. Havia mesas com capacidade de quatro, seis, oito e dez pessoas, todas arrumadas de maneira exemplar. No centro, havia pequenas mudas de árvore que eu não conheço. O local contava com uma fraca iluminação que dava um toque final. Era simplesmente perfeito, o lugar mais perfeito que eu já tinha ido.
- CLIENTEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEE! - Alguém gritou e eu havia me assustado. Uma loira, pra ser mais exata.
- Eu vi. Miss escandalo. - A morena ao seu lado respondeu após o susto.
- Só estava avisando. - Ela se defendeu.
- Pro mundo inteiro, eu presumo.
- Estava avisando pra Paty. - Eu deduzi que Paty fosse a menina de cabelo enrolados um pouco afastada.
- A Paty não é surda. - Respondeu a própria.
- AI, ME DEIXA! - Gritou a loira. Espera.. Ela estava chorando? Eu a olhava confusa.
Paty: Para de gritar, Cat. - ela falou levando as mãos até o rosto, irritada - Como percebeu, me chamo Paty. Em que posso lhe ajudar?
Eu: Hn.. Porque ela está chorando?
Clara: Porque ela é doente. - Respondeu a morena. - Ah, me chamo Clara.
Eu: Não é um nome Inglês.
Paty: Clara não é daqui.
Clara: Dá licença? Ela está falando comigo.
Paty: Ui, desculpa monstro. - Eu apenas ria.
Clara: O nome dela é Catherine, ela é a mais nova chorona daqui.
Eu: Então tem mais?
Paty: Claro. Tem a Clara.
Clara: Teu cu. - ela falou dando um soco na amiga.
Paty: Cadê o respeito? Tem cliente aqui.
Clara: Deixei em casa. Beijos mãe.
Paty: Mereço. - ela falou revirando os olhos - em que posso ajudar? - repetiu.
Eu: Procuro por Sophia.
Clara: AAAAH, A SOPHY.
Paty: E porque você gritou?
Clara: É a intonação perfeita pra frase.
Paty: Se diz entonação, gênio.
Clara: Tanto faz.
Paty: Bom, o expediente dela acabou, sabe? Acabou a uns.. vinte minutos.
Eu: Ai, que droga! Andei isso tudo a toa.
Paty: Sinto muito.
Clara: Então ela foi embora?
Paty: Não ouviu eu dizer que o expediente dela acabou?
Clara: Não. Eu sou surda!
Paty: Surdos não falam.
Clara: Sou surda, não muda.
Paty: Se você não escuta, como vai responder?
Clara: Com a boca.
Paty: Que bom. Pensei que fosse com a mão. Vai saber.
Clara: Ué, poderia ser. Linguagens de sinais.
Paty: E você por acaso sabe linguagens de sinais?
Clara: É que bom eu.. é que bom eu.. Não.. não sei.
Paty: HAAAAAAAAA!
Clara: VOU TE DAR UM HÁ NA SUA CARA!
Paty: VEM AQUI PRA V..
XX: Meninas, pelo amor de Deus. Já basta.
Paty: Ela começou, Ana.
Clara: EU? EU? PATY, VOCÊ ME CHAMOU DE SURDA.
Paty: Mas você é. e para de gritar.
Ana: Chega! Clara, lave a louça. - Paty tinha começado a rir. - Paty, vá passar pano naquela parte. - Agora Clara mostrava a língua. - Mereço, duas crianças.
Paty: Você sempre manda em mim.
Ana: Porque você se comporta como uma criança. - ela respirou fundo e olhou pra mim - Desculpe por isso.
Eu: Está tudo bem. - falei rindo - Foi até divertido.
Ana: Bom, Sophia realmente não está aqui. E só quem sabe o endereço dela é a Jubs, que infelizmente foi ao Nando’s na sua hora de descanso.
Eu: Tudo bem. Obrigada.

Agradeci e logo deixei o lugar, em meio a risadas. O que eu encontrei em frente não foi muito legal. Zayn estava simplesmente RODEADO por garotas escandalosas e não adiantava, por mais que eu tentasse, eu não conseguia chegar até ele. Peguei meu celular e comecei a escrever. “Está ocupado. Vou embora sozinha. Obg!”. Procurei bluetooths ligados e nunca encontrei tantos nomes num mesmo lugar. Por fim, encontrei quem eu procurava: Zayn Malik. Mensagem enviada. Antes que eu pudesse me afastar o suficiente, meu celular vibrou. “Não! Espera!” eu respondi. “Zayn, olhe a sua volta. Está rodeado. Pfvr, dê atenção a elas. Bjs e obrigada por me trazer aqui!”. Me afastei o suficiente para que não fosse possível rastrear o meu bluetooth que a essa altura já estava desligado.

O que eu sentia? Eu não sei explicar. Estava chateada. Estava frustrada e também cansada. Peguei um táxi e ele me deixou próximo à rua do meu hotel. Não tinha como ele continuar, além de engarrafado as ruas estavam cheias. Estava chovendo faziam horas. Porque isso só acontece comigo? Meu corpo estava pesado e eu não controlava mais minhas lágrimas. Maldita mania que eu tinha de chorar quando as coisas não saiam como eu queria. Mimada? Não. Nada disso. Apenas não me conformava com a forma que a vida era. Eu queria as coisas do meu jeito, e sempre que não era assim eu chorava, e chorava na frente de quem fosse. Eu avistei o hotel ao longe, e a única coisa que eu queria naquele exato momento era minha cama e um chocolate quente!
Aaah, nem demorei a postar dessa vez né? HAHA. Espero que estejam gostando. Estou fazendo o máximo possível pra não deixar a FIC corrida e fora de contexto. OBG a vocês que estão comentando, saibam que eu leito todos, e a maioria me faz rir (porque sou besta) KKKKKK.
Enfim.. Preparem-se porque daqui pra frente a fic vai ficar um pouco mais dramática, psé. Mas prometo por alguma coisa engraçada no meio, porque eu sou boba demais pra deixar tudo muito sério. Beijos suas Liamdas, se cuidem. Aline xx
27

27 comentários:

  1. Awwn mas eu gosto de gente boba haha zuera okay (nao é uma ofença) cara se caiu do ceu serio que fic maravilhosa vc escreve te amo muito viu XxAna

    ResponderExcluir
  2. Sempre adoro os capítulos, você escreve muito bem!

    ResponderExcluir
  3. Hey Babe....Adooroo sua fic ~rindo litros~

    You're perfect...

    ResponderExcluir
  4. continua ta perfeito a sua Fic é uma das melhores(ou a melhor) kk que eu ja li...ta perfeita!!!

    ResponderExcluir
  5. Amo sua Fic!Adoros pessoas bobas,tipo...eu!Eu escrevo tbm mas nao posto!kkk!E os meu capitulos sao assim tbm!kkkk,colque coisas mais picantes na fic,ok liamda?Malikesses,Gigi Malik

    ResponderExcluir
  6. Amo sua Fic!Adoros pessoas bobas,tipo...eu!Eu escrevo tbm mas nao posto!kkk!E os meu capitulos sao assim tbm!kkkk,colque coisas mais picantes na fic,ok liamda?Malikesses,Gigi Malik

    ResponderExcluir
  7. Nossa isso é perfeito, a cada dia a Fic
    fica mais perfeita.Meu dia sempre melhora quando eu leiú sua Fanfic
    Por mais triste q eu esteja ela sempre me faz rir... :)

    ResponderExcluir
  8. Meu bem vc é um e.t? pq essa historia é tao perfeita que parece de outro mundo KKKKKKKKKKKKK pode me chamar de idiota --' mas por favor continua! Sempre que eu leio eu fico coisada de um jeito booom *-* pf continua liamda <3

    ResponderExcluir
  9. Tipo divo só que perfeito c:
    Boba? Toca aquee o/ kkkk ,
    enfim continua ta mtt bom :)
    By: Drika

    ResponderExcluir
  10. "Gata
    tú e D+ precissa posta o proximo capitulo ta perfeito Veyu-u... essa personagem tem tudo a ver comigo.

    ResponderExcluir
  11. Ei, ta perfeito ! To viciada na sua Fic. To adorando! Ain, Zayn é um fofo, me protegendo! Dou mtas risadas, meus pais me acham louca. Fic sensacional...

    ResponderExcluir
  12. Continua!!!Tá melhor que Salve Jorge!!!!MIIIILLL VEZEEEES melhor!Hahahahaha até consegui forçar meu primo que odeia 1D a ler um pouco!!

    ResponderExcluir
  13. Meeeuu ta muuuito booom!!!!! Não vejo a hora de continuar!!!!!!! PERFEITO!!!

    ResponderExcluir
  14. Que ótimo vai ficar dramático, amo coisas dramática, e a fic esta perfeita !

    ResponderExcluir
  15. A fic está P-E-R-F-E-I-T-A
    Continue logo bjss.

    ResponderExcluir
  16. Meu Deus está muito perfeita! Posta mais se você não quer que eu morra ~le dramatica né?~ haushuashu amo demais a sua FIC!

    ResponderExcluir
  17. ahh!! ta muito bom e q odio dessa pessoa q esta "me" mandando mensagens ameaçadoras iggg!!! tomara q ela se ferre.
    by:Duda

    ResponderExcluir
  18. kkkkkkkkkkkkkkkkkkk vc é hilaria essa fic ta PERFEITA to amando mtooooooo!!!!!thatty xx

    ResponderExcluir
  19. L-I-A-M-D-O!!!
    Tá mara d+!
    Annsiosa para o proximo ccap!!
    Sério q quero muito essse drama!
    Eu tava lendo a part da clara e da pat e fiquei imaginando... HILÁRIO! xP
    Nao pare d rir ainda! x)
    Posta loguinho Directioner Seduzente!! ;)
    MaliKisses & HoranHugs

    ResponderExcluir
  20. Tá perfeito essa fic!!!!
    Q bim q vc conseguiu postar logo!!! :)
    Super funny!!! ;p
    Td di bom pra vc liamda!!!!
    MaliKisses e HoranHugs for everybody!!!!
    Bjss
    Xx Gabyy

    ResponderExcluir
  21. ta realmente perfeito posta logo please te love sou sua fãã =D

    ResponderExcluir
  22. Perfeito! posta o mais rápido possível! estou ansiosa e eu sou curiosa demais kkk

    ResponderExcluir
  23. Amei mais que tudo sua fic! Você escreve bem demais! continua =D
    http://imaginee-onee-direction.blogspot.com

    ResponderExcluir
  24. kkkk
    amei axo que e a melhor fic que ja lii continua malikisses liamda!!!!!!!!

    ResponderExcluir
  25. ta muitooo boa!gostei muito!!!continua Liamdaa!!!quando vc vai postar??malikisses

    ResponderExcluir
  26. eu simplesmente A-D-O-R-E-I sua fic ta mt boa ;) quando vc vai postar o proximo cap??

    ResponderExcluir