Cap28 - Siga sempre em frente! (Último)

Siga Sempre Em Frente!

Cinco anos mais tarde...

Becky's POV.

O tempo estava fechado. O Céu estava acinzentado e o vento era gélido e mais úmido que o normal. Uma tempestade estava por vir, mas isso não parecia me incomodar no momento. De pé na beira de uma praça, com os braços cruzados na intenção de manter-me aquecida, observava Annie correr em uma bicicleta junto com sua nova melhor amiga, Lux. Como ela havia crescido. Sorria, gritava e gargalhava como jamais havia visto. Ela havia se adaptado melhor ao inglês do que eu, inacreditável. Vê-la bem, sendo feliz, fazia-me esquecer os momentos ruins em que passamos no Brasil. Mas, ao menos naquela época eu tinha a SeuNome ao meu lado, o que agora havia mudado um pouco.

SeuNome havia finalmente conseguido o que tanto queria: Ser fotógrafa. Estava tão orgulhosa quando a incentivei a aceitar o trabalho, que acabei por me esquecer um fato importante: também a incentivava a ficar longe de mim. Não a via há seis meses. Trocávamos mensagens todos os dias, mas o que eu realmente queria era a minha amiga de volta, com seu tom preguiçoso, sua risada estranha e seu jeito incrível.

- Amor? - uma voz rouca soara em meus ouvidos me tirando de um belíssimo devaneio.
- Hn? - assustei-me.
- Está tudo bem?
- Claro. Estava.. Só.. Pensando.
- Ummm... - ele murmurou ao transpassar seus braços ao redor de meu corpo e repousar a cabeça em meu ombro, de maneira que minhas costas se aninhassem em seu peito - Posso saber em quê? - ele perguntou ao me apertar contra seu corpo, como se sentasse me proteger do frio.
- Na SeuNome.
- Não acredito que ainda está pensando nisso, Becky.
- Qual o problema?
- Meu amor, você está batendo nessa tecla a semana inteira.
- Você está aqui, porque ela não está?
- Ela está ocupada, sabe que viria se fosse possível.
- Mas.. Annie sente falta dela.
- Seja sincera comigo, só a Annie?
- Ah.. - suspirei - Eu também.
- Amor - ele disse devagar e carinhosamente -, não é como se ela tivesse morrido, apenas está trabalhando. Zayn não está com ela? Ela está bem, confie em mim.
- Mas ela podia tirar um tempo para "umas" velhos amigos, não acha?
- Becky - ele gargalhou -, não se diz "uma velhas amigas", se diz "os velhos amigos". Só se não tivesse a palavra velho, e ainda sim não teria muito sentido.
- Pare de me corrigir enquanto estou nervosa.
- Você anda faltando as suas aulas de inglês?
- E como isso seria possível Liam? A professora vem "até" minha casa. - O que posso dizer? Que fui o motivo do rompimento de Liam e Danielle? Bom, foi isso mesmo.
- "EM" minha casa. Ou "NA" minha casa. - ele me corrigiu após depositar um beijo em meu ombro - Dá um sentido de ser do lado de dentro, e não de apenas parar do lado de fora. - concluiu sorrindo.
- Agora até que faz sentido.
- Faria antes, se você prestasse atenção. Não acha?
- Eu "prestar". Só é difícil.
- Ô índia - Liam ria -, se diz "presto". A ação de prestar.
- Liam?
- Hn?
- Porque não posso ter aulas com você?
- Ah. - podia ver um enorme sorriso em seus lábios, porém seus olhos expressavam certa melancolia. Liam queria estar mais ao meu lado, simplesmente não podia - Sua professora também me deu aula, Becky. Ela é divertida.
- E com certeza depois de "alguns tantos" anos, perdeu a paciência.
- Ou alguns, ou tantos. - beijava meu pescoço deixando escapar uma risada abafada que me fez arrepiar - Não os usamos juntos.
- Está vendo? Eu aprendo mais com você. - dizia um pouco nervosa. Meu corpo inteiro incendiava com o seu toque.
- Não posso te dar aulas.
- Mas Liam, ela grita, e não tem paciência.
- Nem eu teria com esses erros.
- Mas você tem.
- Escuta, você já está tendo aulas há quatro anos. Até Annie sabe mais que você. Deveria estar melhor.
- Eu estou.
- Claro. - ele riu - Eu nunca falei tão devagar em toda a minha vida.
- Desculpe.
- Deixe disso. Eu daria tudo para lhe dar aula, sinto muito.
- Está tudo bem. Se te consola, aprendo mais com você.
- É. Isso me consola. - seus braços me pressionavam contra seu corpo como se tivesse medo e receio por não sentir-me próxima outra vez - Não acha que as meninas querem entrar?
- Querem? - direcionei meu olhar para o centro da praça, praticamente de frente para nossa casa, em um enorme condomínio. Annie, agora com dez anos, e Lux, agora com sete, andavam de bicicleta. Ambas animadas e risonhas - Tem certeza?
- Absoluta.
- Elas? Ou você? - perguntei em um tom carinhoso.
- Faz diferença?
- Muita.
- Não acha que está ficando frio?
- Liam, precisa deixar "ela" se resfriarem.
- Elas. - ele corrigiu.
- Isso.
- Mas.. Porque? - ele perguntou completamente estupefato.
- Faz parte da infância.
- É realmente necessário? - Após me soltar, Liam focou seu olhar em Annie, como se já estivesse a vendo doente.
- Não se preocupe. - disse ao passar o braço por sua cintura.
- Como não? - perguntava nervoso ao repousar o braço sobre meu ombro - Você quer matá-las.
- Liam. - gargalhei - É normal se resfriar.
- Mas podemos evitar.
- Deixe as meninas brincarem.

Algo havia caído em meu braço. Uma gota. E então outro, e outra, e mais outra, e então começou a chover. Liam simplesmente desesperou-se levando uma das mãos até a cabeça, olhando para as meninas preocupado. Rindo, correram em nossa direção, soltando as bicicletas.

- Tudo bem! - Liam gritou ao bater carinhosamente na bunda de Lux , que riu - Todas para dentro!
- Seu desespero me diverte. - peguei a bicicleta de Annie quando senti algo envolver minha barriga, era o casaco de Liam - Liam... O que exatamente está fazendo?
- Protegendo meu filho da chuva. - respondeu ao pegar a bicicleta de Lux.
- Como você..
- Eu sei de tudo. - deu-me um selinho e então gargalhou ao entrar.
- Mais um para a sua super-proteção. - sussurrei ao fechar a porta.
- Eu ouvi isso, Becky.
- Desculpe, Batman.


Narrador.

É. A vida não é mole e se você fraquejar será pisoteado. Figurativamente e metaforicamente. Foram tantas voltas e mais volta que, sinceramente, confesso quase ter me perdido durante a caminhada. Cheguei a querer desistir e a jogar tudo para os ares, mas uma amiga - a SeuNome - sempre me dizia que quanto tudo está ruim a ponto de não suportarmos mais, é porque logo irá melhorar. Confesso que não acreditava, no entanto a vida se encarregou de mostrar que, de fato, ela estava certa. Eu não posso dizer que a vida é perfeita, porém posso dizer - e afirmar - que a caminhada rumo ao paraíso é sempre bela.

Não, Zayn não havia morrido. Recebeu alta semanas após, sendo aconselhado - lê-se forçado - a morar com sua namorada por precisar de ajuda. Os shows sofreram uma pausa. Entrevistas foram adiadas, e os rapazes receberam um mês inteiro de férias coletiva. A adaptação da SeuNome - uma menina brasileira comum cuja vida era viver escondida sob a timidez e os medos - para namorada de Zayn Malik - uma mulher que precisava demonstrar confiança - não foi fácil, assim creio eu. Tanto a mídia quanto as fãs marcavam em cima, tentando de alguma forma interferir, porém juntos aprenderam a contornar os problemas.

Sophia e Niall eram um caso à parte. Divididos entre o amor e a próxima refeição. Discutiam por praticamente tudo, principalmente por quem havia ficado com o último pedaço de pizza, que no final sempre terminava comido por Louis. Brigavam por quem havia pegado o maior pedaço de carne e também por quem havia comido a torta da geladeira. Mas, apesar disso, eles se entendiam. Uma prova disso foi terem inventado a quarta feira do amor, que nada mais era o dia em que mais comiam porcarias. Era simplesmente inacreditável.

Queria dizer que a vida do novo casal Malik tornou-se perfeita e que eles viveram felizes para sempre, mas tanto eu quanto você sabemos que não aconteceu. Não se trata de um conto de fadas, estamos falando da realidade, do mundo real onde nem tudo acontece da maneira desejada. Zayn era famoso e ficava cada vez mais conhecido, enquanto ela era apenas uma fã sortuda que assistia de camarote sua caminhada para o topo do mundo. Posso dizer que eles se completavam. Um tinha a força enquanto o outro tinha a fé e a esperança. Caminhavam lado a lado e no final.. Necessitavam da companhia um do outro.

SeuNome formou-se como fotógrafa e encontrou sua mãe adotiva semanas depois, onde tiveram a primeira de muitas conversas em família - uma vez que ela havia desistido da sua verdadeira família ao descobrir que apenas interessavam-se na fama de Zayn. Casada e com o novo currículo passou a viajar com os meninos, e foi mais ou menos a época em que os gêmeos vieram. Não preciso dizer a briga para escolher o nome, preciso? Louis insistia em Phineas e Ferb, Niall queria Friederish e George - como os gêmeos weasley, Harry votava por Anakin e Luke enquanto Liam preferiu não opinar. No fim, Zayn havia escolhido. Lewis James e William Edwards. Eles tentavam viver, assim como você. Discutiram muitas vezes. Choraram, se amaram, riram e tiveram dificuldades. Eles eram normais, como qualquer outro casal.

Becky acabou ficando realmente na Inglaterra, recebendo ajuda de Liam com seu inglês limitadíssimo. Passavam horas lendo e conversando, o que criou um laço impossível de ser rompido. Annie havia se adaptado mais ao colo de Liam que ao lugar onde morava, o chamando por vezes de pai, o que criou contendas com a namorada deste. Liam e Danielle romperam o relacionamento e meses depois fora visto ao lado de Becky. Casaram-se meses depois, pois ela havia engravidado. E foi aí que Woody - Liam estava irredutível em relação ao nome - chegou.

Não posso dizer que todos tinham vidas perfeitas, mas posso dizer que juntos quebravam todas as barreiras. Juntos tornavam-se imbatíveis. Eles eram apenas pessoas comuns.. Pessoas que erravam, que se arrependiam e que, acima de tudo, tentava ser feliz e fazer a vida valer à pena, porque afinal de contas, só temos uma. Então.. Viva enquanto é tempo. Esqueça o ontem. Não pense no amanhã. Viva o hoje e lembre-se.. Sorria e siga sempre em frente!

FIM!

Primeiramente eu queria dizer obrigado a você que está lendo aqui. Essa foi a primeira fic que eu realmente tive coragem o suficiente para dar as caras e postar, e acreditem, significou muito para mim. Minha vida tornou-se corrida e problemática, o que dificultou estar sempre atualizando ela, então peço desculpas novamente e.. bom.. aqui estamos. Espero realmente que gostem do final, porque sinceramente, eu não gostei muito. Na primeira versão que eu havia escrito Zayn morreria e ela ficaria sozinha. Mas eu acho que de drama já basta os nossos, correto? A fic te faz sonhar, então se é pra sonhar, que sonhemos alto o suficiente para tocar o céu. Muito obrigada por tudo! Sim, voltarei com outra fic. Apenas não sei quando, mas sim, já estou escrevendo. Quem quiser manter contato comigo, aqui está:

Ask: @AllyGonsalvez (NOVO)
Twitter: @lovespotatoes
Tumblr: louiseatme

Malikisses & Horanhugs. Xx Ally

24

24 comentários:

  1. A mae da seunome do inicio era adotiva ,entao ela acabou encontrando a biologica (?) e era a adotiva. Q queria a 'fama' do zayn e nao a biologica ?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. a verdadeira mãe da seunome está morta. e a adotiva havia sumido. a familia da seunome (a verdadeira) era apenas a avó e uns primos que não senti necessidade de comentar, pois não iria interferir em nada. A mãe adotiva não queria nada, apenas se apegou a menina.

      Excluir
  2. PARA TUDO PO PARA... COMO ASSIM ACABOU ?? _Eu sei que se tinha avisado e tudo mais. Mas, nao pode acabar -JIMMY PROTEST-, to falando serio, nao pode acabar.
    Nao basta terminar a esperança hoje, e perceber que a vida não tem mais sentido, ainda tem que arrancar 2 pedaços da minha vida. Voce me matou -ééée...tipo isso. Poderia falar que esta perfeita. Mas eu nao preciso falar algo, que nos enxergamos...
    XxAna

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. tributo?*-*

      Excluir
    2. Awns awns HUNGER GAMES xxAna

      Excluir
  3. Ai meu Deus que pft!!
    Vc é potterhead??*-* ''gêmeos Weasley''*-*

    ResponderExcluir
  4. Amei a fic!Parabéns
    O Louis queria colocar o nome dos gêmeos de Phineas e Ferb kkkkkkkkkkkkkkkk,adorei kkkkkkkkkkkkk
    A vida não é fácil mas vamos seguir em frente né,vamos viver a vida como se não houvesse o amanhã *u*

    ResponderExcluir
  5. SCRRR que perfect eu chorei cara, não pode acabar não pode

    ResponderExcluir
  6. ally, a outra fic que estás escrevendo também vai ser sobre o zayn??? -pergunta besta , eu sei kkkk- mas senti a necessidade de perguntar.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não decidi ainda. Mas provavelmente não.

      Excluir
  7. ahhh mas já acabou :(
    mas ta muito PER-FECT

    ResponderExcluir
  8. olha, eu gosto dessa fic,mas confesso q achei q o final ficaria melhor, pq eu sei q vc tem potencial pra mais, eu acho q ficaria mais lgl se o Zayn morresse, enfim, q pena q acabou =( Eu sempre ficava curiosa pra saber a continuação do capitulo e vc demorava pra postar e eu ficava morrendo de curiosidade hahaha Então espero q vc consiga postar a sua outra fic q tenho certeza q irá ser maravilhosa, parabens pela sua fic amr, q possam vir muitas outras da onde veio essa e q vc demore menos pra postar hahaha bjão e mais uma vez parabens
    by:Duda

    ResponderExcluir
  9. MEU.DEUS.DO.CEU... SOCORRO. ESTOU.APAIXONADA.LITERALMETE UIDSYHAGUISFHGKJ *-* pftaaaaaaaaaaaaaaaaaaa

    ResponderExcluir
  10. cra mt pfto, parabéns Ally <3

    ResponderExcluir
  11. Não sei porque eu ri na parte dos gêmeos... eu lembro do Renato Russo porque eu sou dessas, diva do passado. Eu amei completamente essa fic, mas esperava um pouquinho mais do fim... De qualquer jeito me surpreendeu bastante e eu adoro a forma com você escreve!! Continue com mais imagines pelo amor de Deus.

    XOXO, Julie

    ResponderExcluir
  12. Como assim acabou você avisou sim que iria acabar mais eu me apaguei de mais a essa fic,sério,,eu comecei a ler ela estava no capítulo 17 sim já acabando mais eu me apaguei fazer o que né?Bom espero le outra fic sua logo se já tive pisando outra,da o link !

    ResponderExcluir
  13. Caralhoooouu!! Foi o imagine mais perfeito que eu já li, foi o primeiro que me fez chorar e sentir que realmente estava vivendo essa história!! Amei demais!! Obrigada por tudo
    #Gaby

    ResponderExcluir
  14. Ai que lindo ameii.....Parabéns ficou MARAVILHOSO

    ResponderExcluir
  15. Awwt ainda n acredito q acabou! Bom queriaa teer comntad antes mass so tive coragem agora.... Ally vc escreve muuitoo bm.. Congrats pra vc XoXo!

    ResponderExcluir
  16. aowwn perfeito ameii m perfeito
    XX dija

    ResponderExcluir
  17. Mais perfeito impossivel

    ResponderExcluir
  18. ESSA FIC MEXEU COM O MEU SENTIMETAL EU ADOREI CHOREI ORRORES FICOU LINDA ESSA FIC PARABENS E NAO ACHO SEU CONTATOS NAO? BEIJOS xx maria

    ResponderExcluir
  19. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir

  20. Lari Raýý15/03/15 19:33
    PQP GAROTA COMO VOC CONSEGUE ACABAR CM MEU SENTIMENTOS AMEI ESSA FIC E TU TA DE PARABÉNS GATA FICOU SUPER FODA, MAIS EU QUERIA SABER OQ OUVE CM O HARRY PORQ EU NAO VI VOC FALANDO DLE

    ResponderExcluir