+ I'm Here For You - Capitulo 15

- Palavras também machucam
SeuNome POV’s
Quando o dia finalmente havia amanhecido, os raios de sol fraco começaram a ultrapassar a janela aberta que eu havia esquecido de fechar na noite passada. O vento também começou a invadir o quarto, fazendo as cortinas dançarem enquanto eu me encolhia embaixo das cobertas. Maldito pijama, porque não me aquece? Abri um olho apenas e levantei um pouco as cobertas, na intenção de me olhar e dei uma baixa risada. Eu não estava mais de pijama. Estava apenas de Top e calcinha, um mal habito que eu não havia perdido e que provavelmente não conseguiria manter.

Sentei-me na cama me envolvendo com a coberta, numa falha tentativa de me espreguiçar debaixo da mesma. Bocejei e sacudi a cabeça, deixando meu olhar pairar sobre o envelope, que ainda estava em cima da minha bagunçada cômoda. Respirei fundo e olhei para um calendário, quase escondido entre roupas e livros. Meu curso começaria dentro de dois dias. FINALMENTE! Peguei meu celular e o olhei sem vontade alguma de ler a mensagem que piscava. “Como está sua vida? Um inferno, não é mesmo? É o preço que se paga por querer as coisas que não são suas.. Tenha um bom curso!” Mas que.. Mas que filho da puta. Quer dizer que até mesmo sobre o meu curso ele estava sabendo? Eu já estava começando a ficar com raiva. Muita raiva.

Deixei meu celular jogado na cama e me levantei, tomando um rápido banho e me vestindo apropriadamente, e isso significa que eu estava de calça e casaco. Porque Londres era tão fria nessa época do ano? Que droga, meus queixos já estavam roxos, daqui a pouco, azul. Peguei meu celular e coloquei dentro do bolso. Meu estômago havia dado um ronco super alto, arrancando uma risada de mim. Era incrível como eu ainda estava de bom humor, apesar da SMS. O hotel oferecia para os hospedes café da manhã e almoço, apesar deles terem uma boa aparência, eu iria arriscar.

Pedi algumas panquecas, um pouco de bacon e um pedaço de bolo acompanhado com um copo de suco de laranja. O pedido foi bem rápido, atendimento de primeira. 
- Mas isso é comida demais pra um corpinho tão pequeno, não acha não?
- Como é? Repete. – eu falei séria, e quando olhei pra cima notei quem era.. – LIAAAAAAM! VOCÊ SUMIU!
- Na verdade, eu ainda estava no meu apartamento, você que não saiu do seu.
- Bom.. Tive uns contra-tempos..
- E com contra-tempos você quis dizer.. Notícia no site?
- Bom.. é..
- Você não pode se trancar por causa disso.
- Liam, eu recebi muitas ameaças.
- E você acha que a Perrie não recebia?
- Mas eu não quero fazer parte disso. Sou uma pessoa comum, e quero continuar sendo.
- Oras.. E eu não sou comum?
- Liam, pessoas comuns não andam com três celulares diferentes.
- Bom.. é porque eu gosto dos três.
- Claro, e eu gosto da lua, mas nem por isso comprei ela pra mim.
- Porque não é legal.
- Ok, sentaí.
- Sério mesmo, como cabe tanta comida nesse corpo tão pequeno?
- PARA DE DIZER ISSO!!!
- Sem escândalos essa hora do dia, por favor. – ele disse rindo.
- Senta de uma vez.
- Não gosto da comida daqui, obrigado.
- Poooor favoooooooor.. – alei numa voz manhosa.
- Ain.. – ele suspirou se sentando – Ok, mas eu não quero comer.
- E vai deixar uma dama comer sozinha?
- Uma dama não come desse jeito. – ele disse rindo.
- O que foi que você disse?
- Que não estou com fome. – ele falou rindo ainda mais.
- Negativo. Prove o bolo. Por favor! – Eu o entreguei um pedaço e ele recuou.
- Já disse que não quero.
- Por favor, Liam. – usei a minha voz manhosa de novo.
- Ok, Ok. – Ele disse se rendendo e comendo um pedaço do bolo.
- E então.. ?
- Até que não está tão ruim?
- O quê? Está magnífico.
- Eu não sou fã de bolo de cenoura. Ofereceu pro directioner errado. – eu comecei a rir. – que foi?
- Você realmente não sabe falar directioner.
- Isso não tem graça.
- Tem sim.
- Então.. Dormiu bem?
- Ué.. Sim..
- Não parece.
- Preocupação. Só ando um pouco preocupada, mas não se preocupe.
- Quanta preocupação numa frase só. – ele disse rindo – Isso inclui o Zayn?
- Não. Claro que não.
- Certeza?
- Certeza, ele não tem nada a ver com isso.
- Sabe, depois que ele foi te levar no Grill, ele sumiu por cinco dias.
- Eu sei, divulgaram no twitter.
- Pois é. Você sabe de algo?
- Não. Não tem algum lugar que ele fosse ir?
- Que eu saiba, só a casa da mãe dele, mas não é tão perto assim.
- Zayn deve conhecer muitas pessoas. Deve ter passado na casa de alguém. – eu comentei tentando prender minha atenção no bacon.
- Está com ciumes?
- Eu? Pelo amor, não diga bobagens.
- Você sabe que eu sou analista demais. Sei ler expressões.. Cuidado.
- Vou tomar cuidado. – dei um sorriso de leve.
- O que aconteceu entre vocês?
- Nada.
- Tem certeza? Zayn disse outra coisa.
- O que ele disse?
- Isso não seria legal da minha parte.
- Só que ele é um mentiroso. Não aconteceu nada.
- Aham. Então porque Zayn sumiu depois disso? E devo dizer que ele chegou estressado também? Ou melhor, devo dizer que ele terminou com a Perrie?
- ELE O QUÊ?
- Fala baixo..
- Ele.. Terminou?
- A cabeça dele está confusa. Me conta o que aconteceu? Sei que ele não me contou o erro dele.
- Como sabe que ele errou?
- Ele enxeu a cara de Whisky.. É, ele errou em algum ponto.
- Mas ele tá bem?
- Dormindo. E não acordará tão cedo.
- Sabe.. Ele me fez voltar sozinha pra casa.
- DO GRILL? – ele arregalou os olhos e eu apenas afirmei com a cabeça – Céus! Isso é bem longe daqui.
- Eu sei. Consegui táxi no meio do caminho.
- Mas.. De propósito?
- Creio que não. Simplesmente do nada surgiram fãs enlouquecidas.
- Mas o trabalho dele depende delas..
- Sim, eu sei. Mas.. Eu nem ao menos consegui chegar perto. Então deixei uma SMS pra ele e fui embora.
- Por isso ele ficou assim.
- Hn?
- Nada. Zayn odeia desapontar as pessoas. É como desapontar a ele mesmo.
- Sei disso.
- Olha, Zayn jamais te deixaria lá por vontade própria.
- Liam, eu sei. E você não me deve explicação.
- Ele não. Mas eu devo. – Era uma voz rouca, mas eu havia reconhecido. Era Zayn. Eu o olhei e meu coração havia disparado. Ele tinha os cabelos bagunçado e uma cara tremenda de sono. Seria maluquice minha dizer que estava fofo? Mas ele parecia abatido.
- Zayn.. Você.. Você tá bem?
- Vou deixá-los a sós. – Liam se levantou e bateu a mão no ombro do amigo.

Antes de sair, Liam deixou duas palavras. Uma pra mim, uma pra Zayn. A minha era: Tenha calma, e paciência. E para Zayn, algo do tipo: Boa sorte. Eu apenas sorri e ele cedeu a mesma cadeira que agora Zayn estava sentado. Ele me encarava com um sorriso torto que fazia meu estômago inteiro revirar. Porque ele tinha que ser tão perfeito? Eu não consigo resistir a isso. Eu estava lutando contra mim e minhas vontades. Minha vontade de agarrá-lo. Minha vontade de beijá-lo. Minha vontade de passar as mãos pelos cabelos dele e os bagunçar ainda mais. Era mais forte que eu. Desviei o olhar para meu suco e o terminei de beber, na intenção de esfriar a cabeça.
- Sabe.. você está parecendo um drogado. – eu falei rindo. – ou no mínimo alguém com ressaca.
- Acertou de segunda. E eu não estou tão diferente assim do meu normal. – ele deu um sorriso envergonhado e coçou a nuca, me fazendo derreter. Ele percebeu e apenas riu, me deixando envergonhada.
- Claro. Fiquei sabendo da sua rendição à bebida. – falei séria agora – Beber não resolve tudo, Zayn..
- Não.. Mas ao menos eu esqueço.
- De que adianta? Quando o efeito passar, os problemas estarão no mesmo lugar, só que sua cabeça estará doendo. – ele apenas deu de ombros.
- Peço desculpas por.. por.. que dia foi mesmo?
- Quarta. – eu falei rindo.
- Isso. Me desculpe. Acho que não foi muito legal da minha parte.
- Zayn..
- Não. Me deixa terminar. Me desculpe, de verdade. Eu não imaginei que.. que..
- Seu trabalho ia interferir? – eu completei e ele confirmou com a cabeça.
- Exato. Me desculpe. – ele disse segurando uma de minhas mãos e a acariciando. Uma onda de calor invadiu meu corpo e eu puxei a mão depressa. Sim, ele estranhou.
- Não me deve desculpas. Só nos conhecíamos a.. um dia. Qual foi, estou bem.
- Não. Eu te deixei em um lugar que você não conhecia. Poderia ter se perdido.
- Mas não me perdi.
- Me desculpe pela matéria no site também.
- Você viu né?
- Vi sim. E minhas mentions estão assustadoras.
- Só a sua? – eu dei um sorriso desanimado.
- Eu.. Bom.. Não posso fazer nada quanto a isso. Só peço perdão.
- Pare de pedir desculpas o tempo inteiro.
- O que quer que eu faça então?
- Nada Zayn. Não quero nada. Quero que vá embora.
- Mas eu não vou até que me desculpe.
- Está desculpado.
- Não assim. Por Deus, não foi minha culpa aquilo ter saído no site. Acha que só você teve problemas com isso?
- Sei que não. Seu namoro com a Perrie acabou.. Não é? – minha voz era fraca, ele deu um sorriso entristecido. - Por isso está desse jeito?
- Em partes sim. A bebida contribuiu bastante.
- Sinto muito. – eu abaixei a cabeça.
- Não sinta. – ele levou a mão até meu queixo, me fazendo levantar o olhar até que caísse nos seus. Sua mão era tão quente.. Tão macia.. Ela me causa arrepios inexplicáveis.
- Mas.. eu.. hn..  – eu não encontrava as palavras certas, era difícil pensar com aquela sensação invadindo meu corpo.
- ..livrei Zayn Malik do que ele não conseguia há meses.. – ele completou minha frase.
- Mesmo assim..
- Está tudo bem.. Porque tem tanto medo?
- Zayn.. Suas fãs não estavam brincando quando me ameaçaram.
- Não se preocupe com isso. Por favor. Eu prometo que nada irá te acontecer.
- Você não estará comigo todos os dias.
- Mas farei o possível para estar sempre por perto.
- Tours.
- Faz parte do meu trabalho.
- Mas significa estar longe.
- Nada vai te acontecer, confie em mim.
- Confiar no cara que me deixou sozinha em um tempo chuvoso num lugar que eu não conheço?
- Não foi minha culpa.
- Não tô falando que foi. Estou falando que não posso confiar.
- Pra quê tanto medo? – ele puxou a cadeira e se sentou do meu lado aproximando o rosto do meu. Minha respiração ficou mais difícil, meu corpo inteiro formigava com aquela proximidade. Ele me deu um simples beijo no rosto que incendiou todo meu corpo.
- Zayn.. – minha voz era fraca e ele não recuou. Senti outro beijo, agora mais próximo à minha boca e eu sabia muito bem o que estava por vir. Sua mão tocou a minha face, onde ele começou a acariciar. Um arrepio subia espinha a cima e meu estômago começou a revirar.
- Porque você foge tanto do que é óbvio? – ele sussurrou no meu ouvido e eu levantei da cadeira bem rápido, o assustando.
- Não é medo. Só.. Olhe pra você.. Olhe pra mim..
- Não entendi.
- Sou invisível, Zayn.
- Não diga bobagens! Eu te vi! Você tem mais potencial do que pensa.
- Olhe pra você, pelo amor. Está sofrendo a perda da Perrie e quer se consolar comigo.
- O QUÊ? – ele falou exaltado se colocando de pé com tanta força, que a mesa quase virou.
- Eu não sou um brinquedo.
- Espera.. O que você tá dizendo?
- Que eu tenho sentimentos. – eu sentia as lágrimas escorrerem, era inevitável.
- Meu Deus, e quem foi que disse que não?
- Zayn.. A-acho melhor.. melhor.. a g-gente não se v-ver mais.
- Não diga bobagens, moramos no mesmo hotel.
- Basta evitar.
- Olhe pra você, e repita que não quer mais me ver. Por Deus, de onde tirou essa ideia? Não estou te usando. Que tipo de idiota eu seria?
- Só não podemos mais.
- Então repita isso e eu sumo. Mas repita olhando em meus olhos. – eu abaixei a cabeça e os soluços começaram. Porque tenho que chorar quando eu mais preciso ser forte? – Viu? Olhe só pra você.. – ele ergueu minha cabeça novamente enquanto limpava meu rosto. Seu toque era tão suave.. – Você precisa dos meus cuidados.. – ele acariciava meu rosto me causando arrepios – Eu não disse que sempre iria te proteger? – ele aproximou novamente seu rosto do meu. A proximidade era tanta que eu podia sentir sua respiração quente, o que me deixava bem nervosa.

Eu queria correr, eu queria gritar, queria empurrá-lo e me afastar, eu queria sumir. Mas era mais forte que eu. Como impedir um desejo vindo do seu coração? Como impedir meu corpo de desejar algo tão proibido? Como eu poderia evitar algo dessa forma? Era como se.. Como se.. Eu dependesse dele, e de mais nada. Eu precisava. Dependia. Necessitava. Desejava. Era como se o tempo houvesse congelado e me dado tempo o suficiente para pensar. Zayn se aproximava devagar e eu estava lá.. Perdida.. Tão vulnerável..

- Não! – falei com uma voz fraca me afastando dele. Eu mantinha minhas mãos em seu peito, o mantendo longe e me certificando que ele não fosse se aproximar novamente.
- Eu não te entendo, sabe?
- Entenda que não pode afundar as mágoas em mim.
- Mas que teimosia.
- Zayn. Me faz um favor? Volte pra sua namorada.
- Eu não a quero.
- Se olhe no espelho e repita isso com sinceridade. – eu falei enquanto começava a andar, mas ele me segurou pelo braço com calma.
- Me deixa tentar. 
- Não enquanto você estiver me usando pra esquecê-la.
- Mas isso não é verdade.
- Tenha senso de noção, nos conhecemos a apenas seis dias. Se olhe, - eu disse o entregando uma colher, como eu queria rir, mas as lágrimas não deixavam – olha o estrago que isso te causou.
- ESTOU COM RESSACA. Difícil entender?
- Difícil admitir que Perrie também tem um pouco de culpa?
- ESTOU ASSIM PORQUE TE QUERO.
- Não grite isso.
- Quem sabe assim entra na sua cabeça que não importa quanto tempo faz que te conheci.
- Dê tempo ao tempo. Não estou pronta pra outro relacionamento. – Eu comecei a andar e ele me segurou novamente.
- Por favor..
- Zayn.. Me solta..
- Estou te pedindo.
- Não piore tudo.. – eu falei chorando.
- Não precisa piorar nada..
- Me deixa ir.. – Eu me soltei e sai de perto.

Foram minhas últimas palavras e ele pareceu ouvir. Eu o deixei ali, sozinho. Ele ficou lá parado, no mesmo lugar. O mundo dele parecia ter desabado sobre a própria cabeça e eu sabia que era minha culpa. Eu sabia que o término com a Perrie o tinha abalado de maneira inimaginável, mas também sabia que eu tinha piorado tudo o que ele sentia. Ele levou uma das mãos até a cabeça, inconformado e jogou a colher longe e quebrou um vidro do hotel. Sim, aquilo havia chamado uma atenção enorme. Ele largou um dinheiro sobre a mesa e saiu com raiva. Provavelmente iria voltar pra dormir, afinal eram apenas 7 da manhã. Eu queria voltar.. Queria dizer que estava tudo bem.. Que eu estava com ele. Eu queria estar ao lado dele. Queria dizer “Que se dane o tempo, vamos ficar juntos”. Sim, eu queria. Mas meu bom senso não deixava.

Meu passos eram tortuosos. Eu estava fraca, só sabia chorar e não olhava mais por onde ia. As lágrimas não cessavam um só minuto. Senti que iria desabar naquele momento, porém alguém estava me segurando.
- Liam?
- Ei.. O que houve?
- Liam.. Me tira daqui.. – eu falei chorando e ele me pegou no colo, e logo eu me via na minha sala, sendo consolada por Liam Payne, um garoto que não tinha nada a ver com a situação, um bom amigo..
HEEEEEEEY MENINAS! Está aí o cap. Cara, eu odiei tanto esse capitulo simplesmente porque eu daria tudo pra estar no lugar dela e agarrar o Zayn. UAHEUHAEUH parei. Então, espero que tenha ficado bom. O próximo capitulo vai ser mais engraçado, eu juro. Prometo bem prometido. Nos vemos lá.
Ah, quem quiser se comunicar comigo:
Instagram: aline_goncalves_
Ask, Twitter, Facebook. Gente, eu tenho tudo.
Até Whats e KIK. KKKKKKKKKKKKKK. Quem quiser, só pedir. Bjooos.
43

43 comentários:

  1. Está muito linda.
    E quem não queria estar no lugar dela???
    Continua assim que puder...
    Bjss

    ResponderExcluir
  2. Quando vc vai comtinuar???Tá muito linda a fic

    ResponderExcluir
  3. perfeitaaaaaaa, mto bom a fic

    ResponderExcluir
  4. Coooooooooooooontinua, taaaa muuuito perfeita cara!

    ResponderExcluir
  5. own!meu Deus q dóo do Zayn e o Liam ée outro fofo sempre ajudabdo as pessoas née
    by:Duda

    ResponderExcluir
  6. Continua logo ta muito bom!!to adorando!
    Bela

    ResponderExcluir
  7. Aaaai, daria td pra tar no lugar dela tbm ! Auhuhsas' ta mto bom, continua ><

    ResponderExcluir
  8. Muito linda cara *----* Mas aquele gif do Niall no começo é pra fazer a gente chorar né? iasuhiasuhasiuh' Cada vez que eu vejo aquela cena me da um aperto no coração :c aisuhsah' Tu escreve muito bem, continua logo viu?

    Rafa Pandolfo x'

    ResponderExcluir
  9. Nossa vc escreve muito, e incrivel como vc consegue fazer com qu eu sinta que estou na historia, amando demais parabens mesmo.

    ResponderExcluir
  10. vc escreve pra caranba....meu!!!!!!eu ate intendo que vc tem seus deveres.....mais a minha ansiedade nao...tipo!!!!eu entro todo os dias aqui pra ve se vc posto....continua quando puder.........xoxothayna

    ResponderExcluir
  11. perfeitoooooooooooooooooooooooooooooo eu quero mais! kkkkkk

    ResponderExcluir
  12. continua ta perfeito vc escreve muito bem parabens.....

    ResponderExcluir
  13. pelo amooooooor de Deus necessito logo que eles se beijem,ou vou ficar louuuuca,eu ficava só na expetativa e esse beijo não acontecia :p,mais ficou perfeito o capitulo amei de vdd ^_^ by:Débora

    ResponderExcluir
  14. ~Le eu quase chorando aqui!~ Cara, parabéns pelo seu talento! XX Ingrid

    ResponderExcluir
  15. Vamo vamo vamo próximoo antes q eu chore..

    ResponderExcluir
  16. Sdv no insta e no tt???? @gigimoraes2000,meu tt é @Gih_Moraes_ e me aceita no face,é Giovanna de Moraes :D E PLMDDS CONTINUA!!!!!!! Gih aki xx)

    ResponderExcluir
  17. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  18. Perfeito! Continua logo, please?

    ResponderExcluir
  19. Perfeito! Continua logo, please?

    ResponderExcluir
  20. Perfeito, continua logo amore.
    Minhas unhas já eram....kkkk'

    Bjs e até!

    ResponderExcluir
  21. Nossaaa, que fic mais PERFEITAAA!!
    To amando demaaais, vc tem mt talento, escreve mt bem , pode até ser uma escritora rsrs
    Estou ansiosa para o próximo capítulo,
    posta rapinho por favorzinhno ( i rimeei kkkkkk tá parei)
    Posta logo flor, está demais! __ Letícia

    ResponderExcluir
  22. PERFEITOO aline cada dia que passa voc nos surpreende mais e mais bjuuus liamda ansioosa ´para o proximooo thatty xx

    ResponderExcluir
  23. parabens como sempre arrasando' só quem ja léu muitos livros para saber escrever uma boa historia. ja li muitas fanfictions e nenhuma chega ao pés das de Aline Gonçalves...obs:não estou puxando o saco só digo oque acho.

    bjos e posta logo valew!

    ResponderExcluir
  24. EU AMO ESSA FIC! <3 Pra mim é a melhor que eu to lendo, até acho bom voce demorar a posta por que eu fico ansiosa ai eu leio com gosto kkk Ela devia ter agarrado ele, isso sim! Continua ta ótimo :))
    http://imaginee-onee-direction.blogspot.com

    ResponderExcluir
  25. P.E.R.F.E.I.T.O <33 coontinua , to mtto ansiosa .

    ResponderExcluir
  26. continuaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa

    ResponderExcluir
  27. Tá muiiito linda sua Fic continua eu quero saber quem é o cara das mensagens o q vai acontecer e tals Please -Luuuh

    ResponderExcluir
  28. Poor favor continua *-* sua fic é linda,perfeita,maravilhosa e td de booooom, continua fofa ^^ bjs

    ResponderExcluir
  29. aaain continuaaa por favooor, adoreeeeeeeeeeeeeeei agooraa to megaa curiosa ><

    ResponderExcluir
  30. aaaaaaaaaaaaaaaaaaain eu querooo continuaa lendo amanhaa (olhaa eu colokando ordem ner, num da boola u.u) mtmtmtmttmmttmtmtmtm curiisa akiii

    ResponderExcluir
  31. aaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa amei*---** continua

    ResponderExcluir
  32. continuaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa

    ResponderExcluir
  33. continuaaaaaaaaaaaa

    ResponderExcluir
  34. Porque tanta demora para o próximo capitulo ? ta muito bom continua :P

    ResponderExcluir
  35. E se de uma hora pra outra seu pai decidisse se casar novamente? E se você descobrisse que agora teria um novo irmãozinho? E se esse irmãozinho fosse Harry Styles?

    Descubra tudo isso e muito mais na Fanfic Little Things

    http://sonhoscom1d.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  36. muito bom ! :( tadinho do zayn :/

    ResponderExcluir