Dangerous - Capítulo quatorze.


[...]
Coco Chanel.
SeuNome P.O.V's

          Me virei já em pé encarando quem tinha falado comigo, aquela voz rouca e doce, sotaque britânico, e meio lento ao ser pronunciada as palavras, eu nunca tinha ouvido antes, era até viciante, porém enjoativa por ser rouca demais. Olhos verdes, boca avermelhada, cabelos crespos, em um topete um pouco bagunçado pros lados, o rosto masculinizado, ombros largos e o rosto sendo delineado pela puberdade, tinha um sorriso mediano estampado ali enquanto dez por cento de suas covinhas mostravam sinais de vida. Franzi meu cenho e cerrei meus olhos tentando entender o que aquele garoto estava fazendo ali, já tinha o visto na escola, amigo do Louis, eu sei, eu me lembro. Seu nome era Harry se não me engano.

Eu: Oi? -questionei mas não por seu comentário extremamente desnecessário era mais pra o que ele estava fazendo ali.-
Harry: Oi! -respondeu sarcástico e acenou com as mãos-
Eu: Bom... -antes que eu começasse a rir eu desci os degraus e reparei como ele era bem mais alto que eu- O que você...
Harry: O que eu faço aqui? -assenti- Zayn... eu vim entregar uma camiseta, você sabe somos amigos e compartilhamos algumas coisas. -Harry riu e se aproximou de mim eu me afastei-
Eu: Opa, sem segundas intenções. -ele ergueu as mãos e se afastou-
Harry: Não quis dizer que ele compartilharia você, só queria que você entendesse melhor.
Eu: Sim eu entendi. Entendi muito bem. -sorri forçado e ele enfiou as mãos no bolso da calça que agora que tinha reparado um rasgo que dava caminho pro inferno no joelho dele.- Customiza suas roupas?
Harry: Ultimamente passo tempo demais trabalhando não tenho muito tempo pra comprar algumas roupas, e não acho calças que ficam boas em mim, então digamos que eu... -ele ponderou sua resposta enquanto andava até o sofá- gosto de usar as velhas que eu tenho, o bom é que ela rasgou no joelho, já imaginou se ela rasga aqui na frente, imagina eu nem uso cueca. -reprimi uma risada escandalosa e me encostei no sofá enquanto Harry ria e encarava o chão.-
Eu: Você sempre assim?
Harry: Galanteador? Sim, as garotas gostam disso, sabe eu sei pegar elas de jeito. -ele fez um sinal obsceno enquanto se movia pra frente e pra trás no sofá me fazendo rir novamente.- E você sempre é assim?
Eu: Gatinha? Sim, os garotos babam enquanto eu ando, sabe como é, eu tenho meu jeito mulher sensual de ser, sei pegar eles de jeito. -passei a língua pelos meus lábios e depois os mordi fazendo Harry rir e levantar o dedo pra mim apontando e balançando a cabeça-
Harry: Meninas exatamente assim que eu preciso para andarem comigo.
Eu: Mentira né? Eu sou um porre. -ele riu-
Harry: Eu sei tomar um porre. Você é perfeita. -sorri-
Eu: Nunca me falaram isso antes.
Harry: Por isso precisamos um do outro. -ele nem se quer me olhou-
Eu: Você é muito viado. -passei as mãos em seu cabelo e pulei o sofá sentando ao seu lado.-
Harry: E você é uma gracinha amiga. -ele afinou a voz e eu ri alto entortando a minha cabeça pra trás.- Gata você tem namorado?
XXX: Harry! -uma voz grossa ecoou por toda a sala nos fazendo assustar- Cadê a minha camiseta? -mais rude impossível, Zayn acabara de parar ao lado de Harry em pé o olhando nos olhos-
Harry: Grande Z. -ele disse levantando e abraçando Zayn que esticou os braços o retribuindo mas com revirando os olhos- A sua camiseta está na minha caminhonete, você precisa vir comigo.
Zayn: Então vamos logo.
Harry: Hei gatinha que tem um jeito de mulher sensual será que eu posso roubar o seu mordomo por alguns minutos só pra ele ir buscar uma camiseta velha no meu carrinho. -levantei rindo e sorri-
Harry: Claro galanteador. -ele riu e suas covinhas estavam cem por cento a mostra, senti os braços cumpridos do garoto em mim e ele me apertar e puxar contra o seu peito, olhei pro Zayn que olhava diretamente nos meus olhos me forçando me separar de Harry e fechar meu sorriso.- Obrigada pela grande honra de me receber na sua casa.
Eu: Será sempre bem-vindo. -ri- Volte mais vezes.
Harry: Com certeza eu vou.
Zayn: Com certeza não.

          Zayn empurrou Harry que passou por mim rindo enquanto levava as mãos ao bolso da calça novamente, sorri e Zayn olhou pra mim antes de fechar a porta, eu sorri e ergui minha sobrancelha ele praticamente me fuzilou, subi em cima do sofá o pulando enquanto Zayn fechava a porta. Assim que estava quase pulando o sofá escutei uma voz vindo de cima do corredor e cai de cara no chão.

Eu: Harry meu amuleto da sorte volte aqui. -murmurei com a boca rente ao piso gelado-
XXX: SeuNome levanta desse chão. -minha mãe disse assim que bateu o seu enorme salto perto do meu rosto-
Eu: Desculpa eu estava... -ela nem deixou eu terminar de falar e saiu andando em direção oposto até a garagem- Obrigada por me ouvir.
Mãe: SEUNOME! -ela gritou e eu levantei indo até lá- Você comprou seu vestido?
Eu: Porra mãe eu não vou de...
Mãe: Não quero saber o que você vai ou não fazer, a festa é amanhã e muitas pessoas importantes da moda estará aqui. -ela apontou seu dedo pra mim e eu por um momento achei que estava conversando com uma bruxa-
Eu: Quanto tempo você não corta sua unha? -perguntei olhando pra aquelas varinhas compridas que ela poderia chamar um dia de unha.-
Mãe: Não acredito. -ela revirou os olhos- Vai comprar algo agora, não me faça esperar por isso amanhã.
Eu: Eu vou comprar mãe, eu vou.
Mãe: De grife. -ela disse e deu a volta no carro- Abre aqui pra mim.

          Dei a volta no carro e abri a porta, ela entrou jogando sua bolsa do outro lado, quase perguntei se ela queria que eu dirigisse também, suas unhas atravessavam o volante e aquilo me agoniava, ela abriu a garagem e saiu com aquele carro como se ela fosse Dominique Toretto. Sim, só se fosse Dominique Toretto siliconada dos volantes com proteção ante unhas compridas.
          Voltei pra casa e felizmente consegui subir as escadas sem que nada me impedisse, que as minhas pernas não fraquejassem ou que alguém aparecesse me chamando do nada, entrei no meu quarto e dei uma volta por ele todo procurando a bolsa aonde estava o cartão em que a minha mãe depositava dinheiro. Abri o quarto do Bryan e o mandei descer pra jogar videogame, muito feliz ele aceitou. Eu tinha que estar apresentável amanhã não tinha? Pelas minhas roupas de maloqueira no guarda-roupa nenhuma era propriamente apresentável ao ponto de orgulhar a minha mãe dando o exemplo de filha feminina em vez de filha vulgar ou filha fora do padrão afeminado. E lá ia eu, com uma regata branca e um short jeans, um chinelo que havia comprado no Brasil, indo comprar um vestido menos de dez mil dólares para impressionar em uma noite que eu sei que vai ser uma chatice. Mas o que eu poderia fazer? Essas são as regras da casa, obedeça aos mais velhos e ganhe seu ponto extra em sua carteira de “quem dá mais dinheiro pro papai” E lá vou eu.

[…]
Duas horas depois.

          Eu não sabia porra nenhuma do que comprar. O que era a tendência da semana, se amanhã estaria frio ou calor, se duraria o dia todo ou era apenas de noite, se seria mais casual ou formal, se eu precisava estar elegante ou despojada. Eu não sabia absolutamente nada de como me vestir de que roupa comprar de algo que combinasse comigo ali. Eu estava em uma das lojas mais caras do shopping, eu não recordava o nome mas era de uma grande estilista, que não me vem ao caso já que eu não me importo tanto, mas será de grande ofensa aqueles que são apaixonados pela moda, então peço minhas desculpas a aqueles que eu estou decepcionando no momento. Ou por outro lado não me importo bem com isso, afinal eu não me importo com nada, tendo comida em meu prato e a minha cama pronta pra mim a hora que eu quiser, estou feliz com isso e o resto que vá pro inferno ou melhor pra casa do amigo de todas que me odeiam.
          Chanel esse era o nome, sim eu fui obrigada a voltar até o inicio da loja e olhar seu letreiro, porque a minha consciência estava começando a pesar e isso ia ficar me irritando pro resto do dia, eu me arrependi mentalmente quando vi que ao lado nas paredes tinha enormes letras indicando o nome da loja assim como etiqueta naqueles vestidos que eu tinha um enorme receio de tocar e eles desmancharem na minha mão.

Eu: Tudo bem que eu não estou bem-vestida, mas não precisa achar que eu vou roubar alguma coisa. -comentei pra mulher atrás de mim, me perseguia como se eu fosse uma ladra- Não me siga aqui por favor, caso queira me seguir eu te passo o meu twitter quando a gente se encontrar no vestiário sua linda. -pisquei e ela arregalou os olhos parando e indo comentar com uma outra vendedora no outro lado da loja que com as mãos pra trás e as pernas cruzadas olhava o movimento do lugar.- Merda de lugar chato pra caralho. -comentei baixo enquanto deslizava meus dedos por aqueles panos de linhos que me assustava com o toque mas que se tornaria divertido com o tempo. Continuei andando pela loja que estava completamente vazia, todas as atendentes olhavam pra mim me observando para ver se eu não estava enfiando nada dentro da calcinha. Vi uma mulher se aproximar e já formulei inúmeras respostas para dar a ela em qualquer pergunta ou comentário que fizesse, quando a mesma se aproximou nem a deixei ponderar as palavras que queria dizer, simplesmente soltei o que eu pensei- Sua amiga te contou que eu dou uns pegas em mulheres e você se interessou. Acertei? -ela revirou os olhos suspirando fundo-
XXX: Eu gosto de respeito. -ela disse autoritária.-
Eu: E eu gosto de mulheres. -eu ri e ela revirou os olhos novamente-
XXX: Você é a filha do NomeDoSeuPai? -assenti e então um sorriso apareceu em seu rosto- É um prazer tê-la em nossa loja essa tarde querida, eu tinha quase certeza que era você quando entrou por aquela porta, só desconfiei pelos seus trajes.
Eu: O que tem as minhas roupas?
XXX: Estão um tanto... -ela me olhou de cima a baixo e não continuou- Prazer Senhora Smith.
Eu: Parente do Will Smith? -perguntei brincando enquanto andava pela loja, a mulher forçou uma risada e eu passei a mão em um short de seda-
S.Smith: Infelizmente não. -ela ficou em silêncio enquanto me seguia- Você quer alguma indicação? -parei-
Eu: Não precisa, eu ainda não sei o que quero. -ela assentiu balançando a cabeça positivamente.-
S.Smith: Senhora, eu não queria ser inconveniente e atrapalhar o seu momento, mas todos estão querendo saber se você e sua família aparecerão no desfile que terá no final do mês, o desfile Gabrielle Bonheur Chanel.
Eu: De quem?
S.Smith: Coco Chanel. Terá um desfile do mês aqui em Los Angeles, e como umas das representantes eu queria chamar você para participar de uma entrada, o seu corpo é bem... -ela articulou as mãos.- ...Você com o seu jeito... -qual era o maldito problema dessa mulher em não conseguir continuar suas frases-
Eu: Com meu jeito sensual? Ah sim, esse meu jeito brasileira de ser né?
S.Smith: Sim... -eu a interrompi.-
Eu: Sei, esse meu jeito brasileira, anda conquistando muitas coisas ultimamente, você não sabe a sorte que eu tenho. -fui para outro setor, ou sei lá como se chamava, só havia vestidos ali, porque diabos eram todos iguais?-
S.Smith: Com certeza, e é por isso que achamos que você tem o corpo ideal para algumas roupas, e gostaríamos muito que você desfilasse, terá muita gente famosa, muitas modelos, pessoas do mundo todo, você aparecerá em capas de revistas por ai e quem saiba alguém goste de você, é uma grande oportunidade não? -balancei a cabeça concordando e me virando para a mulher que parou de me seguir- O que você acha SeuNome?

XXX: Sinceramente? Eu não quero incomodar, mas ela não vai a desfile nenhum.

CONTINUA... 
Capítulo Anterior                                                                                               Próximo capítulo
heeeeey people, Camila gata Homs, está aqui de volta pra bater um lero com vocês. Sabe quem tá gostando de escrever de novo? exatamente a tia aqui, KKKKK vou falar pra vocês, eu não tava gostando do que tava escrevendo e essa fanfic me fez voltar a tona. -q e eu escrevi esse capítulo urrando e os próximos eu fiquei tipo 'aah meu deus eu voltei' okay isso foi desnecessário, falando nisso também, tia ca, tá respondendo os comentários, quem comentou no capítulo passado da um pulo lá pra ver a idiotice da criança aqui. Sério gente, eu tô muito feliz com absolutamente nada, acho que tem algumas coisas dando certo na minha vida e isso me deixa extremamente feliz e ter os leitores mais lindos do mundo não é pra qualquer um né? Vocês são demais velhoooooo. Espero que gostem desse capítulo e HOJE tem MAIS! até mais seus lindos e lindas, fiquem com Deus, beijãooooooooo!

LEIAM, VISITEM, DANCEM O KUDURO COM ESSE BLOG DIVO: http://diariodeadirectioner.blogspot.com.br/  
21

21 comentários:

  1. Kkkkkkk Tia Ca sempre louca? Enfim, amei e você voltou com tudo e continua babe u.u

    -Duda Druzian

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Siiiim, to mais doida que o normal ultimamente. kkkkkkkkkkkkkkk
      heei, obrigada ! continuo sim.

      Excluir
  2. Kkkk Amei tia! Já pode continuar tá? Beijooooos 😘😘😘

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. KKKKKKKKKKKKKKKK Okay Mrs Horan, seu pedido é uma ordem, vou continuar sim :DDD

      Excluir
  3. Daniella Menezes

    Você é muito Diva

    ResponderExcluir
  4. Obrigada por me responder .. Eu posso te dar meu nome, mas so se eu ficar com ele tmb ..!! Kkkk Esta otimo ..!! Parabens ..!! Xx:Hanna

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. kkkkkkkkkkk que isso hanna. Então eu topo, você fica com Hanna e eu também, agora só falta um Caleb nas nossas vidas hsakhsakhsa Obrigada liamda :))

      Excluir
  5. Você é muito Perfeita ..Ficou otimo, louca para ler o proximo capitulo .. Nova Leitora ,, amei o blog

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Você que é :p
      Seja bem vindaaaa :DD
      Espero que goste desse pequeno pedaço azul kshakshas

      Excluir
  6. Voce vooooooooltouuuuuuuuuu!
    hoje ainda tem mais? OH...MY...GOD!
    ta cada vez mais perfeito!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. im backkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
      eu ia postar hoje só que fiquei sem luz! kkk nada conspira ao meu favor
      Obrigada por lerrrrrrrr

      Excluir
  7. Q felicidade kk antes feliz do q triste né, omg eu sou uma das melhores leitoras do mundo uhul kk Hj tem mais? Serio ? Mas já ? Q lgl ! Fique com Deus vc tbm e malikisses
    xoxo Duda

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu to mto felizzzzzzzzzz. Sei lá, e eu nem sei o motivo dessa felicidade, só to feliz e fim. KSHAJHSAJSA
      yayyyyyyyyy, você são as melhores leitoras do mundo. Obrigada duda por lerr xx

      Excluir
  8. Uhuul,a Tia Ca voltou minha gente kkkkkkkk
    "Dominique Toretto siliconada dos volantes com proteção ante unhas compridas."
    Haha amo Velozes e Furiosos *u*
    Adorei o capítulo...
    Continue com esse empolgação toda :D

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. kkkkkkkkkkkkkkkkkkkk eu voltei gente ^^ que animação.
      eu gosto de velozos e furiosos, da pra sacar eu citei eles duas vezes já kkkkkkkkk
      Que bom que gostou :DD espero que continue lendo. eu continuarei com a minha empolgação. Obrigada por ler Mi, até xx

      Excluir
  9. Ahh diva , amei o capítulo.
    CONTINUA...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Bel, vou continuar sim :D xx

      Excluir
  10. Continuaaaaaaaaaaa.. vc disse q ia continuar hj :(

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Desculpa não deu, a luz acabou. Mas eu vou postar agora amor. xx

      Excluir
  11. Nem preciso dizer que amei né? Pq sim eu amei

    ResponderExcluir