Irish Angel - Capítulo quatorze

Desde o momento que te vi, eu parei tudo por que nada mais importava por que eu tinha que ter você.
E eu sabia que não conseguiria algo melhor isso parece destino, o cupido acertou uma flecha no meu coração. Quando você está perto de mim, eu sou estupidamente apaixonado... / Second Serving - Chris Brown

"Estou estupidamente apaixonado por você"
Você P.O.V's 

           Após a mãe de Niall e ele me deixarem sozinha na sala eu me sentei no sofá e fiquei fitando o chão, escutava apenas sussurros e como a casa estava em silêncio dava pra ouvir da sala, ouvi a porta da sala se arrastar e eu me levantei encarnando quem entrasse, então apareceu uma menina um pouco mais alta que eu, do tamanho de Niall, com seus cabelos soltos e loiros, seus olhos eram claros e sua maquiagem parecia que tinha sido “estrupada” por um giz. Ela me encarou confusa e eu fiz o mesmo.

XXX: Quem é você? -ela perguntou com sua voz irritante me deixando um tanto nervosa-
Eu: Eu sou amiga do Niall. -respondi e voltei a me sentar no sofá, escutei um sussurros lá em cima enquanto a menina andava pra cozinha eu acho-
XXX: E cadê o Nialler? -ela disse voltando da cozinha, e foi nessa hora que outra pessoa abriu a porta, olhei para lá e entrou um homem alto, com os olhos claros uma pequena barba escura no rosto e com uma grande bolsa do lado, ele olhou pra nós e encarou a menina com uma cara estranha-
XXX: O que você faz aqui? -a voz grossa dele ecoou por todo o lugar e um grande barulho pode ser ouvido de lá de cima.-
Niall: Greg? -Niall perguntou enfim me levantei e fiquei encarando ele com as mãos no bolso da calça-
Greg: O que a Ashley tá fazendo aqui Niall?-o tal do Greg caminhou até ela e segurou no braço dela eu me assustei- Você vai embora.. -ele disse entre os dentes e olhou pra mim- Você é amiga dela? -neguei com a cabeça- E então quem é você?
Niall: Minha amiga. -ele disse vindo na minha direção e a mãe dele apareceu em seu lugar-
Greg: O QUE VOCÊ TÁ FAZENDO AQUI? -ele gritou e a menina não teve nenhuma reação-
XXX: Vim falar com o meu amigo, não pode mais?
Greg: Não, porque da última vez que você o viu, você não o fez bem, não quero você machucando meu irmão. -a Maura pedia pro Greg soltar a menina enquanto ele falava-
XXX: Ai Greg me solta. -Niall ficou na minha frente e eu puxei a camiseta dele e ele colocou as mãos pra trás-
Greg: Você veio estragar a vida do meu irmão? Você sente cheiro da felicidade né? O menino sofreu por você por dois anos enquanto você inventava que queria ser o quê mesmo? Ah lembrei, modelo... mas não deu certo né? Agora que ele tá feliz de novo você aparece? Se liga, ele não precisa mais de você.
XXX: Greg somos amigos, mesmo eu sabendo naquele época que ele era apaixonado por mim eu não fui embora simplesmente porque queria eu fui obrigada eu lembro do Niall todos os dias.

           Na verdade... o que ela era do Niall? Namorada? Ex namorada? Eu estava confusa, minha expressão não era uma das melhores, acho que eu só não sai correndo porque Niall estava ali na minha frente. O Greg soltou a menina no chão e ele estava bem vermelho.

XXX: Desculpa Greg eu não queria fazer ele ficar mal, eu não tive escolha, me desculpa. -ela parecia arrependida-
Greg: Tudo bem, só não entra na vida do meu irmão agora tá? Porque ele tá afim de uma garota e eu espero que eles se deem muito bem.

           Senti uma faca no meu peito. Interessante, eu tinha duvidas se teria certa possibilidade de eu ser a garota que Niall estava afim, mas Greg falava como se ela não estivesse ali, se fosse eu, acho que ele se viraria pra mim e diria que eu sou a garota que Niall estava afim, mas é só mais um ponto marcado na minha lista de ilusões diárias que eu costumo ter.

XXX: Niall tá apaixonado? -ela disse agora olhando pra ele e depois pra mim- É por ela?
Greg: Não se meta na vida do meu irmão garota...
Senhora Horan: GREG. -ela gritou chamando a atenção de todos e me fazendo estremecer- Para com isso, para de implicar com ela, se ela disse que veio como amiga que veio pra se desculpar, deixe ela, você precisa descansar, vamos... suba! -ela ordenou e ele bufou impaciente e encarou a menina de um jeito mortal e subiu as escadas, tentei falar algo mas minha voz não saia, estava apenas confusa-
Eu: Acho que vou... bom, pra casa.
Niall: Não, fica... lembra minha mãe perguntou se a gente tava com fome. -ele disse se virando e um pouco distante de mim-
Eu: Não Niall, acho que sua amiga precisa falar com você. -eu olhei para ela e ela balançou a cabeça sarcástica e concordando-
Niall: Não o que ela precisar falar pra mim pode muito bem falar na sua frente. -ele terminou a frase a olhando- Pode falar Ashley, tô esperando.
Eu: Niall.. -minha voz saio em meio fio e ele nem deu atenção, eu bufei e sentei na poltrona que tinha ali e Niall continuou em pé, apoiei meu braço na poltrona e minha cabeça apoiada na minha mão, enquanto pensativa eu olhava pra menina-
Ashley: Vim me reconciliar com você, pedir desculpas por não ter dito aonde estava indo e mandar uma carta três semanas depois explicando, eu sinto muito. -ela começou a andar na direção dele- Eu sinto muito mesmo, você sempre foi meu porto seguro, sabe? Sempre abriu os braços pra mim, me apoiou um verdadeiro amigo, eu me senti muito mal por saber que você chorou ao sentir minha falta... -ele a interrompeu-
Niall: Não chorei. -ele disse seco-
Ashley: Niall, somente me desculpa... eu era criança, gananciosa, mau sabia o que estava fazendo, eu tinha a idade dela. -apontou pra mim- Mau sabia o que era amor, mas Niall eu estava revendo umas fotos nossas e não conseguia me sentir bem sabendo que você não estava bem. Desculpa.

           Ela terminou e se aproximou mais ainda do Niall e ele ficou intacto, aquilo estava interessante pra mim que sempre andei do lado da Camila e da Aline e sei como ambas são manipuladoras e através da observação elas conseguiam tudo, mas eu era diferente eu interromperia os dois antes mesmo de algo que eu temesse acontecesse ali na minha frente.

Eu: Olha eu... -levantei- vou pra casa Niall. -os dois cortaram o clima e me olharam-
Niall: Fica aqui amor, eu vou pegar as chaves e vou te levar. -ele subiu as escadas correndo e eu fiquei ali no meu lugar olhando pro nada.-
Ashley: O que você é do Niall?
Eu: Amiga. -respondi rápido-
Ashley: Amiga? Niall tem amigas agora?
Eu: Ué, porque você tem um pinto? -já estava me irritando-
Ashley: Exceções, querida.
Eu: Sou uma exceção. Querida. -respondi no mesmo tom-
Ashley: Ah é né, o Niall fez com você o que ele faz com todas as “amigas” dele né? Com certeza já deve ter te beijado, feito você rir, dormido ao seu lado, feito carinho no seu rosto, juntando lábios toda hora, inseguro e ciumento, te buscou na escola não foi? Niall sempre fez isso com todas as melhores amigas dele. -eu estava em silêncio com uma vontade de socar a cara dela mas apenas prestava atenção- E como ele sempre fez, ele vai dizer pra você que não dá pra ficarem juntos, que ele considera você como amiga, e se você for trouxa que nem eu, você continua sendo amiga dele mesmo depois de ter despertado o sentimento, e depois se você vai embora por raiva dele ter te usado apenas para tirar sua virgindade ou transar com você enquanto não tinha alguém fixo ou melhor, ele ainda vai te julgar colocar a família dele contra você e então ficaram brigados até que a idiota vá atrás e se reconcilie, talvez levando ele pra cama e mostrando o que aprendeu pra fazer ele se prender a ela.

           Ela dizia com tanta segurança que não parecia mentira, eu fiquei intacta... Droga, eu sabia que isso não estava sendo certo, sabia que meus pressentimentos nunca estão errados, agora eu estava confusa, com uma puta vontade enorme de chorar e apenas encarando aquela menina dizer aquelas palavras que pareciam doer para ela, não resultei reação nenhuma, apenas caminhei em direção a porta pegando minha bolsa e abrindo a porta, desci os degraus e parei na calçada.
           E se realmente for verdade? Niall usa todas as meninas? Então ele me usou? Ele queria apenas para transar? E depois ele iria me iludir? Eu realmente deveria ter sacado, homem nenhum se aproxima de você dessa maneira, é legal com você o tempo todo, carinhoso, amigável e te dá atenção. Ainda mais Niall que é dois anos mais velho que eu, o que ele veria em uma menina tão nova, ele que tem 17 anos que pode pegar qualquer mulher de 20 anos por conta do seu dinheiro e da sua beleza, o que ele veria em mim? Uma simples menina do subúrbio, infantil que ainda usa rendas e laços no cabelo, que anda por ai perdida, não olha pros lados e nem ao menos tem responsabilidade, claro... ele não veria nada em mim a não ser a minha inocência que de tal poderia ser aproveitada por um mauricinho hipócrita que nem ele.
           Escutei chamarem meu nome e eu me virei espontaneamente e Niall me olhava curioso, eu balancei a cabeça e senti uma lágrima escorrer no meu rosto e então eu sai andando, ele rapidamente veio atrás de mim segurando meu braço com força fazendo virar para ele e ver as outras gotas de lágrimas que já não tinha como segurar. E agora eu estava certa, nunca encontraria alguém que me amasse de verdade, porque o que eu achava que amava não era o certo. Duas vezes na mesma semana, é o fim. Não sei porque tenho que ter sentimentos, isso é o que me torna igual aos demais adolescentes eu queria não poder sentir isso, eu queria simplesmente ser seca, sem sentimentos, sem reações, sem dó, sem prazer, sem nada... apenas morta por dentro, porque seria a única solução de eu viver a minha vida sem sofrer e cair tanto.

Niall: Por quê você tá chorando? O que aconteceu?
Eu: Eu não quero Niall... -disse fraca-
Niall: Não quer o que meu amor?
Eu: Não quero que... -pausei e estava decidida- Que você me chame de meu amor, eu vou ser sua carta fora do baralho, se suas outras “Melhores amigas” -fiz aspas- foram idiotas, eu não vou ser... você não vai me usar me fazer apaixonar por você mesmo sabendo que já estou e depois simplesmente achar alguém melhor e me trocar, eu quero alguém que me ame pro resto da vida que dê a vida por mim que seja só meu e que eu seja só dele.
Niall: Não estou te entendendo.
Eu: Não entenda... fica com a Ashley, vocês parecem ser velhos amigos e ela não tem nojo de você como suas demais melhores amigas devem ter.
Niall: SeuNome, aonde você quer chegar?
Eu: Ao ponto em que eu não quero mais ficar com você, que eu quero ir pra minha casa, deitar na minha cama e fingir que você nunca apareceu na minha vida. Eu tenho 15 anos e você 17 o que você quer comigo? Não me diga que é amor, porque não é... Eu sei, fui idiota de não ter percebido isso antes. Mas não tem importância, nada como um recomeço não me faça mudar. -virei as costas- Tchau Niall. -sequei as lágrimas com as costas da minha mão- Você foi legal enquanto eu achava que tava sendo legal.
Niall: SeuNome, espera... me explica... Ashley te disse o que? Por quê você tá indo? Eu gosto de você!

           Eu gosto de você!
           Será que isso poderia doer menos que uma facada? Não, não poderia.
           Me sentia suja por ter que ouvir isso dele, como pode ser tão hipócrita? Mentiroso? Falso? Quantas ele quer enganar? Quantas ele quer iludir?
           Eu não seria mais uma de suas brincadeiras.

Niall Horan P.O.V's 

           Ela continuou andando rápido e eu apenas parado com as chaves balançando lentamente nos meus dedos, eu estava confuso, não havia entendido nenhuma palavra que ela tinha falado, como assim 'USAR' ela? Eu a gosto tanto? Porque faria isso com ela? Eu gosto dela como nunca gostei de ninguém, nunca abusei das minhas melhores amigas até porque nunca tive uma a não ser Ashley que meio ficava em cima de mim sempre e por isso tornamos amigos, mas eu também não abusei dela, eu gostava dela mas como todas as vezes nunca consegui ficar ou falar pra ela. Todos sabiam menos ela, mas agora mudou eu tinha a SeuNome não era o mesmo sentimento por Ashley e não voltará a ser. Eu amo SeuNome independente de sua idade, isso não importa mais pra mim, o que importa é o jeito que ela me faz sorrir só de ver ela de longe, de como consigo ser eu mesmo perto dela, e como eu não me importo em ser rico ou não quando estou com ela, sinto coisas que nunca senti quando estou perto dela, sinto que devo estar perto dela a todo momento, a ajudando, cuidando dela.

Eu: O que você falou pra ela? -disse perguntando enquanto ia andando na direção da Ashley-
Ashley: Eu não disse nada. -ela disse séria-
Eu: E então por quê ela saiu daquele jeito?
Ashley: Ela estava incomodada Niall, talvez ela não quer mesmo mais ficar com você. Você a viu estava toda hora falando que queria embora. -não acreditava na Ashley-
Eu: Vai embora. -passei por ela indo em direção a minha casa e a Ashley me seguia- VAI EMBORA. -senti meus olhos arderem e eu senti vontade de chorar-
Ashley: O que aconteceu com você Niall? Você nunca foi assim, você mudou.
Eu: Decepções ensina a gente a mudar, ensina a gente crescer... chega uma hora que você cansa de ser idiota e sabe, você muda, e você começa a ser frio e mais esperto.
Ashley: Eu te decepcionei?
Eu: Sim, afinal todo mundo me decepciona né? Eu nunca consigo ter nada, nunca consigo ser feliz, nunca consigo me sentir feliz pelo menos uma vez na vida, porque sempre alguém vai estragar tudo e adivinha? Eu vou me decepcionar de novo. -me virei de costas e a Ashley pegou no meu braço me virando ela ficou de frente pra mim e o seu perfume invadiu o meu nariz, ela se aproximou e então senti que ela queria colar nossos lábios, mas eu só me imaginava vendo beijar a SeuNome, me virei correndo e deixando a Ashley lá, entrei em casa subindo as escadas correndo, estava decidido SeuNome foi embora da minha casa mas não vou deixar ela ir embora do meu coração.- Mãe? -a chamei e ela respondeu do quarto, entrei e ela estava arrumando seu guarda roupa- Mãe, mê dá aquela grana? Vou comprar a aliança da SeuNome logo, quero que ela seja minha menina o quanto mais rápido possível. -escutei passos e a Ashley estava na porta, revirei os olhos-
Ashley: Posso ficar aqui essa noite? Amanhã eu vou pro meu hotel.
Mãe: Somente essa noite viu Ashley? As coisas não estão muito boas pra você.
Ashley: Pelo menos a senhora gosta de mim. -ela disse entrando e indo até a minha mãe-
Mãe: Sim, eu não consigo ter raiva das pessoas. -minha mãe desviou o abraço que a Ashley ia dar nela e eu sorri, ela caminhou até a sua bolsa e pegou sua carteira- Quanto Niall?
Eu: Quanto será a aliança mais bonita?
Ashley: Pra quem a aliança? Para a menina que falou que não quer te ver nunca mais, lá embaixo?
Mãe: Como assim Niall?
Eu: A SeuNome só tá cansada mãe, a vida dela não é fácil tá? Ela só tem uma melhor amiga aqui e é mais falsa que a namorada do Greg, ela tem uma vida complicada, outro dia ela teve que ajudar um amigo fingindo ser namorada dele, e o irmão dela é um idiota. Ela não fala com o pai dela porque eles não tem uma boa amizade, e a mãe dela tem câncer, então a senhora entende né? É complicado pra uma menina de 15 anos viver essa vida e eu... -meu celular começou a tocar, peguei do bolso e era o Justin- Espera ai mãe. -Sentei na cama e atendi o celular-


------------- Ligação On ----------------

Eu: Eae Justin?
Justin: Eae.
Eu: Aconteceu alguma coisa bro?
Justin: Você tá com a SeuNome? Megan disse que você a buscou na escola.
Eu: Sim eu busquei mas a SeuNome acabou de ir embora.
Justin: Então ela tá vindo pra casa?
Eu: Sim, acho que sim... tá com algum problema?
Justin: Minha irmã está estranha, não sei.
Eu: A Jasmine?
Justin: Sim, e acho que só a SeuNome consegue descobrir o que é.
Eu: Então cara, se a SeuNome chegar ai você me avisa tá, tenho um presente pra ela.
Justin: Vocês estão namorando mesmo?
Eu: Quase.
Justin: Oh, quem diria hein, mau te conheço mas sabia que você ajudou a minha irmã com segunda intenções.
Eu: Para de besteira, eu a ajudei porque eu não sou que nem essas pessoas por ai, que machucam as pessoas e ainda acham que são as certas. -olhei para a Ashley- Eu a ajudei porque não seria justo deixar ela sangrando no meio da rua com aquela neve toda né?
Justin: Essa é só a segunda explicação, a primeira sempre será que você só a ajudou porque ela é gatinha. -revirei os olhos-
Eu: Acho que ouvi sua irmã te chamando ai. -Justin riu-
Justin: Ok bro, agora ela tá me chamando né? Tudo bem, você vai concordar comigo um dia. Abraço.

------------------------ Ligação Off --------------------

           Encarei minha mãe e ela estava com o cartão dela nas mãos e mexendo em seu celular, Ashley estava virada no guarda-roupa dobrando as roupas da minha mãe, não sei mas parecia que ela tava querendo agradar a todo mundo, enfiei meu celular no bolso e estralei os dedos na frente da minha mãe, chamando a atenção dela.

Mãe: Tá aqui Niall, você sabe a senha, compra lá a aliança que você achar melhor e depois me entrega o cartão hein. -ela riu- Bom, agora você poderia me dar uma carona até a casa da Bernadete? Ela quer que eu vá com ela no shopping.
Eu: Levo mãe. -sai do quarto indo em direção ao meu quarto trocar de roupa-

Você P.O.V's 

           Estava com as minhas pernas doendo, sem dinheiro para ir de ônibus tive que ir andando, sei que seria uma caminhada e tanto mas não tinha problema melhor do que ir no carro daquele traidor... Virei a última rua e fui em direção a casa da Megan, amarrei o meu cabelo e dei leves batidas na porta e comecei a bater o pé com leveza no chão. Megan abriu a porta e me olhou séria, achei que ela ia fechar a porta de novo na minha cara mas ela simplesmente ficou parada esperando eu falar.

Eu: Oi.
Megan: Diz ai.
Eu: Você tava afim do Niall?
Megan: Não, você sabe que esses meninos não me importam, ainda mais mauricinhos.
Eu: Desculpa por hoje de manhã.
Megan: Tudo bem, ele combina com você... eu só fiquei chateada por você não ter falado comigo.
Eu: Eu queria te contar, mas não sabia a sua reação.
Megan: Sem problemas SeuNome... bom, já que você tá aqui eu tava pensando em sair, você quer ir comigo?
Eu: Vai fazer o quê?
Megan: Uma coisa que eu faço todos os dias, mas você vai me ajudar dessa vez. -ela disse sorrindo e puxando a minha bolsa e colocando dentro da casa dela e depois saindo e fechando a porta- Vamos?
Eu: O que você vai fazer?
Megan: Seu irmão me contou o que você fez com o seu avô! -arregalei meus olhos- E como você já é profissional, vou te levar pra fazer uma daquelas coisas comigo.
Eu: Quê? -perguntei confusa enquanto seguia ela-

           Ela ficou em silêncio e eu apenas a seguia, curiosa.
           Paramos em frente uma casa muito linda, grande e parecia estar vazia, Megan olhava para mim mas de vez em quando olhava para outros lados, já estava ficando escuro, e eu apenas encarava Megan.

Megan: Você e eu vamos entrar naquela casa e pegar as roupas da menina que mora aqui, serve em nós.
Eu: Não Megan, não vamos fazer isso.
Megan: SeuNome, vamos... eu sei que você quase roubou uma joalheria a um tempo atrás, não custa entrar e roubar umas roupas.
Eu: Eu quase roubei, não roubei e foi um dia complicado pra mim prometi nunca mais fazer isso.
Megan: Cá entre nós, você também não quer uma camiseta novinha, um vestido de renda, sapatos de salto, que faz muito tempo que você não ganha um?
Eu: Megan, sim eu quero.. mas não custa nada eu trabalhar com a Rosário e comprar como sempre fiz.
Megan: Para de ser estúpida, os donos da casa não estão ai eles voltam de noite, vamos entrar logo e pegar o quanto podemos e ir embora, não vai acontecer nada com a gente.
Eu: Megan eu...
Megan: Vai SeuNome por favor... sei que tem alguma coisa rondando a sua cabeça que você não quer me contar, isso vai ser uma distração pra nós. Vamos.

           Ela me puxou pela manga e eu não fiz nada a não ser a seguir, ela deu volta por trás da casa, pegou uma pedra e acertou na porta de vidro eu arregalei meus olhos e ela sorriu, passou pela porta quebrada e fez sinal pra eu esperar, eu fiquei ali perto da piscina enquanto tremia e estava preocupada, Megan voltou e me chamou, entrei e segurei em sua camiseta, ela subiu as escadas e empurrou uma porta.

Eu: Megan isso é errado.
Megan: Cala a boca, deixa pra se arrepender depois.

           Ela pegou uma bolsa dentro do guarda-roupa que ela estava fuçando e jogou na minha mão e pediu pra eu jogar todas as roupas da gaveta dentro da bolsa e assim eu fiz, fui pegando todas as roupas e colocando dentro da mala, não estava me distraindo estava me deixando confusa, apavorada e com a consciência pesada. Isso não era certo, não sei o que eu estava fazendo. Ninguém ficaria orgulhoso de mim por isso, eu não deveria ter procurado Megan, não deveria ter inventado que ela seria a pessoa pra me confortar enquanto pensava que Niall queria me usar, que Niall só estava brincando com os meus sentimentos sobre ele.

Megan: SeuNome! -ela sussurrou- Tem joias aqui. -ela disse séria e eu arregalei meus olhos, fechei a mala que eu já havia colocado todas as roupas femininas e chiques do guarda-roupa e caminhei até ela que colocava as joias dentro da mala- Vai no quarto do lado e leva essa bolsa. -ela me deu outra bolsa- Tem roupas da menina, coloca todas as roupas ai dentro. -assenti-
Eu: Megan... eu nunca mais faço isso.
Megan: Olha pensa assim. -ela se aproximou- Somos jovens, nunca ganhamos o que queremos, as pessoas sempre vão decepcionar a gente, sempre sofreremos e precisamos de uma distração, precisamos ser felizes, ter o que queremos não importa como só precisamos ter. Imagina SeuApelido que quando sair daqui vamos poder fazer o que quiser com essas roupas ir pra boates, festas, comprar carros, e sei lá... viajar para onde o mundo não possa nos ver, viajar pra esquecer os problemas... -era o que eu mais queria em toda a minha vida- Vai lá amiga. -ela me deu um abraço e eu sorri para ela- Minha pequena.

           Virei as costas e peguei a mala, fui andando devagar pro outro quarto, empurrei a porta e o quarto era lindo, tinha uma decoração rosa, tinha pisca-piscas na parede e uns posters colados lá, borboletas de plástico e brilhantes na parede e uma cama enorme. Caminhei até o guarda-roupa rosa claro que tinha lá no quarto e arrastei a porta e vi as milhares de roupas que tinha ali, vestidos de todas as cores, sapato de salto, tênis, calças, camisetas de bandas, camisas sociais, eu fiquei deslumbrada, peguei todas as roupas de qualquer jeito e coloquei tudo dentro da bolsa, peguei os sapatos e coloquei lá também, agora o desejo de ter essas roupas em consumia, eu estava determinada em pegar elas sem problemas nenhum, sem problemas em ficar com a consciência pesada, eu não me importava mais.

Megan: Muito bem SeuNome... vamos!
Eu: Okay.

           Fechei a mala. E segui a Megan que desceu as escadas na minha frente segurando as duas malas e um caixa pequena, passamos pela porta que ela havia quebrado e depois pelo corredor, ela olhou em volta e foi na frente eu apenas a segui, ela caminhou na rua normal, e parecia ter acabo de chegar de viagem pelo jeito que ela segurava as malas, uma era de rodinhas e a outra era de ombro, e caixa estava em cima das de rodinhas, Megan andava apresada e eu a seguia toda desajeitada. Passou uns dois carros pela gente confesso que gelei e achei que era os donos da casa, mas não eram.
[…]
           Chegamos na casa da Megan e ela entrou deixando as malas em cima do sofá e foi pra cozinha, ela voltou com duas garrafas de bebida e me entregou uma, estava aberto e ela segurava a dela esperando pra fazer talvez um brinde.

Megan: A partir de hoje, seremos só eu e você... -ela disse calma- e se quiser, pode vir morar comigo.
Eu: Sério?
Megan: Sim, porque agora você é a minha irmã... um brinde? -ela esticou a garrafa e eu bati a minha na dela e ela virou aquele liquido na boca e eu idiota, fui experimentar-
Eu: QUE HORRÍVEL. -gritei após engolir aquilo-
Megan: Você vai se acostumar. -ela riu e logo ouvimos uma arrancada de carro na frente da casa e ela arregalou os olhos- Quem é?
Eu: Não sei.

           Ela levantou e jogou as bolsas pra trás do sofá e eu fiquei sentada no sofá e coloquei a garrafa em cima da mesa de centro, ela foi até a porta e abriu a mesma, eu estava preocupada com medo de ser os donos da casa aquilo não saia da minha cabeça, talvez eles tenham nos vistos e seguido até aqui. Logo escutei a Megan perguntando o que a pessoa queria, e depois alguém entrar e vi meu irmão ali com os cabelos bagunçado a roupa toda bagunçada, me encarando em pé, me perguntei o que ele estava fazendo ali. Ele parecia confuso, e que havia chorado o que me preocupou bastante, levantei e caminhei até ele e tão rápido senti sendo envolvida por dois grandes braços e no meu ombro já estava ficando molhado, Justin... ele estava chorando.

<<< Capítulo Anterior                                                     Próximo Capítulo >>>

--------------------------------------
Eu de novo o/ 
Espero que estejam gostando, e acho que essa fic só terá duas temporadas. 
Bom, eu não contei mas cheguei uma conclusão e a próxima fic sera a "O que te torna linda 2.0" e depois eu vou sair do blog, e escreverei fics no AnimeSpirit, ou em algum lugar que dê pra fazer fic interativa, não tenho plena certeza mas talvez seja isso que eu vou fazer. Ainda não sei né! 
Enfim, sobre a moderadora ela vai começar a postar hoje.E vai se apresentar pra vocês, eu gostei do que ela me mandou sobre o imagine dela e eu gostei pra caramba, espero que gostem, vai ser com o Boo bear. 
Enfim, fiquem com Deus.. E espero que gostem do capítulo de hoje! 
29

29 comentários:

  1. Perfeitooo...continua! (fui a primeira! ehhh)
    Malikisses ;*

    ResponderExcluir
  2. OMG OMG OMG, que divo, COOONTINUA POR FAVOR PELA SANTA DO PERU PELADO KKKKKK!Ah tô ansiosa para saber quem vai ser a moderadora nova. Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Kkkkkkkkkkkk santa fo peru pelado KKKKKKKKKKKKKK

      Excluir
  3. Tá muuito perfeito! Adorei esta fic!Mas, o Niall não vai ficar com a Ashley não né?!

    ResponderExcluir
  4. Continuaaaaaaa
    Annah C.

    ResponderExcluir
  5. Camila eu nem enviei meu imagine por que não sabia aonde era para mandar serio eu to chorando agora
    E meu nome é Carol(mas não acho que isso importa)

    ResponderExcluir
  6. porque vc não continua fazendo fics sem essa coisa de "drogas,roubo" e etc.? Suas fics antes eram tão boas.Agora quando eu venho aqui,não é mais a mesma coisa

    ResponderExcluir
  7. Pelo amor,não coloque o niall com a ashley e nem coloque a personagem 'seunome' como ladra.

    ResponderExcluir
  8. não gosto desse novo jeito da camila de fazer fics,eu preferia as antigas

    ResponderExcluir
  9. DEMAISS CAMSS DO MEU S2 POSTA MAIS UM HOJE PLEASEEEE TE AMUU

    xxIsa Devine

    ResponderExcluir
  10. E eu prefiro do jeito que a criatividade dela mandar

    xxIsa Devine

    ResponderExcluir
  11. Perfect perfect continua princesa???

    ResponderExcluir
  12. ta perfect continua continuaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa esta maravilhosa!!

    ResponderExcluir
  13. Meu Deus essa Fic ta mto mto mto Perfeita.... E continue assim não ligue para o que as pessoas falam... Cada um tem a sua opinião uns gostam e outros não.... Continuuua Liamda... Eu to Amanda *-*

    ResponderExcluir
  14. continua diva,ta mto perfeita!in love por irish angel:3
    cahxx

    ResponderExcluir
  15. Mds Cams , por favor continua , eu nunca consigo comentar pois leio pelo mobile e é dificil comentar lá KKKKK Mas serio , continua por favor

    ResponderExcluir
  16. Duda.Druzian16/07/2013 18:33

    Caralho CAMILA pelo amor de Deus não sai do blog slá mais não sai, as suas fics são as mais perfeitas!!

    ResponderExcluir
  17. Cams(como se eu tivesse intimidade suficiente pra te chamar assim)pelo amr de deus não sai do blog não amoooooooo muito suas fics e tu a minha diva(pelo menos 1 delas)please não sai não,amei q tu ai fazer o que torna linda 2 foi uma das primeiras fics que eu li e ameeeei entaun adorei de paixão sua ideia malikisses
    by:Duda

    ResponderExcluir
  18. Gente sério,tem uma menina que tá plagiando a Cams lá Facebook e dizendo que a fic o que te torna linda é dela e o pior é que ela tá excluindo os comentários das pessoas que falam que o imagine é um plágio,excluiu o próprio da Cams Tem gente lá que tá falando que ela é uma excelente escritora e tals,vamos provar que é mentira ,É NA PAGINA DIRECTIONERS FOREVER https://www.facebook.com/media/set/?set=a.489126397822668.1073741839.380365978698711&type=3

    ResponderExcluir
  19. Antes de sair, divulga qual vai ser o proximo site :3 mas eu ainda preefiro vc nesse HeHeHe

    ResponderExcluir
  20. ah continua to ansiosa curiosa quero saberrrr continuaa >.<
    Ps:lena

    ResponderExcluir
  21. OMJ , SANTO PEPERONI ~slá como se escreve~
    To A-M-A-N-D-O IRISH ANGEL , UMAS DAS MELHORES CAMS. COOONTINUA , PELO AMOR DE DEUS !
    @_mrs_amanda

    ResponderExcluir
  22. Muitp bomm !!! A e pro anônimos ai q fikam chingando se liga , antigamente as historias eram as mesmas assim fica mais interresante !!!'!!
    Bjs
    #Maah

    ResponderExcluir
  23. Potato do Niller17/07/2013 14:34

    Tô amando muito! Eu já li O que te torna linda e tô super curiosa pra ler a parte 2 dessa fic *-*'
    Cams, caraca! Nunca me canso de dizer que vc tem talendo garota!

    Beijos, #PotatoDoNiller

    ResponderExcluir
  24. O seu imagine é o melhor que eu já li! Ta muito bom! Parabéns ♥

    ResponderExcluir
  25. Camila ta muito perfeita a fic , meu Deus O que te torna linda 2 *-* to pirando ú.ú
    Sua diva , bjs , sua fic ta perfeita !!

    ResponderExcluir