Irish Angel - Capítulo vinte

Há um sonho em minha alma, Um fogo que está dentro de mim. Há um eu que ninguém conhece À espera de ser libertado... / Justin Bieber - Born To Be Somebody
Seu anjo da guarda❜ 

Niall Horan P.O.V's

          Tinha acabado de entrar na sala e me sentado na minha carteira de sempre, peguei meu celular e comecei a mexer nas chamadas, eu estava aflito e preocupado com a SeuNome, ela não me contou muita coisa do que estava acontecendo, só disse que tudo ficaria bem, e eu confiei. Ela confia em mim e eu confio nela. Passou alguns minutos e senti meu corpo estremecer, comecei a sentir um frio passar pela minha barriga e o que a professora estava dizendo mau entrava em meus ouvidos. A única coisa que passava na minha cabeça era a visão da SeuNome chorando e da sua irmã ao seu lado, ambas estavam entrando em um avião enquanto eu estava parado sendo segurando por alguém não podendo impedir delas irem embora, para sei lá aonde iam. Isso me fez ter calafrios e do nada senti meu coração apertar, era apenas uma imagem que se passava na minha mente, mas realmente havia me tocado.

XXX: Eae Horan, sua namorada vai vir hoje? -Sean perguntou me tirando dos devaneios-
Eu: Vai... ela pelo menos disse que vinha.
Sean: Quero ver como ela é.
Zoe: Ela é bonita?
Eu: Sim... muito.
Sean: Entregou o anel para ela?
Eu: Não tive tempo ainda, mas em breve.

[…]

          Deu a hora de irmos embora, e eu levantei da minha carteira agradecendo a Deus por aquilo, enfiei minhas mãos no bolso e fui caminhando devagar até a saída, desci as escadas que tinha ali na frente e comecei a procurar pela SeuNome ali, fiquei parado no meio da passagem para as pessoas, procurando por ela, olhei em todos os lados e não a vi, ela havia me prometido, havia prometido que estaria aqui. Suspirei cansado e senti uma mão no meu ombro, sorri achando que era ela, mas ao virar-me era Zoe com os seus cabelos longos e castanhos me encarando sorridente.

Zoe: Cadê ela? Não veio?
Amy: -chegou perto abraçando a amiga- Talvez ela tenha vergonha dela mesmo. -ela zoou-
Eu: Que engraçado. -fingi uma risada-
Amy: Mas é sério, cadê a tão esperada SeuNome...
Eu: Ela não...
XXX: Niall? -ouvi sua voz doce atrás de mim e sorri tão feliz que eu mal conseguia explicar a felicidade, senti seu cheiro invadir minhas narinas e virei para ela vendo aquela coisa menor que eu em pé me olhando sorrindo-
Eu: Você veio. -eu me abaixei para a abraçar e ela riu-
SeuNome: Eu disse que vinha. -SeuNome usava um vestido claro cheio de flores e uma sapatilha bege, seu cabelo estava penteado como sempre e havia um lacinho de lado, ela sorriu para as meninas e eu olhei para Zoe que apenas encarava SeuNome perplexa-
Eu: O que foi Zoe?
Zoe: Ela é bonita, mesmo. -disse sincera e a Amy soltou um estralo com a boca como se discordasse-
SeuNome: Obrigado, você é muito linda também. -ela respondeu gentilmente... minha garota-
Eu: Bom, agora precisamos ir... certo? -SeuNome assentiu- Até mais Amy, tchau Z.
Zoe: Tchau namorada do Niall.

          Sorri e a SeuNome ergueu a pequena mãozinha dela para dar tchau as meninas e eu coloquei a mão sobre o ombro dela a guiando até meu carro, dei a volta no mesmo e abri a porta da minha Range Rover pedindo para ela entrar, e foi exatamente o que ela fez. Entrei no meu carro e fiquei um tempo parado pensando no que eu ia fazer, olhei para a SeuNome e ela parecia tensa.

Eu: Você viu como te olharam? Foi tipo. UAU! -ela riu-
SeuNome: Besta.
Eu: Sempre... bom, você quer comer alguma coisa?
SeuNome: Um hambúrguer?
Eu: Mm, gostei da ideia.
SeuNome: Com muito queijo, ketchup e carne. -olhava para um ponto fixo imaginando aquilo que ela dissera aparecer na minha frente-
Eu: Cara, só agora eu notei o quanto eu estava com fome.
SeuNome: Horan!!!! -ela me chamou e eu a olhei, ela mexia na minha carteirinha da faculdade-
Eu: O que foi?
SeuNome: Sabia que não podemos namorar. -eu a olhei-
Eu: Porquê? -perguntei nervoso, aflito-
SeuNome: Você faz 18 anos daqui duas semanas, se a gente começar a namorar daqui duas semanas teremos que terminar, porque pode ser pedofilia.
Eu: Não é verdade... conheço gente que tem 18 e namora meninas de 13.
SeuNome: Mentira, você não conhece... você mora em Londres e não no Brasil.
Eu: O que tem a ver?
SeuNome: Você jamais vai entender... -ela deu uma pausa- Vai pagar o hambúrguer, ou vai ficar discutindo comigo?
Eu: Não estava discutindo com você, você sempre estará certa. -ela riu e concordou com a cabeça-
SeuNome: Exatamente James. -fechei os olhos balançando a cabeça negativamente-
Eu: O.k. -ela sorriu enquanto me olhava- Não flerta comigo, estou dirigindo. -dei partida no carro e sai com velocidade-
SeuNome: Não estou flertando com você.
Eu: Sim... você sempre flerta comigo. Sempre, esse é um dos seus milhares de poderes sobre mim.

          E mais uma vez eu a via sorrindo, aquele sorriso calmo que poderia me fazer ir ao céu, era conservador mas era aquele que eu poderia ver todas as vezes que abrisse os olhos a primeira vez ao dia, era aquele sorriso que de certa forma me trazia segurança. SeuNome sorria como se nada estivesse acontecendo ao seu redor, e isso era o que mais me chamava atenção de fato.

SeuNome P.O.V's

          Fomos o caminho todo até uma lanchonete mais próxima cantando umas músicas country que tocava na rádio, Nialler, até coreografia o loirinho fazia. Ele parou o carro em frente uma lanchonete e eu desci com pressa, ele comentou algo sobre eu estar com fome, mas realmente estava fazia algum tempo que eu não comia muito bem, já fazia muito tempo que eu não comia muito bem. Niall desceu do carro e eu já fui entrando na lanchonete com a mera certeza que seria ali onde nós iriamos de fato lanchar, mesmo sendo onze horas da noite.
          Entrei antes do Niall e ele pediu para eu sentar na última mesa, aquela lá do fundo, eu assenti e fui caminhando até lá enquanto ele ia até o balcão fazer os pedidos, peguei o celular do meu bolso e vi que tinha recebido uma mensagem da Aline, exitei em abrir, mas a curiosidade falou mais alto então eu a abri.

“Se eu fosse você ia para a casa, as coisas não estão boas xx Ally”

          Perguntei-me umas 15 vezes porque eu teria que ir pra casa, eu 'tava sem crédito no meu celular então impossível mandar pra ela perguntando do que se tratava, apenas bufei e coloquei meu celular de volta no bolso ignorando totalmente o desespero da mensagem, apoiei meus braços na mesa e logo apôs apoiei minha cabeça nas minhas mão e olhei pro Niall, ele vestia uma camisa branca, por baixo de um colete azul-claro que ia até o começo de seu ante braço, uma calça jeans clara daquelas cinzas tradicionais e um supra branco, porque os meninos cismavam em ter esses supras, não que eu os acho feios, mas tem menino que exagera quando tem um supra e quer usar todo dia, toda hora e a qualquer lugar (indireta mode on). Fiquei encarando Niall e passou na minha cabeça uma duvida. Qual seria a possibilidade dele realmente gostar de mim e sair comigo, assim como ele está fazendo? Era duvidoso, afinal muitas coisas duvidosas rondava a minha cabeça nesse momento.

Niall: No que tá pensando? -ele disse colocando nossos lanches em cima da mesa, mal havia visto que ele já tinha vindo, meu olhar ainda era fixo no balcão, desviei o olhar e olhei para cima onde encontrei com um par de olhos azuis serenos-
Eu: Nada, só em algumas coisas idiotas.
Niall: Compartilha comigo. -ele se sentou colocando o celular e carteira ao lado da bandeja, o mesmo tirou um prato com um enorme hambúrguer da bandeja e colocou a minha frente e depois um suco de maracujá, eu era apaixonada por sucos de maracujás. (eu também)-
Eu: Não sei... é complexo. -ele pegou o hambúrguer e mordeu me olhando-
Niall: Se não quiser compartilhar tudo bem, eu entendo... você tem o seu espaço e eu tenho meu.
Eu: O.K! -respondi pegando o meu hambúrguer e comendo também- Niall. -o chamei assim que dei uma mordida no meu lanche- Posso te fazer uma pergunta embaraçosa?
Niall: Você sabe que sim. -ele sorriu e tomou um gole do seu refrigerante-
Eu: Não entendi ainda porque você sai comigo, olha numa boa, você tem 17 anos, é educado, fofo, tem os olhos azuis e o cabelo loiro, tipo boneco Ken, é todo perfeitinho, suas amigas são lindas e tem o corpo perfeito de uma modelo, sorrisos bonitos e são lindas... eu sou do tipo estranha, cheia de mais, não sou inteligente, nem sexy... muito menos atraente, meu sorriso não é o mais bonito, e sou o oposto de você... não entendo porque você vem atrás de mim dizendo que quer ficar comigo, eu ainda não consigo encaixar isso na minha mente. Sou tão feia pra você... -ele me interrompeu-
Niall: Não repita mais isso. Nunca mais! Você entendeu? -ele disse colocando a mão sobre a minha e todos os meus nervos coagiram- Você não é feia, você não é estranha, você não é cheia de mais, e dane-se o que isso que dizer, você é inteligente o suficiente pra mim, ou acha que eu gostei de você por ter seios fartos e coxas maiores do que posso apertar? -ele sorriu fraco- Lembra da nossa primeira conversa? Depois que eu fiz a gafe de te atropelar? -assenti sem dizer nada- Eu me identifiquei com você por me dizer aquelas palavras sobre como o mundo não tem mais pessoas que ajudam as outras, que as pessoas são egoístas, que só ligam para o material humano e não para seu verdadeiro valor. Você parecia sincera em suas palavras, você fora a garota que mais me surpreendeu com suas palavras, já que todas as meninas que eu conheço sabem apenas rirem da desgraça alheia, enquanto eu sabia desde aquele momento que se você visse alguém sendo maltratado, independente de como seja você iria ajudá-la de todos os modos. Foi aquilo que me chamou a atenção em você, o seu jeito, o seu caráter, a sua bondade. O seu simples jeito de ser, eu decidi que naquele dia eu queria ser alguém especial pra você, ficar do seu lado e de fato ser seu amigo, porque nossas conversas renderam, eu me via em você. Então eu me aproximei, eu juro para você que no começo, naquele único dia eu queria apenas me aproximar e ser o seu amigo, um cara pra trocar ideias e discutir coisas alheias do mundo a fora. Eu não queria me apaixonar, não mesmo. Mas, de algum modo no momento em que você sorriu, e, puta merda... não deu, você estragou tudo. Meu coração simplesmente suplicou seu nome como hoje eu suplico por ter você perto de mim, por mais que tudo isso se torne clichê, eu não ligo, eu não sou britânico mas me sinto como um, um simples britânico bobo e apaixonado. Não importo se as pessoas acham que eu sou velho demais para você, não me importo se sou um jovem apaixonado tendo um simples romance adolescente, eu não me importo. A única coisa que me importa é ter você do meu lado, sermos amigos, colegas, companheiros, eu não sei o que sinto, mas o que eu sinto me faz dizer que estou entregue a você.. Isso talvez não seja paixão, mas eu também não sei dizer o que é, por mais que isso me faça sentir um idiota, eu sei que alguma coisa aqui no meu coração diz que eu tenho que ser seu, e você minha. Você encaixa suas mãos na minha como se Deus tivesse feito você perfeitamente para mim, o seu sorriso parece alegrar e iluminar os meus dias mais cinzentos, e não me importo se isso é cedo demais para dizer mas, eu quero que seja agora. Eu te amo SeuNome, e sei disso porque meu coração grita seu nome, minhas mãos soam quando sinto que você está perto, e a minha mente só vem o seu nome. Eu quero ser mais do que o amigo do seu irmão, mais do que o seu novo amigo, o seu desconhecido, mais do que o seu coleguinha de alguns dias, eu quero ser aquele cara que te ouve quando tem um problema, eu quero ser aquele cara que por mais gay seja, que acaricia seus cabelos para dormir e diz um “eu te amo” para você todos os dias, eu quero ser seu anjo da guarda.

Continua....
<<< Capítulo Anterior                                                     Próximo Capítulo >>> 

Olá, como vocês estão? Eu tô bem, viram? Fizeram um FC pra mim o/ Quem quiser seguir @CamilaDiwaHoms eu queria agradecer, por que é bem legal ter isso, sei lá me sinto amada. Sei que não sou normal mas é isso ai. Bom, espero que estejam gostando do imagine e eu vim avisar que não vai ter temporadas nessa fic, eu vou fazer os capítulos diretos tipo sem temporada, porque eu quero acabar com ela logo porque estou ansiosa para postar o "O que te torna linda" o que eu tô gostando bastante de escrever. Bom, então é isso. Recebi uma ideia muito foda da @1Delicias69 para Irish Angel e vou usar, mais novidades em breve e tenho certeza que quem acompanha IA vai adorar a ideia. Então eu acho que é só isso e até mais suas liamdas <333 
16

16 comentários:

  1. YEEAAHHH FIRST PERSON TO COMMENT \o/
    Tipo Cams - eu preciso colocar "tipo" pra explicar ¬¬ - tua fic ta PER-FECT! Eu estou escrevendo uma fic também, minha primeira e eu estou me espelhando em ti. Em todas as tuas fics, que desde a primeira foram perfeitas. Cams eu te apoio totalmente em se tornar escritora, tu tem o dom. Não desista jamais daquilo que queres, mesmo que seja difícil. Acredite que tu pode tudo que quiser. Como diz o discurso do Obama "Yes, we can!" Sim, nós podemos. Quando lançares o livro vou ser uma das muitas pessoas que estarão na livraria pra comprá-lo e quem sabe pegar um autógrafo teu, te abraçar e te parabenizar por tudo que fez até hoje e por ter conseguido chegar aonde chegou!!! Então girl, eu senti que precisava te dizer isso. :D
    Ah! Eu queria poder ter participado no concurso de moderadoras mas ainda tinha poucos capítulos, então se houver uma próxima, irei participar e quem sabe ganhar!
    Malikisses girl! Que Deus te abençõe! :*

    ResponderExcluir
  2. Cara que perfeito, continua logo

    ResponderExcluir
  3. Continuuuuua :))
    Tua fic ta mto PER-FECT *-*
    Esse capitulo foi divo ;))
    Espero q a (SeuNome) não volte pro Brasil... Pq néh tadinho do meu Nini ://
    Não demora pra postar o próximo Liamda to curiosa :DD

    ResponderExcluir
  4. Por favor acessem http://tudosobreaonedirectionn.blogspot.com.br/ Divulguem

    ResponderExcluir
  5. http://tudosobreaonedirectionn.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. omg Nialler cada dia mais fofo *_* pq realmente me sinto muito feia pra namorar alguem como ele entaun acabei me indentificando,e nossa Cams(o a intimidade)to loka pra continuação do q te torna linda foi uma das primeiras fic q eu li(q emoção)vai ser bem legal relembrar tuda a historia por mais q eu jah tenha esquecido kk'mais eu vou lembrar pq eu lembro q amava ela continuaaaaaa tah muitooo fofo e não fiu muito com a cara dessa Amy malikisses
    by:Duda

    ResponderExcluir
  7. WOOW, sem comentários, não tem oque falar meu anjo, simplesmente PER-FECT !! ..Continuuaa !

    ~Ellen

    ResponderExcluir
  8. O que te torna linda , ai meu Deus tem um olho na minha cachoeira . Niall cara que lindo as palavras dele. Sua fic ta perfeita Camila , você é perfeita e diva demais , e que Deus abençoe você , seus caminhos , que você realize todos seus sonhos , seja muito feliz porque você merece Cah * ---- * Ai meu Deus será que a Seunome vai parar de se meter em treta ? Meu Deus ela precisa tomar jeito kkkk ú.ú
    Enfim , é isso , vim aqui de novo falar coisas que você já sabe , tipo , você é diva e suas fics não tem um erro se português parabéns . Então é isso , bjs liamda se cuida , próximo capítulo to comentando de novo (chata eu sei ) mas eu gosto de comentar tipo , vai que você ler e gosta do meu comentário e tal eu ia vibrar , deixa eu parar de falar é melhor (tagarela eu ú.ú) Fui bjs liamda . <333

    ResponderExcluir
  9. Finalmente achei outro imagines q goste! Coninuaaa por favor
    Bjo .*.

    ResponderExcluir
  10. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  11. Hei fofa tem um selinho para você me meu blog >.<
    Pode seguir? Obrigada!
    http://onedirectiononelovefafictions.blogspot.com.br/

    Paynekisses!!

    ResponderExcluir
  12. to amando a fic....ta perfeita..e porfavorrrrr continuaaaaaaa >.<
    Ps:Lena

    ResponderExcluir
  13. Nossa que fic per-fect. Kr, eu fico de madrugada lendo sua fanfic porque é viciante. LIAMDA!!!!! xx cathjames

    ResponderExcluir
  14. Mendels que fic perfeita! Homs você é simplesmente muito talentosa! Continua logo por favor, quero ler logo o Nini pedindo a Seunome em namoro *-*

    ResponderExcluir