Mini imagine do Niall Horan - The suicidal parte 2

Você P.O.V's

          Quatro anos, Quatro Anos, Quatro anos. Eu não posso imaginar, que depois de quatro anos estou saindo desse lugar, desse inferno, dessa prisão, ou sei lá como pode chamar algo que quer mudar o que você é de verdade, eu não sou a menininha que me transformaram. Se a vontade dele eram me transformar em uma patricinha, eles conseguiram... mas eles esqueceram de algo, um dia eu ia sair, e eu prometi a mim mesmo, quando sair eu voltaria ser tudo o que eu sempre fui, iria me libertar e mostrar a todos que não é uma droga de escola interna que irá me fazer mudar o que eu sou.

Eu: Com licença mãe. -pedi com esperanças dela sair da minha frente para eu entrar em seu carro-
Mãe: Uau! Eu esperava algo como “Mãe, que saudades” Porque eu estou com saudades de você.
Eu: Eu não, porque se você estivesse com saudades mesmo, você tinha vindo me visitar, em quatro anos eu não recebi nenhuma visita, nenhuma carta, nenhum presente de natal.
Mãe: Eu pensei que você tinha vindo para cá, para mudar e não para piorar.
Eu: Sério? Eu pensei que era pra me punir, porque aquelas mulheres me bateram como nunca bateram em nenhuma menina lá dentro, Deus perdoe elas, mas freias que bate em um filho de Deus não deve ser considerada irmã, ou devoto de cristo, eu via a ira nos olhos daquelas mulheres enquanto elas tirava cintos de couros de dentro de gavetas de madeira velha, e me batia com toda a força do mundo. -disse olhando dentro dos olhos da minha mãe-
Mãe: Me desculpe, você sabe que não foi culpa minha!
Eu: Tá bom mãe, sai da minha frente... vamos pra casa, eu fiquei quatro anos sem ver o Niall, eu tenho que procurá-lo.
Mãe: Niall?
Eu: Sim, ou você acha que eu o esqueci, ele não veio me visitar porque eu sei que vocês não devem ter dito para ele aonde eu estava, e só pra constar eu fiquei dois anos pensando o que faria quando saísse desse lugar, imagina alguém com raiva? Exatamente, era eu a dois anos atrás, eu queria sair e fazer coisas horríveis com Deus e o mundo, mas sabe tinha uma voz na minha cabeça, parecia a voz angelical de Niall pedindo para que eu não fizesse nada com ninguém, olha só eu não preciso fazer algo horrível contra você ou contra o papai, ser vocês deve ser horrível demais. -disse e entrei no carro, deixando a minha mãe boquiaberta do lado de fora-

          Ela entrou no carro e eu fiquei séria a olhando pelo retrovisor, ela me olhou duas vezes e eu ergui a sobrancelha, parecendo um pouco irônica... Fomos pra casa totalmente em silêncio, eu estava com nojo da minha mãe e do meu pai, lembro como se fosse ontem, Niall me acolhendo em sua casa, como um verdadeiro cavalheiro, suas mãos frias em volta de mim, eu com o corpo todo dolorido da surra que meu pai havia me dado, e Niall? Niall estava com suas mãos tão leve sobre mim, como se eu fosse uma porcelana, como se estivesse sensível demais que fosse quebrar, ele parecia se importar e eu via isso em seus olhos. Niall sim, foi a única pessoa que me motivou em várias coisas na minha vida, eu realmente o amo!

[…]

          Chegamos em frente de casa, ela estava totalmente diferente, sua cor alaranjada agora estava um esverdeado com cristais e luminárias a frente de casa, havia um portão branco em frente de casa e algumas flores meio mortas não há de se esperar, nem as plantas aguentam a energia daquela casa, desci do carro e olhei para a casa do Niall, não... aliás, não tinha mais casa! Eu fiquei espantada, eu fiquei perplexa, assustada.

Eu: Cadê.. Cadê?
Mãe: A casa do Niall? Bom, você não imaginou que ele moraria ali pra sempre né? Ou que ele vivesse ali pra sempre, ou que ele esperasse você, Niall se foi assim como as lembranças que tinha por você!

Niall P.O.V's

Quatro anos atrás.

Retirei minha camiseta e a joguei no chão, tirei meu tênis e comecei a tremer de frio, comecei a cavar maior o buraco no gelo, e ali eu resisti com o frio por alguns segundos até cair no chão, cair no gelo, sentir aquilo queimar em meu corpo quente. Pra mim era o fim, eu já entendi que não consigo ter as pessoas que amo a minha volta, eu já entendi que não preciso viver pra ser feliz, ela sofreu por mim... porque eu apareci na sua vida, porque eu a fiz sofrer, eu poderia ter mudado tudo e não mudei... eu não preciso dessa vida...

          Droga o que eu estava fazendo, o porquê de eu estar me jogando no gelo, sabendo que a menina que eu amo está la fora, talvez se acabando de chorar por ter se separado de mim, ou talvez ela esteja sozinha precisando de alguém, precisando de mim.

          Não escutava mais nada, só o meu coração, eu poderia ouvir cada batida dele, e cada vez ele batia mais baixo, eu não sentia mais o frio no meu corpo, estava completamente me afundando naquele buraco de gelo, estava preparado para morrer, sem pensar nas dores das pessoas que gostam de mim, só pensar e mim, só pensando nas minhas dores.
Senti aos poucos ficar sem ar e tudo começou a ficar escuro, dores no meu peito como pontadas e mais nada.

Você P.O.V's

          Mas …
          Eu não sabia o que dizer, fiquei intacta olhando para o que restava aonde havia sua casa, não tinha nada a não ser de um gramado verde, pequenas flores lilás e um banco feito de madeira, eu não entendia, eu não me entendia.

Eu: E pra aonde o Niall foi?
XXX: É ela sim. -olhei para o meu lado e tinha duas meninas chegando perto eu não as conhecia-
Mãe: Não cheguem perto da minha filha. Saem! -ela disse com medo, com medo?-
Eu: O que há?
XXX: Foi você. -uma menina bem maior que eu, disse enquanto se aproximava e me jogava medo-
Eu: O que eu fiz?
XXX: Niall, você sabia?
Eu: Não, o que?
XXX: Como não sabia? Você que provocou quase a morte dele.
Mãe: Ela não teve culpa, ele quis se matar.
XXX: Você. -ela disse mais próximo- Niall, estava pra morrer, Niall se jogou em um buraco de neve, e foi encontrado inconsciente, ele estava frio e roxo como a morte, o levaram para um hospital...
Eu: Conseguiram salvar ele? -eu disse preocupada, assustada e aflita-
XXX: Conseguiram, graças ao meu pai que o ajudou como pode, Michelly uma ex namorada de Niall doou quase todo seu sangue para ajudar, e para melhor a situação, Niall perdeu a memória.
Eu: Como?
XXX: E tudo por sua culpa, se você não tivesse o magoado ele estaria bem, estaria conosco brincalhão, cantando e botando sorrisos em nossos rostos, hoje ele mora em Londres com sua família e a família de Michelly, ele não lembra de nós, ele não lembra de ninguém. -meus olhos lacrimejavam- Eu deveria bater em você, eu deveria quebrar a sua cara. -ela disse se aproximando-
Eu: Mas não foi minha culpa... -sequei meu rosto- Foi culpa do meu pai. -minha mãe me olhou espantada-

          Eu peguei impulso e corri para dentro de casa sendo seguida das meninas e da minha mãe, procurei meu pai pela casa inteira mas eu não o encontrei, não sabia aonde ele estava... porque ele não estaria em casa em pleno domingo?

Eu: CADÊ ELE? CADÊ AQUELE DESGRAÇADO -disse chorando- FOI POR CAUSA DELE QUE O NIALL FEZ AQUILO, FOI POR CAUSA DELE, EU AJUDEI NIALL DA ULTIMA VEZ E SE ELE NÃO TIVESSE ME LEVADO PARA AQUELE INFERNO EU TERIA AJUDADO NIALL, EU TERIA. -disse me jogando no chão e me aninhando ao sofá que estava perto de mim e soluçando-
Mãe: Seu pai me abandonou faz três meses quando contei a ele que estava grávida, eu contei a ele e ele simplesmente deu dois tapas na minha cara e foi embora... nunca mais voltou.
Eu: Cretino, filho de uma... -suspirei fundo me derramando em choro-
XXX: Hei com licença, meu nome é Juliana, desculpa por qualquer coisa que eu fiz com você lá fora, mas foi porque eu amava Niall. Afinal todos amavam e eu fiquei muito chateada quando a Maura disse que ia embora e que Niall havia perdido a memória, fiquei muito deprimida quando fiquei sabendo do que ela contou sobre você.
Eu: Tudo bem, eu não … -comecei a chorar eu diria que não sinto falta do Niall, mas eu sinto essa é a verdade, eu vivi uma ilusão enquanto estava internada, eu vivi uma ilusão de que sairia de lá e iria para casa ver ele, me deitar em seus braços e poder dizer tudo o que eu sinto por ele-
Mãe: Filha. -ela disse se abaixando perto de mim enquanto sussurrava- Eu tenho um dinheiro ai, se você quiser nós voamos para Londres, você poderá ver Niall de longe, já que o pai e a mãe dele estão nesse momento te odiando. -eu ri- mas com uma condição.
Eu: O que mãe?
Mãe: Você... você terá que trabalhar com o seu primo Liam, porque está vindo um pequeno para morar com a gente. -ela colocou as mãos na barriga- e acho que eu não tenho dinheiro suficiente.
Eu: Sem problemas mãe, eu faço qualquer coisa.
Mãe: Vou ligar para a sua tia.
Juliana: Se você quiser eu compro as passagens, eu sou confiável... eu quero ajudar -Minha mãe suspirou-
Mãe: Então vá lá pra mim querida. -ela caminhou até a sua bolsa- Peguei aqui a chave do meu carro, e o dinheiro duas passagens para Londres.
Juliana: Ok a Marie vai comigo, não se preocupem eu sei da história da SeuNome, a vontade de querer bater nos outros sem motivo. -eu sorri pra ela- Não farei nada.
Eu: Ok, tá certo. -me levantei- Muito obrigada Juliana.

          Me encostei no sofá e olhei para a minha mãe, ela estava olhando pro chão enquanto pensava em algo, eu conhecia minha mãe como ninguém. Dei a volta no sofá e fui para perto dela, eu devia algo a ela, eu sabia, todos sabiam.

Eu: Mãe, me desculpa! -ela me olhou-
Mãe: Pelo que?
Eu: Eu fui injusta, fui otária te xinguei sem motivo, falei coisas que não deveria, me desculpa! -ela me olhou me encarando, eu merecia um tapa na cara eu sabia, mas ela não faria isso, ela nunca fez-
Mãe: Filha não foi sua culpa antes que pense assim. -eu já pensava assim- Foi o seu pai, ele te tratou mau a vida inteira, ele não soube cuidar de você ele não te ajudou quando mais precisou. -voltei a chorar- Mas tudo vai mudar, nós vamos mudar você não tem mais 14 anos, agora você é uma moça 20 anos é muito importante. Eu estou aqui pra te ajudar.
Eu: Obrigada mãe. -ela molhou seus lábios na minha testa com uma leve aproximação e o que me fez sorrir-
Mãe: SeuNome, vamos pra Londres e você vai preparada para decepções, porque você sabe! Niall Horan não lembra de ninguém, nem de você.
Eu: Sim mãe, eu sei! Eu quero tanto o ver, quero tanto saber como ele está, como ele ficou após quatro anos, eu quero tanto ver ele sorrindo, nem que não seja pra mim, eu quero tanto.

Niall P.O.V's

Eu: PEGA UMA MEIA PRA MIM TÁ FRIO AQUI.
Zayn: Quem mandou você ir brincar na neve? Quem? -ele disse entrando no quarto e com um par de meias nas mãos- Você tem 22 anos cara, não 10!
Maura: Tá tudo bem filho? Tudo bem? Hein! -ela perguntava enquanto estava desesperada passando a mão pelo meu corpo- Não faça isso novamente você está me ouvindo, não quero você na neve!
Eu: Nossa mãe, desculpa.. prometo não fazer de novo.
Maura: Bom mesmo. Assim eu espero! Tá achando que neve é lugar pra brincar, um cara de 22 anos.
Zayn: Eu disse isso a ele. Mas que teimosia.
Maura: Estou indo no mercado comprar chá pro Louis, você quer algo filho?
Eu: LOUIS PODE COMPRAR OS CHÁS DELE.
Maura: Mas ele …
Louis: Cala a boca Niall, ela disse que ia no mercado comprar um lanche pra você e eu pedi uns chás para ela, já que os meus acabaram. -Louis disse entrando no quarto com uma blusa na mão, ele estava dobrando suas roupas como sempre faz-
Eu: Tá, me desculpa! -ele fez um barulho com o nariz e saiu-
Maura: Tchau filho! -ela me deu um beijo na testa e saiu-
Zayn: Só eu acho que sua mãe te trata que nem um bebezinho?
Eu: Qual é cara, eu preciso eu sofri aquele acidente que me fez esquecer de tudo lembra?
Zayn: Mas isso foi a três anos, acho que ela já deveria parar com isso.
Eu: Tá falando isso porque o mimado sou eu, não você! Invejoso.
Zayn: Olha aqui eu...
Liam: Minha prima e minha tia estão vindo pra cá, ela vai trabalhar com a gente no restaurante Zayn.
Eu: Por quê?
Zayn: Por quê?
Liam: Porque ela quer falar com um amigo dela que tá aqui em Londres e que ela não vê a quatro anos e dai elas vieram atrás dele.
Zayn: Tudo isso por causa de um amigo?
Eu: Depois de quatro anos?
Liam: Não sei caras! -ele disse se sentando na minha frente- Sei que ela é muito gata, eu lembro que nos natais a família dela costumava ir lá pra casa e dai a gente se falava muito pouco, eu tinha vergonha de falar com ela, por ser gata!
Zayn: Se você não tivesse vergonha você não seria Liam Payne.
Eu: O que?
Zayn: Você é burro, você não entende.
Eu: Eu vou querer conhecer sua prima Liam.
Liam: Você vai casar cara, você tá noivado com a Michelly daqui a quatro meses você casa com a menina e tá afim de conhecer minha prima?
Harry: Sem problemas eu não estou noivando. -Harry disse entrando e bagunçando os cabelos do Liam-

Quatro meses depois!

Você P.O.V's
          Já havia chegado há quatro meses, eu conheci a cidade, conheci as pessoas e realmente elas são diferentes de mim, todas as pessoas são. Liam tem quatro amigos cujo eu só conheço Zayn e Louis, dois meninos bem engraçados assim como Liam, mas o único motivo de estar em Londres, era pra encontrar Niall, o que foi totalmente sem sucesso porque Niall eu não vi em um lugar nenhum, também o que deu na minha cabeça achar que vindo para Londres eu encontraria com o Niall em dois dias, Londres é um lugar muito grande e não se encontra um amigo na esquina.

Eu: Liam você vai no casamento do seu amigo hoje?
Liam: Sim, e você vai comigo!
Eu: Ah sim, eu o conheço bem né?
Liam: Para com isso, você não precisa conhecer, só ir comigo. Como acompanhantes. Como casais.
Eu: Liam! -reprendi ele e ele juntou as sobrancelhas e cutucou a glabela com o dedo indicador me fazendo rir- PARA COM ISSO. -ele sabia que me irritava-
Mãe: Cheguei.
Louis: Chegamos.

          Minha mãe entrou seguida por Louis e Zayn, ultimamente estava assim: Aonde minha mãe ia Zayn e Louis ia atrás. Como seguranças, como guarda-costas, isso era interessante, pelo menos ela estava sendo protegida por dois caras adultos super-responsáveis, só que não.

Eu: Boa tarde.
Zayn: Não! -ele disse coçando os olhos e me olhando com cara de sono-
Mãe: Tá chutando.
Louis: O que tá chutando? Aonde? É gol? -eu comecei a gargalhar-
Eu: Não Louis, a Nila está chutando. -Nila por causa de Niall-
Liam: Filma isso SeuNome, filma! -ele disse dando seu iPhone na minha mão-
Zayn: Eu quero sentir.
Louis: Só quero dizer Zayn que isso não soou muito legal. -ele disse se ajoelhando ao lado de Liam e colocando a mão na barriga da minha mãe-
Liam: Eu to sentindo ele chutar! -ele disse sério e parecia concentrado-
Zayn: Ai meu Deus, eu tô sentindo. Que gostoso!
Louis: Isso também não soou muito legal Zayn!
Zayn: Nossa cara, que legal, olha eu tô sentindo ela chutar... ela vai ser jogadora de futebol.
Louis: Eu vou ensinar ela a jogar futebol.
Liam: Posso fazer uma observação?
Eu: Sim!
Liam: Quantas pernas uma pessoa tem?
Eu: Duas?
Liam: Mas eu tive a leve impressão de sentir quatro pernas me chutar. -todo mundo começou a rir-
Eu: Liam?
Liam: Não é brincadeira.
Eu: Mãe você já fez o ultrassom?
Mãe: Não, vou fazer depois de amanhã, o Louis vai comigo.
Eu: Ai!
Louis: Pois é, acho que tem quatro pernas aqui.
Liam: Eu não disse!
Eu: Então é gêmeos? Então vamos colocar Nila e o nome dele mãe.
Zayn: Dele quem? O meu nome? Não precisava, também amo você. -ele disse brincando-
Mãe: Tá bom SeuNome...
Liam: Meu Deus, nós estamos atrasados, vai lá SeuNome se arruma, vai Louis, vai Zayn... o casamento do
Louis: duas horas, duas horas. -ele interrompeu o Liam-
Eu: Eu não quero ir.
Liam: Não quero saber se você é antissocial ou sei lá o que, mas você vai comigo.
Eu: Não quero deixar minha mãe sozinha.
Liam: Sem problemas a Nicola chega daqui a pouco.
Mãe: Pode ir filha, eu vou fico bem!
Eu: Posso ir com qualquer roupa?
Mãe: Não!
Liam: Pode. Agora vai se arrumar ou eu tenho que colocar a roupa em você, tenho 30 minutos.

          Bufei e o Liam puxou o meu braço e me empurrou direção a escada, subi as escadas sendo empurrada por Liam, entrei no meu quarto e comecei a procurar algumas roupas no guarda-roupa, puxei um vestido preto, uma jaqueta jeans e um sapato de salto claro (www) Corri para tomar banho, fiquei lá por 15 minutos, após sai eu coloquei a roupa e passei um dos dois perfumes que o Liam me deu, fiquei meia hora na frente do espelho pensando o que eu ia fazer com o meu cabelo, ele estava liso, eu não sabia o que fazer, se simplesmente prendia em um coque, ou se eu deixava liso, aquilo estava me irritando, ouvi passos atrás de mim e o Liam entrou arrastando um fio.

Eu: O que é isso?
Liam: Babyliss
Eu: Você sabe usar isso?
Liam: Não, mas eu já vi minhas irmãs fazendo.

          Eu não disse nada, ele simplesmente ficou atrás de mim colocou metade do meu cabelo pra frente, passou seus dedos entre os fios leves e eu ainda olhava através dos espelho seus movimentos. Ele parecia ter dom para fazer isso, ele colocou o Babyliss no meu cabelo e fez alguns movimentos com o aparelho, isso demorou!

Liam: Pronto, está linda!

          De liso para um cacheado realmente muito perfeito assim eu não precisaria ficar incomodada com o meu cabelo liso. (www)

Eu: Obrigado Liam, se não fosse você como meu amigo gay.
Liam: HAHA, muito engraçado. -ele disse me encarando sério-
Eu: Tá, desculpa!
Liam: Vamos?
Eu: Não!
Liam: Vamos! -ele puxou meu braço e fez uma volta com que ficássemos com os braços encaixado um no outro-

          Saímos de casa e a minha mãe me seguia, entrei no carro do Liam e ela veio até a janela aonde estava abaixada.

Mãe: Cuida dela Liam, minha filha preciosa. -ela disse passando as mãos no meu rosto-
Liam: Pode deixar, NomeDaSuaMãe. Vou cuidar como se fosse minha namorada. -ele entrou e eu fitei-
Eu: Ousado. -todos riram- Tchau mãe.
Mãe: Tchau, vão com Deus.

          Liam sorriu e eu abaixei a minha cabeça e fiquei passando meus dedos nas rasceta do meu punho, Liam deu partida no carro e fomos escutando uma música de quem eu nem sabia que cantava e ele foi cantando junto com sua voz maravilhosa cujo a família toda admirava.

          Depois de um tempo muito longo, chegamos aonde seria o casamento, entramos e estava lotado tão lotado, mas tão lotado que eu nem consegui ver o noivo, eu empurrei Liam para tentar ver o noivo ou a noiva, mas não conseguia tinhas umas pessoas extremamente grandes na minha frente impedindo de ver.

Eu: Você está vendo?
Liam: Sim, ele está lindo.
Eu: Que coisa mais gay.
Liam: Ele é o meu melhor amigo.
Eu: Quem é o padrinho?
Liam: O irmão dele, ele foi padrinho do irmão e o irmão é padrinho dele.
Eu: Legal... olha o Zayn tá chamando e...

          Nem deixou eu terminar já fui puxada pelo Louis que me afastou do Liam, Louis me puxou para fora da igreja e eu fui em silêncio mas com vontade de gritar com ele.

Eu: Por que fez isso?
Louis: Vem, vamos encontrar com o Zayn na porta lateral, de lá dá pra ver melhor.
Eu: Eu poderia ir com o Liam!
Louis: Não, não cabe você daquele lado.
Eu: Por que tanta gente?
Louis: Porque ele conhece muita gente.
Eu: Então tá, eu nem queria vir porque eu não o conheço, agora você tá me levando para um lugar … uau um tapete vermelho, sempre quis andar em um tapete vermelho. -mudei a distração-
Louis: Tá certo, estamos dentro da igreja. -olhei pro altar, só dava pra ver um topete loiro-
Eu: Ele é loiro?
Louis: Sim!
Eu: Cadê o Liam?
Louis: Vai entrar com o Zayn e as alianças.
Eu: Então por isso ele foi pra lá?
Louis: HARRY! -ele gritou e as pessoas que estavam perto da gente deu uma afastada para o Harry ver o Louis, sem contar que todos olharam fuzilando o Louis o que me fez corar-
Eu: Louis, não grita mais. -sussurrei pro Louis-
Louis: HARRY VEM AQUI. -gritou novamente e um segurança que estava ao nosso lado-
Segurança: Somos obrigados a retirar vocês dois.
Eu: Mas eu...
Segurança: Vamos os dois, igreja não é lugar de bagunça.
Eu: Nunca vi uma igreja ter segurança, só aqui nesse lugar. Eu hein -disse saindo sendo empurrada pelo segurança-
XXX: Não, deixem eles ficarem, Louis é meu melhor amigo. -uma voz saiu de lá de dentro da igreja-

          Nós eramos a atenção, a igreja estava lotada e todos nos olhavam, estávamos ainda na porta e eu olhando lá pra dentro tentando ver quem foi que disse pra nós ficarmos mas eu não consegui ver, apenas o segurança bufou e o Louis riu entrando de novo na igreja. Fiquei procurando por quem havia falado mas não encontrei, não tinha mais ninguém olhando para nós.

Eu: Quem foi que falou aquilo?
Louis: Aquilo o que? Tá doida... HARRY! -ele gritou e dessa vez Harry olhou, revirei meus olhos-
Harry: Vem pra cá?

          Louis pegou na minha mão e saiu empurrando todo mundo que estava na nossa frente, esse menino é sempre assim? Chegamos na frente de todo mundo e o Harry me deu um abraço demorado, eu nem tinha intimidade com esse menino, que mania estranha de abraçar as pessoas.

Harry: Você tá bem?
Eu: Sim, estou... e você?
Harry: É, eu também... acho que a noiva vai entrar.

          Eu e os meninos nos redirecionamos para a porta e lá estava entrando a noiva, com um véu cobrindo seu rosto e com um vestido branco, grande lindo e de dar inveja, ela entrou acompanhada de um homem alto e moreno talvez assim como ela, eu a segui com os olhos e ela foi caminhando quando chegou no altar meu sorriso se desfez assim que ela tirou o véu, o noivo estava de costas, ele era mais alto que ela, talvez mais alto que eu, ele tinha os cabelos loiros e estava arrepiado, comecei a tremer, e senti um arrepio na espinha, aquela menina era a Michelly, eu tinha quase a certeza que era a Michelly, seus olhos... seus cabelos estavam vermelhos o que antes era loiro, me apoiei no Harry e ele viu que eu estava tremendo.

Eu: Harry, o nome desse menino é Niall?

          Assim que eu perguntei a uma mulher loira que estava um pouco na nossa frente ela me olhou e eu vi que era a Maura, ela me encarou por alguns segundos e eu arregalei meus olhos.

Eu: Niall? Niall Horan?

          Falei um pouco alto chamando a atenção dele, que olhou para atrás olhando na minha direção, o Louis me encarou e perguntava várias vezes “Você conhece ele?” e eu não o respondi, meus olhos estavam direcionados aos olhos de Niall, ele estava lá em cima do altar, olhando para mim sem saber o que fazer, todos estavam olhando para mim, eu não parei de olhar, lágrimas começaram a escorrer do meu rosto assim que eu o vi me olhando, ele estava tão lindo, suas bochechas rosadas e o seu cabelo arrepiado, ele estava tão lindo, tão homem. E eu, tão apaixonada.
          Passei as mãos no meu cabelo e já soava frio, a Maura colocou as mãos no meu ombro e sua outra mão secou meus olhos, olhei para o Harry e ele ainda me olhava assustado assim como Louis que já havia parado de perguntar.

Maura: Você está bem?
Eu: Ele, ele tá tão lindo.
Maura: SeuNome, vai embora por favor.
Eu: Mas...
Maura: Ele não lembra de você, ele não vai lembrar... você não é a melhor pessoa para ficar aqui nesse momento.
Niall: Mãe?
Maura: Pode continuar o casamento, está tudo bem... ela está um pouco mau! -ela disse olhando para todos que começaram a olhar para os noivos e algumas pessoas, poucas pessoas me olhavam-
Eu: Eu vou embora, vou sim! Até porque não adianta ficar aqui eu não sou nada dele.. talvez algum dia eu marquei algo...
Maura: Não! Por sua causa ele quase morreu, você poderia ter marcado, talvez a morte, mas não marcou. Agora vai!

          A Maura estava fria, como nunca na vida dela, olhei para o Harry e passei as mãos no meu rosto secando as lágrimas que caiam como rios, mares... dei um passo para atrás e ouvi o Louis sussurrar meu nome, me virei e sai andando e sai da igreja...
          Comecei a andar para o outro lado da rua passando pelos carros, ouvi uns barulhos na igreja com certeza o casamento começando, parei ao lado de um carro de costas para a igreja e fiquei olhando pro chão, lembrando do olhar assustado e confuso do Niall para mim, ele olhando como se não me conhecesse como se nunca tivesse me visto antes, e eu o olhando com saudade, com vontade de correr na direção dele e pular no seu colo e lhe dar o abraço mais aconchegante do mundo...

[…]

          Ouvi o barulho da porta da igreja e ouvi umas vozes, e assim ouvi um grito, um grito alto e de um homem, e nesse grito o som era o meu nome, o que me fez virar e olhar para quem me gritava, era Niall!
          Ele veio na minha direção com os olhos cheios de lágrimas, com um jeito aflito e começou a andar devagar enquanto me olhava, eu não sabia o que fazer eu não tinha palavras.

Niall: SeuNome.

          Ele sussurrou antes de me dar um abraço, um abraço apertado, comecei a chorar mais ainda eu não estava acreditando, o cheiro do Niall era incrível o seu abraço aconchegante e o seu choro baixo no meu ouvido, minhas pernas tremiam e a vontade de chorar era intensa.

Eu: Niall! -sussurrei-
Niall: Saudades, que saudades.
Eu: Pensei que você não lembraria de mim.
Niall: Eu lembro, eu lembro de todo mundo... eu lembro de Mullingar, do dia que você me ajudou que eu tentei me matar, que eu tentei esconder você do seu pai, eu lembro de tudo.
Eu: E por que você mentiu? -eu disse me soltando seus braços, olhei em volta e o Bobby assim como Greg estavam parados longe nos olhando-
Niall: Porque eu queria esquecer, eu achei que nunca mais ia te ver, isso me doeu e a única solução foi falar para todos que não me lembrava de nada, para a minha mãe me levar embora de Mullingar para eu não olhar para a sua casa e lembrar que eu poderia ter feito algo diferente, que eu poderia ter ajudado você antes e assim você me ajudava, que foi por minha culpa que você não foi a aula aquele dia... -eu o interrompi-
Eu: Não foi sua culpa, não foi culpa de ninguém. -olhei para o lado e quase todos estavam lá, Liam estava parado na escada olhando para nós- Agora vai lá e se casa com a Michelly.
Niall: Não posso.
Eu: Por quê?
Niall: Por mais que eu tente, eu sei que eu não gosto dela eu casarei com ela sem amá-la eu só estou casando com ela porque ela me ajudou bastante e se arrependeu de ser modelo em Paris por mim e chegou a tempo e me salvou de um suicídio.

          Eu tinha que dizer para ele ir e ficar com ela, eu não poderia simplesmente chegar aqui e falar pro Niall ficar comigo, ou implorar para ele ficar comigo, sabendo que ele está prestes a se casar.

Eu: Vai lá, todos estão preocupados, você ainda não se casou... quando você se casar a gente conversa.
Niall: Não é com ela que eu quero me casar, você sabe disso.
Eu: Não Niall, para com isso você casaria com ela, agora não...
Niall: Iria me casar com ela porque eu tinha esperanças de nunca te ver.
Eu: Que obsessão por mim é essa? Você nem gostava de mim a quatro anos atrás, eu era apenas uma amiga pra você, ou melhor colega, você conseguiu ficar mais de dois anos namorando com a Michelly e agora vem com essa vontade obsessiva de querer ficar comigo?
Niall: Obsessão? Achei que você gostava de mim como eu gosto de você.
Eu: Desculpa Niall, eu não quero estragar sua felicidade.
Niall: SeuNome, eu só vou ser feliz com você, você é a minha pessoa certa.
Eu: Como Niall? -sussurrei- Todos iram me odiar se eu pegar na sua mão e sair daqui, todos vão me criticar, sua família não gostarão de mim como gostam da Michelly, eu não sou a pessoa certa, eu achei que era mas agora eu vi que não, eu não gosto de vestidos brancos, nem véu, nem de tapete vermelho e nem de flores... ao contrário de Michelly e você que gostam dessas tradições, eu não gosto!

          Disse firme olhando em seus olhos, era a maior mentira que eu já havia contado a alguém, o meu maior sonho foi sempre entrar em uma igreja com um vestido grande, branco e brilhante, mas mentir era necessário, eu não sou do tipo de garota que rouba namorado dos outros, noivo dos outros.

Eu: Ela te ama mais do que eu.
Niall: SeuNome, eu quero ser seu namorado... será que você não entende? -ele disse se aproximando de mim- Eu quero aproveitar o que eu tenho.
Eu: Você só se esqueceu de uma coisa... você não me tem.

          Me virei as costas e comecei a andar na direção à contrária por onde eu vim, escutei o Niall me chamar e me virei na direção dele o olhando insegura.

Niall: Se você não vir até aqui, eu vou entrar naquela igreja e nunca mais... Nunca mais você terá alguma chance novamente.
Eu: Por mim! -balancei os ombros e o vi balançando a cabeça decepcionado-

          Greg segurou em seu braço e ele caminhou de volta a igreja e todo o transtorno que havia ali em frente foi acabando, as pessoas foram entrando a frente de Niall, ele olhou pra mim eu já não podia segurar as lágrimas, elas descia pelo meu rosto sem fim, ele parou na porta da igreja ele não estava tão longe de mim, era como se não tivesse mais nada a minha volta, como se o meu cérebro bloqueasse todo o barulho a minha volta como se estivesse focado somente em Niall, isso era confuso até pra mim, pude ouvir a sua voz ecoar na minha cabeça, enquanto a frase que acabara de sair de sua boca dançava lentamente em meus ouvidos me fazendo ficar com a consciência pesada.

“Eu quase morri por você” “Eu quase morri por você” “Eu quase morri por você” “Eu quase morri por você”

          Fui caminhando de volta para casa, devagar e a voz do Niall se repetia na minha cabeça fazendo a mesma latejar era como se eu estivesse ficando louca, como se não tivesse botão de parar, era louco, era irritante, não era normal.

          Não havia escurecido ainda, eu estava caminhando lentamente bem lentamente não conseguia andar rápido cada passo que eu dava era uma latejada na cabeça que quase me fazia desmaiar, isso se chama na minha linguá, dor na consciência, porque eu poderia mudar tudo...

          Escutei um barulho alto de freada, mas continuei andando até que senti um frio forte chegar nas minhas costas e logo depois um impacto um carro na rua quase me atropelou foi o que quase me fez cair no chão e a minha dor de cabeça passar, eu continuei no chão e vi alguém descendo do carro, olhei para o meu joelho e ele tinha um pequeno corte, e o meu braço estava ralado, eu praticamente fui atropelada, só que me joguei na calçada pra não morrer. Me levantei com a ajuda de quem quase me atropelou, olhei para a pessoa e era Liam comecei a dar vários tapas nele e fazendo xingamentos que não fazia nenhum sentido, Liam segurou meus braços e me olhou sério... alguma coisa havia acontecido.

Eu: Ai Liam... você tá me machucando.
Liam: Não sei o que você fez, não sei o que você falou não sei o que você é do Niall, não sei nada sobre você a não ser que você é a prima mais bonita que eu tenho, que é engraçada, come demais e me deixa irritado só de saber que a possibilidade de você conhecer o Niall é maior do que a mãe dele conhecer ele mesmo.
Eu: Liam, você tá me assustando.
Liam: Tá certo, Niall trancou todo mundo na igreja, ele tá louco SeuNome, ele disse que vai matar todos e depois vai se matar e ele sussurra as seguintes palavras “Eu quase morri por ela”
Eu: O que? Como? Como... você saiu?
Liam: Eu não entrei quando todos entraram eu fiquei raciocinando o que havia acontecido.
Eu: Ele fez pessoas de refém? Harry? Louis? Zayn?
Liam: Ele está louco.

          Liam mau pode dizer essas palavras dois carros de polícia passou ao nosso lado indo na direção da igreja.

Liam: Eu acho que ele vai se matar.
Eu: Não Liam... não! -eu disse aflita e tentando me soltar dele que parecia ter congelado suas mãos nos meus braços- Me solta... Me solta!
Liam: Aonde você vai, deixa que os policiais resolvem.
Eu: Não, é culpa minha!

          Liam me olhou confuso e eu peguei impulso assim que ele me soltou eu comecei a correr na direção da igreja, tinha uns policiais um pouco a frente da igreja e as portas estavam fechadas, e alguém gritava lá dentro eu abaixei a minha cabeça e fui na direção da porta central mas um dos policiais me segurou.

Policial: Aonde vai garota? Tem um garoto fazendo pessoas de refém ai dentro.
Eu: Eu sei parar ele.
Policial: E até parece que vamos confiar em uma menina de 16 anos.
Eu: Eu tenho 20. -ele me encarou espantado-
Liam: Deixa-a ir, confia nela... eu confio. -ele disse chegando correndo-
Policial: Cara, você sabe o que você tá fazendo?
Eu: Me deixa.

          Suspirei fundo e abri a porta, Niall estava no meio da igreja e várias pessoas abaixadas como por exemplo Michelly, Zayn e Louis... Maura também estava lá. Eu fechei a porta e ele ficou me olhando suas bochechas queimaram e ele ficou vermelho, me olhou com tanto ódio.

Niall: EU TINHA TE ESQUECIDO, EU TINHA APAGADO VOCÊ DA MINHA MEMORIA? PORQUE VOCÊ VOLTOU? VOCÊ NÃO DEVERIA TER VINDO ESTRAGAR A MINHA FELICIDADE. -ele gritou nervoso e eu fui caminhando na sua direção-
Eu: Eu sei, eu sou a culpada... eu sempre fui a culpada... meu pai batia na minha mãe na minha frente toda vez que ele chegava do serviço, ele batia nela e depois dizia que era a minha culpa porque se eu não tivesse nascido ele não precisava trabalhar que nem um condenado. -algumas lágrimas escorreram no meu rosto enquanto eu caminhava devagar-

          Niall colocou a arma na própria cabeça, eu nem sei de onde ele tirou aquela arma, ele apontou na cabeça e fez um sinal com a mão para eu parar, e então eu parei.

Eu: Uma vez eu peguei meu pai transando com a secretária dele, eu corri contei pra minha mãe, ela ficou muito decepcionada, ele me bateu tanto que eu achei que poderia morrer. Meu pai nunca disse que me amava, eu sempre ouvia as minhas amigas dizerem “Meu pai comprou uma boneca pra mim” -imitei uma voz estranha- Eu sempre via os pais das minhas colegas irem buscar elas na escola e elas o abraçavam com força e eu via o carinho que ele tinha por elas, eu nunca eu nunca -repeti- tive um pai que me fizesse isso. -dei um passo a frente- Meu pai era grosseiro, ignorante, cafajeste e eu só não o xingo mais porque estou em um lugar que merece respeito. -Niall me encarava ouvindo tudo o que eu dizia- Eu não gostava de ir a escola, mas tinha um menino que me fazia ir pra escola... Imagina só você se apaixonar por um menino e por causa dele você vai a escola? Só que eu não demonstrava amor por ele. Sabe por quê? -Niall entortou um pouco sua cabeça me ouvindo ainda melhor- Porque eu tinha medo, eu tinha medo desse garoto não gostar de mim, dele caçoar de mim e o meu pai ficar sabendo e me bater.
Niall: Eu nunca caçoaria de você, eu não sou desses garotos. -ele tirou a arma da cabeça, eu dei um passo a frente ele colocou de novo o que me assustou- Mas você me magoou. VOCÊ SE MACHUCOU SIM, OKAY... MAS IMAGINA EU? IMAGINA COMO EU FIQUEI EM SABER QUE NÃO PODERIA TE AJUDAR, QUE EU TINHA QUE TER TE AJUDADO, MAS SIMPLESMENTE TE LEVEI PRO MEU QUARTO E AINDA COM MÁS INTENÇÕES.

          Ele disse gritando e deu um tiro pro alto o que assustou todos que estavam dentro da igreja, ouvi gritos, ouvi gente chorando... Niall chorava, a porta da igreja se abriu os policiais entraram achando que Niall havia machucado alguém, um policial mirou sua arma em Niall e antes que eu pudesse pensar eu já tinha ficado na frente de Niall e eu senti algo forte e doloroso atingir as minhas costas, minhas pernas ficaram fracas e eu já não estava enxergando bem, ouvi o meu nome sendo gritado por algumas pessoas, olhei para o Niall e ele se abaixou perto de mim, foi ali que eu entendi que tinha tomado um tiro, quando senti as mãos de Niall se encaixarem na minha, quando senti o frio da mão dele tocar a minha pele, eu pude sentir o Niall ficando louco, eu pude sentir o quanto ele estava nervoso, aflito e irritado... Eu apertei sua mão e pude ouvi a respiração dele, era tão agudo, tão perto de mim, o que ele respirava bem eu mau conseguia fazer... minha respiração estava falha, era como se tudo a minha volta havia virado um filme... então eu sussurrei.

Eu: Eu morro por você!

          Os policiais se aproximaram de Niall tentando o segurar, eu estava sem forças, Harry estava do meu lado chorando, gritando e tudo o que tinha que ser feito, ouvi um disparo e senti alguém cair de joelhos do meu lado, todos da igreja gritaram, gritaram alto... Niall caiu sobre mim, pude olhar nos seus olhos e por últimos segundos eu consegui dizer.

Eu: Eu te amo pra sempre.
Niall: Eu sempre te amei.


Mas gente, tá ai a continuação, e o que vocês acham? Acaba assim ou acaba com um final feliz? Decidem ai, se quiserem eu continuo! 
77

77 comentários:

  1. Final feliz por favor, eu chorei aqui lendo este capitulos .Ficaram tanta tempo longe pra no final não ficarem juntos :/

    ResponderExcluir
  2. CONTINUAAAAA PELA MOR DE DEUSSSS *OOOOOOOOOOO*

    ResponderExcluir
  3. CONTINUA POR FAVOOR!! TA PERFEITO DEMAAIS AAH!!!!

    ResponderExcluir
  4. Awn eu morri com o Nini trágico ~nossa chorei agora~ serio Camila não faça mais eu chorar ou vou inundar meu quarrto, NEM SE ATREVA EM NÃO CONTINUAR EU PRECISO TER UM FINAL FELIZ COM O NINI, EU NÃO POSSO DEIXÁ-LO MORRER, NÃO DEIXA ELE MORRER POR FAVOR!! EU POSSO ATÉ MORRER MAIS ELE NÃO!

    ResponderExcluir
  5. Continua por favor!!!!! Final feliz!!! Eu chorei muuuito lindo Parabéns!

    ResponderExcluir
  6. Continua eu e o nini temos q ficar juntos!!!

    ResponderExcluir
  7. Aiiiin ficou perfeito !!! :"D to chorando até agora e me perguntando como vc consegue escrever uma coisa tão linda?! Parabéns ... eu to chorando e escrevendo kkkkk

    ResponderExcluir
  8. Continua o mais rapido que der. Muito perfeito, eu chorei. Por favor final feliz (por mais que nn exita na vida real, pelo menos aqui...) Parabéns Liamda

    ResponderExcluir
  9. Aaaaaa ta perfeito!!!! Continuuua Pooor Favoor!!! *----*

    ResponderExcluir
  10. nossa cara eu chorei demais, ta tipo muito lindo,podia até vira filme, continua por favor

    ResponderExcluir
  11. Eu to toda vermelha e fanha aqui de tanto chorar,não pode finalizar assim!Pelo amor de deus ele MORTOSSS!Não acho que eu vou dormir chorando hoje,pelo amoede deus,continua logo meu coração tá apertando eu to morrendo aos poucos com isso....hahahhahah

    ResponderExcluir
  12. Chorando litro aqui, amore continua, vc decide como vai terminar apesar de eu ser fã dos finais felizes.

    Obrigada pela atenção!

    ResponderExcluir
  13. essa foi a primeira fic que me fez chorar, sério!!! Por favor, nao termina assim, continua por favor! Essa é a melhor fic que eu já li em TODA A MINHA VIDA, não pode acabar assim não pode meudeus vc me fez chorar, eu ainda to chorando não acabe assim, por favor

    Bruna

    ResponderExcluir
  14. Ta muito perfeita! E ira ficar mais ainda se você termina-la com um final feliz ;)

    ResponderExcluir
  15. ~CHORANDO, CHORANDO, CHORANDO~ E continuaaaa, pelo amooooor de Deus continua!

    ResponderExcluir
  16. Santo DEUS muito emocionante.continua rápido por favor ! Quem que um final feliz ae \O/ EU QUERO UM FINAL FELIZ !

    ResponderExcluir
  17. *0* *0* *0* omj continua tá muito perfeito

    ResponderExcluir
  18. CONTINUA POR TUDO QUE É SAGRADO NO MUNDO AAAAAAAAAAH TO MORRENDO DE TANTO SEILÁ DE TANTA PERFEIÇAO AAAAH CAH CONTINUA FINAL FELIZ POR FAVOR AAAAH DEUS ta parei continua cah please xxAna

    ResponderExcluir
  19. Eu chorei glitter pq eu sou diwa! Esse final foi épico, mas podia ter um final feliz! #Carol

    ResponderExcluir
  20. Final feliz,pf,tá muito PERFECT

    ResponderExcluir
  21. Eu adorei mais por favor tem que ter final feliz eles não podem morrer .

    ResponderExcluir
  22. Adoreei esse final, mas queria ver o feliz ! Postaaaaaaa !

    ResponderExcluir
  23. GENTEEEEEEEEE TO AMANDOOOOO, Mais tem que ter uma final feliz :)
    XOXO Brubs

    ResponderExcluir
  24. Continuaa coloca Um Final Feliz pq até agr Todo mundo ta sofrendu ai si colocar um Final Feliz a Historia fica ainda mais Perfeita do Que jà Esta : )

    ResponderExcluir
  25. ~CHORANDU LITROS AKIE
    POR FAVOR NÃO DEIXA ELES MOREREM COLOCA FINAL FELIZ
    AI NÃO AGUENTO MAIS DE CURIOSIDADE POR FAVOR COLOCA FINAL FELIZ OBRIGADU BEIJOS E NAUM ESQUEÇE DE CUNTINUAR VIU BJS
    ~Fani horan

    ResponderExcluir
  26. CONTINUAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA

    ResponderExcluir
  27. Continua please
    Ass Bia

    ResponderExcluir
  28. Continua por favor,,,, quase tive um ataque emocional aqui e a culpa e SUA POR ESCREVER TÃO BEM
    XXXthayná

    ResponderExcluir
  29. mds eu chorei tanto que vc não tem noção kra!continuaaa xx

    ResponderExcluir
  30. C/ certeza continuaaaaa
    E final feliz!
    Pleaseeeeeee
    Annah C.

    ResponderExcluir
  31. Continua pls... ta perfeito d mais cara.... eles tem q ter um final feliz ... ameeeeiii xX.

    ResponderExcluir
  32. ai meu Deuuuuuuuuusssss eu nunca chorei tanto em minha vida na verdade sim! quando "eu" cai da escada na fic "o que te torna linda" mais essa eu chorei mais plmdd! final feliiiiiizzzzz!

    ResponderExcluir
  33. AAAAAAAAAAAAAAH CONTINUA PLZ, SO Q COM FINAL FELIZZZZZ AAAAAAAAAAAAAAAAAAH <3 FAZ ELA E O NIALL FICAREM VIVOS E JUNTOS PPPPPPFFFFFFFVVVVVRRRRRRRRRRR

    ResponderExcluir
  34. Obrigada Camila você sempre me faz Chora... Eu Amo Demais todas a Suas Fic, mais esse mini do Niall Tá Maiis Que perfeiito, e tem que ter um final FELIZ.
    Então Continua Por Favor ~Júuh Oliveiira~

    ResponderExcluir
  35. CONTINUA VC ESTA ME FAZENDO VIRAR MT SENTIMENTAL MDS

    ResponderExcluir
  36. eu chorei continuaaaaaaaaaa

    ResponderExcluir
  37. nãoooooooooooooo. Ahhhhhhh meu deus eles não podem terminar mortos.Continuaaaaaaaaaaaaaaaa pelos deuses da lagrima divina continuaaaaaa

    ResponderExcluir
  38. Som a qauntidade de água que está saindo dos meus olhos tenho a plena certeza que você pode encher um grande lago
    Meu Deuus!
    Por favor final flz... Peo amor Cah! :)
    Kisses! :*

    ResponderExcluir
  39. Pooor favor continua,eu te imploro...

    ResponderExcluir
  40. AAAAAaa Caah por favor.. EU, nós te imploramos... Continua pfv... eu chorei :'( faz um final feliz pfv... aaii q eu chorei e to chorando aqui... :3
    PERFEITO, PERFEITO, PERFEITO *-------------*

    ResponderExcluir
  41. Continua caah Faz uma imagine com ela n mini imagine ia ser legal ;]mto mto pfta, chorei(e serio)

    ResponderExcluir
  42. Esta perfeito! Acho que deveria acabar aqui, que continuação poderia ter?? Não tem como eles sobreviverem. Nem sempre tem que ter um final feliz gente, sempre a mesma coisa fica chato. Na minha opinião esse já é o final feliz dos dois, está perfeito, deveria acabar assim, se melhorar estraga.

    ResponderExcluir
  43. Meu coração não aguenta finais tristes. Eu sei que na vida nem tudo acaba bem, BUT...
    Pelo amor de Deus faz um final feliz.
    #PleaseEuTeImploro!!!
    ;)

    ResponderExcluir
  44. Chorei muito,continua e com final feliz!

    ResponderExcluir
  45. eu amei esse final e acho que assim ta bom , eles não ficaram juntos mais morreram juntos , eu amei o final muito lindo , mas se algumas pessoas querem a continuação eu concordo , não deixa eles morrerem que eu agradeço , eu acho muito triste um final em que a mocinha e o mocinho morrem. ta ótimo assim continua.

    ResponderExcluir
  46. esta perfeito mais eu queria muito um final feliz amei demais agradeço muito se você continuar

    ResponderExcluir
  47. esta mt bom.. mais eu prefiro um final feliz .. please continuee . by:Bia Karollyne

    ResponderExcluir
  48. continuaa até pq eles nem tiveram uma noite de amoor rsrs .. ta perfeito

    ResponderExcluir
  49. continua poxa, tipo ficaram tanto tempo separados um do outro que agora vão morrer? NÃO! NÃO! faz final feliz por favor ):

    ResponderExcluir
  50. Nem tudo na vida vida acaba com um final feliz.
    Mas continua e faça um final feliz <3
    Está perfect :3

    ResponderExcluir
  51. ñ continua ta perfeito esse final ate chorei, mas gostei

    ResponderExcluir
  52. faz um final feliz com que o niall e "você" sobreviam cara eu to chorando ate agr!

    ResponderExcluir
  53. Continua isso tem que terminar bem... Pfpfpfpfpfpfpf continua e deixa eles viverem felizes

    ResponderExcluir
  54. Velho continua pfpfpfpf faz com que eles tenham um final feliz

    ResponderExcluir
  55. TIPO SERIO NAO PODEM TER ESSE FINAL...E COMO FICA MINHA MAE?MINHA IRMA/IRMÃO?

    ResponderExcluir
  56. Pelo amor do Niall continua ,chorei muito nesse imagine XxxJakeXxx

    ResponderExcluir
  57. Final Feliz por favor !!!

    ResponderExcluir
  58. Final Feliz please! Depois de toda a historia dos dois, eles merecem!

    ResponderExcluir
  59. Final feliz pelo amor de deus!! Que triste !! Continua!
    Maju

    ResponderExcluir
  60. MEU DEUUUSSS CAMILA O.O VOCÊ TA QUERENDO MATAR AGENTE MENINA !? CONTINUUA PELO AMOR DE DEUS O.O

    ResponderExcluir
  61. Continuaaaaaaaaaaa to cjorandoo meninaaaaa vc escreve bem final felizzz pleaseee

    ResponderExcluir
  62. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  63. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  64. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir