Stole My Heart - Capítulo 24 / 2ª Temporada

- PARADEIRO


P.O.V. NARRADORA
     SeuNome ficou bem abalada ao ver Gabrielle... espatifada no chão da casa deles, justo quando tudo começava a dar certo. A garota se encontrava em choque sendo consolada pelos abraços do namorado, irmão e melhor amigo. Se sentia... amedrontada. E não entendia o que o tal de Paul, cujo a mesma conversou por meses ano passado enquanto a banda estava em turnê e o mesmo nunca lhe pareceu suspeito. Seus prantos eram os maiores que algum dos meninos já ouvira na vida. Mas eles não entendiam e nem ela mesma entendia por que chorava por uma pessoa que tentou mata-la uma vez e matou seu pai. Mas todos sabiam que o coração de SeuNome era puro, a menina, agora mulher pelos seus cálculos, perdoara muito fácil. 

SeuNome: Como deixaram ele entrar aqui? - perguntou ao irmão que ainda a abraçara 
Louis: Não sei pequena, não faço ideia. E o pior é que as câmeras de segurança não captaram de onde Paul entrou.
SeuNome: Droga, assim ele entra e sai quando quiser! - falou se soltando de todos e indo ao seu quarto

     Ela se jogou na cama e ficou olhando pro teto do quarto. Uma conclusão ela tirou dali: se mudaria daquele apartamento o mais rápido possível! Como morar onde uma pessoa foi assassinada e ainda mais com uma criança? Meio que impossível .. passou a mão na barriga e pegou o celular no criado-mudo, ficou olhando as fotos e só agora tinha se tocado de que tinha esquecido o celular ali. Quando passou uma foto, tinha uma de Paul sorrindo com o corpo de Gabrielle atrás. Ela sentiu seu sangue ferver, apagou a foto e jogou o celular na parede, assim como Harry tinha feito à minutos atrás.
     Falando em Harry, agora ele falava com a polícia e explicava a situação, sua maior vontade era de contar sobre Paul, mas se ele fez isso com a irmã, poderia fazer pior com ele e SeuNome, certo?

Policial: Então foi isso mesmo o que aconteceu, sr. Styles?

Harry: É, isso mesmo. Voltamos e tinha essa garota ai no nosso apartamento.
Policial: Vocês a conheciam?
Harry: Chegamos a falar as vezes com ela, mas nada muito assim, sabe?

Policial: Entendo...

Louis: Harry, vou ir ver a SeuApelido, a Els ta na cozinha, qualquer coisa me chama.
Harry: Ok.
Policial: Sr. Styles, será que você podia assinar aqui - pegou uma folha do seu bloquinho e me entregou uma caneta - pra minha filha?
Harry: Ta, claro - autografou

Policial: Obrigado, até mais garotos.

     Nisso o corpo de Gabrielle era levado para uma autopsia no centro de Londres, Harry se encontrava em estado de choque sentado no sofá, queria fugir daquela casa levando sua mulher que carregava seu filho pro mais longe possível... mas tinha a banda e a família na Inglaterra, não iria conseguir deixar tudo isso aqui, se sentiria mal depois e sabe-se lá o que aconteceria com ele. Uma ideia... estranha, se passou pela sua mente, ele sabia porque Paul estava fazendo isso com eles. Harry tinha medo do que iria fazer, mas tentaria, mesmo assim.


[...]


Harry: Louis, é o jeito cara!
Louis: Não. Se contar pra SeuNome vai piorar tudo, cara!
Harry: E vamos fazer o que? Deixar que o Paul pegue ela numa esquina que ela for na padaria?
Louis: Ela é teimosa, vai querer se envolver Harry...

Harry: Ela tá grávida, vai se preocupar com o Sean e não com isso.

     Os dois melhores amigos discutiam sobre contar ou não à SeuNome o plano que eles tramavam para achar Paul. Era arriscado? Sim, e muito. Mas era o melhor que os dois conseguiram pensar em tampouco tempo. Logo Louis ouviu barulhos de passos e resolveu mudar de assunto rapidamente.

Louis: E então, vamos amanhã jogar futebol?

Harry: É pode ser - se virou pro corredor e viu SeuNome os encarando - Oi amor...
Você: Oi gente... alguém quer comer alguma coisa?
Louis: Eu quero spaghetti!

Você: Não vou fazer isso agora.
Louis: Mas você perguntou "Alguém quer comer alguma coisa?" - imitou a voz da irmã - e eu quero spaghetti - fez bico
Você: Se quiser é um pão com geleia e olhe lá!
Harry: Faz um pra mim também, SeuApelido?

Você: Faço si... - se interrompeu 

     Ela segurou a barriga fortemente e fora apertando os olhos, SeuNome sentiu seus joelhos cederem e ela ir ficando mais fracas. Os gritos da menina preencheram o apartamento que estava silencioso até agora. Os meninos correram até ela e a mesma continuava, mas agora soava frio e se contorcia ainda com a mão na barriga.

     "O que está acontecendo?" era o que Harry pensava no momento. Estava imóvel, não sabia o que fazer e muito menos o que estava acontecendo ali na sua frente. Louis estava agachado ao lado da irmã segurando forte sua mão e a ajudou a sentar-se apoiando as costas na parede. Ela soava, cada vez mais e tentava recuperar o fôlego sem sucesso.

Louis: SeuNome? O que ta acontecendo? - perguntou ele preocupado

Você: Sean! - respirou fortemente e soltou um grito apertando mais a mão do irmão - Vai nascer!
Harry: Mas...  mas... ela tá só com 7 meses! Não pode ser!
Você: MAS É PORRA! - gritou angustiada
Louis: Legal, e o que vamos fazer?
Harry: Me ajuda, vamos levar ela pro hospital!


     Louis ajudou Harry a apoiar a garota com um braço um ombro de cada, eles foram andando com dificuldade. Enquanto ela gemia de dor e eles iam ao elevador, Louis ligava pra Eleanor pegar algumas roupas de Sean e SeuNome e coloca-las numa mala pra levar ao hospital.

     Enquanto eles passavam por um sacrifício, Zayn e Emily se encontravam aos beijos no apartamento de Harry. Estava um clima "quente", Zayn tinha uma surpresa à menina, mas só faria mais tarde. E não, não é besteira. Ele já pensava em pedir Emily em noivado à algum tempo, mas a certeza só veio nesta semana e sabe-se lá ele por quê. Quando Malik iria deita-la na cama, o celular dela toca. Emily o pegou e no visor do Iphone dizia "SeuNome", ela não exitou e atendeu.


-----CELULAR ON-----
Emily: SeuApelido?
XX: É o Louis, Em.
Emily: Aconteceu alguma coisa?
Louis: Sim...
Emily: Fala logo o que, idiota!
Louis: - bufou - Sean vai nascer, quer dizer, ta nascendo.
Emily: AAAAAH! - gritou  alegria e Louis soltou um grunhido
Louis: Chama o pessoal e venham, é aquele aqui perto da minha casa, sabe?
Emily: Sei, eu e o Zayn estamos indo prai. Tchau Louis.
Louis: Tcha... - ela desligou
-----CELULAR OFF-----

     Ela dava pulinhos de alegria. Sua maior vontade era que essa criança nascesse logo pra ela e Spencer matarem a curiosidade de saber com quem Sean mais se pareceria. Ela apostava que em Harry, e Spencer que ele pareceria mais com SeuNome. Só agora elas saberiam realmente, certo?
     Emily jogou a camisa de Zayn pra ele e contou o que acontecera, calçou um tênis e começou a mandar mensagens a todos avisando o que estava acontecendo nesse momento.

P.O.V. HARRY
     Louis ligava pro pessoal enquanto eu falava com o médico que iria fazer o parto de emergência de Sean. A cara dele não era uma das melhores e isso me preocupava, tinha certeza de que ele estava escondendo alguma coisa de mim... 

Médico: ... e é isso, sr. Styles!
Eu: Hm? Desculpa, mas você podia repetir?
Médico: - suspirou pesadamente - Styles, ela só tem 19 anos. Tem o corpo frágil e carrega uma criança de 7 meses, não sei como ela ainda aguenta, ela é muito miúda! - riu pelo nariz e eu continuei sério - O mais incrível, é que ela está com fortes contrações e a bolsa não estourou. Parece que Sean vai nascer, ou ela pode ter um aborto...
Eu: E isso é muito ruim, né?
Médico: Mas é claro! - respondeu como se fosse óbvio - Vamos ter que fazer uma "manobra" - fez aspas - muito, muito arriscada. Tem chances da SeuNome não aguentar - minhas pernas ficaram bambas - mas também tem uma porcentagem dela conseguir.
Eu: E o que vão ter que fazer?
Médico: Se a bolsa não estourar em três horas, vamos tentar... estoura-la. Bem, não é fácil de explicar, mas acho que vamos conseguir fazer seu filho nascer... mas você pode perder sua mulher. Me desculpe.
Eu: Não tem outra maneira?
Médico: Infelizmente não. Mas pra podermos fazer, você deve assinar aqui - fez um "X" na prancheta que carregava - pra comprovar que você aceita usarmos esse método no parto de...?

Eu: Sean.

Médico: Isso. Assine aqui por favor - me entregou a caneta e eu assinei - Obrigado sr. Styles.

     Ele deu um sorriso triste e saiu com a prancheta anotando algumas coisas... eu estava destruído por dentro. Despedaçado, poderia ter Sean comigo e SeuNome nos observando do céu. Isso me matava, não sabia o que fazer, foi tudo tão de repente, num momento ela estava no quarto quieta e no outro quase dando a luz ao fazer um sanduíche!

     Alguém me deu tapinhas nas costas e eu me virei. Era Louis, ele sorriu sem mostrar os dentes, forçado claro, e se sentou ao meu lado com as mãos numa espécie de concha no rosto. Nós dois estávamos preocupados com SeuNome, e muito.

Louis: Você aceitou aquilo?

Eu: É melhor ter uma chance de tê-la do que vê-la morrer sem ter tentado.

Louis: É, ta certo.
Eu: Acho que eu vou lá ver ela...
Louis: Vai. Eu vou esperar o pessoal chegar. Eles não sabem o andar e nem o quarto.

     Assenti e perguntei por onde era o quarto que SeuNome estava. Me disseram que ela estava na sala de parto. Com "delicadeza", as enfermeiras me deixaram entrar e ficar lá com SeuNome. Ela estava pálida, muito pálida. Tinha me lembrado da Kristen Stewart em Amanhecer parte 2. Tive que colocar um avental e uma touca, questão de higiene pelo que me falaram.

SeuNome: Harry! - sorriu fraco

Eu: Hey... como você es... - o médico me interrompeu quando SeuNome deu um berro
Médico: ESTOUROU! A bolsa estourou... pessoal, nada de técnica de emergência - disse se virando a sua equipe e todos assentiram
Eu: Eu vou ficar com você, até Sean estar aqui com a gente.
SeuNome: Eu te amo - sorriu e eu lhe dei um selinho
Eu: Eu amo mais.

      Sentia como se meu coração tivesse parado por um momento e depois voltado a funcionar novamente, ainda mais rápido e melhor. Rapidamente os gritos dela invadiram a sala, todo o silêncio que estava lá tinha sumido e só davam berros dela. Segurei sua mão e ela a apertava como se quisesse arranca-la. Doía, e muito. Mas eu não soltaria.

     Tinham se passado uma hora, ela fazia força e muita, mas não conseguia, isso me preocupava. Até agora pelo que o médico disse apenas um pequeno pedaço da cabeça de Sean estava a mostra. Mas bem que minha mãe sempre disse que não era fácil dar a luz, disse que pra eu nascer foram 8 horas... e ela já era "velha", imagina a SeuNome? Deve demorar mais... ou menos? Ah, não sei.

Eu: Vai amor, força!

SeuNome: Quer trocar de corpo comigo e tentar fazer uma criança sair de dentro de você? Acho que não - o médico obstetra riu baixo
Médico: Isso SeuNome! Saiu mais um pouco da cabeça do seu pequeno, vamos tentar mais um pouco de força?
SeuNome: Ok - suspirou rapidamente
Eu: Aqui tem água?
Médico: Ali nos fundos.

Eu: Obrigado.

     Soltei a mão da SeuNome e fui indo pro fundo da sala de parto. Ver ela ali, toda suada e fazendo o maior esforço pra que Sean nascesse mesmo que prematuro... não sei, era meio estranho. Afinal não esperávamos por isso tão já assim.

SeuNome: Chega, não vou aguentar! - reclamou

Médico: Vai sim, senhorita Tomlinson. Vai ver, depois de toda essa dor vai ter uma recompensa.

     Ela sorriu largamente e então continuou fazendo força. Joguei o copo de plástico fora e senti meu celular vibrar no bolso de trás da calça. Abri a mensagem e era de Liam.


"Achamos o paradeiro do Paul."

     Sorri ao ler aquilo. Voltei pra perto dela e a segurei sua mão, pelo tanto que ela apertava a mesma dava pra sentir a força que ela devia estar fazendo e a dor que devia estar sendo. A mão dela se afrouxou, e se soltou da minha, eu estranhei. Mas logo um choro fraco tomou conta do lugar. Sorri imediatamente e SeuNome me deu um selinho. As enfermeiras o limparam e o enrolaram numa toalha. SeuNome observava tudo cautelosamente. Logo as enfermeiras o entregaram no colo dela, que começou a chorar.



SeuNome: Oi Sean! Como você é lindo, querido! - dizia toda boba olhando para ele
Eu: Ele é... lindo! Muito. Assim como a mãe - sorri olhando pra ela
SeuNome: Olha querido, olhe como o papai é lindo - apontou pra mim, o pequeno piscou os olhos devagar e ficou me encarando por um tempo
Eu: Posso... posso pegar?
SeuNome: Mas é claro! - me entregou

Eu: Oi Sean! Bem-vindo, filho... - eu conversava bobamente olhando para ele enquanto SeuNome sorria, nisso Louis entra correndo na sala
Louis: Rápido, olhem pra cá! - nós nos ajeitamos rapidamente e ele tirou a FOTO - Tchau!
SeuNome: Tchau - riu pelo nariz

     Eu peguei o celular e tirei uma foto da SeuNome com Sean, coloquei de papel de parede e sorri ao ver a foto. O médico disse que nos deixaria a sós com Sean por alguns minutos e logo voltariam para pega-lo e o colocar na encubadora.

Eu: Que o Sean só nos traga alegria a partir de hoje.

SeuNome: E vai, claro que vai. Não é mesmo, pequeno? - perguntou brincando e sorrindo para ele


     Logo uma enfermeira chega e pega Sean. Perguntou se SeuNome sentia alguma dor e a mesma respondeu que não, então ela já poderia ser liberada. Ela tentou se levantar, mas eu insisti em que a levassem na maca. Ri quando SeuNome me mostrou o dedo do meio e disse "Não sou aleijada, posso andar ué". 

     Enquanto levavam-na pro quarto, meu celular vibrou, Niall mandou uma mensagem dizendo:


"Estamos onde Paul provavelmente está, vai vir nos encontrar?"


     Sorri de um modo estranho e suspirei. Mas é claro que eu vou ir atrás desse desgraçado que quase estragou minha vida.


Ohayo ^^
Capítulo big e fofo, né? :3
Alguém ai vai no Anime Friends aqui em SP dia 20? Vai que a gente se esbarra rs

Preciso comprar uma Charuru, um Happy, uma camisa do SHINee e um CD do 2PM <3

Então, é isso.
Beijoos!


23

23 comentários:

  1. Vc pulou do 23 para o 25....kkkk!!Oerfeito,bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. e vc escreveu Oerfeito ! Pare de julgar !

      Excluir
  2. aaaaawn esse capitulo foi mega fofo tah cada vez mais perfeitoo Continuaaaa !!

    xX : Raphaela bjs

    ResponderExcluir
  3. Own....que PERFEITO...Amei!!!
    Bjs

    ResponderExcluir
  4. continua mas eu sei que não é você que escreve .. você só modifica o Zayn pelo Harry
    eu vii esse imagine no "Imagine One Direction BR" http://imagineonedirection-br.blogspot.com.br/p/fanfic-stole-my-heart.html

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. ela ja disse que e ela que escreve la tambem

      Excluir
  5. Ooh God,quanta fofura *----*
    Samara Frota

    ResponderExcluir
  6. continuaaaaaaaaaa postando pelo amor de deus

    ResponderExcluir
  7. Ownt,muito fofo :3
    Continua por favor está muito perfect

    ResponderExcluir
  8. Q cap. fofo!!!
    Adorei
    Continuaaaa
    Annah C.

    ResponderExcluir
  9. Ninguem demora uma hora pra nascer '-' só se o bebe tiver desistido de nascer, isso é coisa de minutos. Mas ta fofo, dorei ta

    ResponderExcluir
  10. onwt "meu bebê" o Hazzinha kk' q fofo esse capitulo continuaaa please preciso saber oq irá acontecer com o vagabundo do Paul malikisses
    by:Duda

    ResponderExcluir
  11. Ai eu vou no Anime Friends dia 19 q raivaa, pqp viu :(

    ResponderExcluir
  12. Cara ta postando rapido agora...que legal...
    Estou super hiper mega ansiosa pro proximmo, por favor continue pstando repido, certo?
    LARINHA1D

    ResponderExcluir
  13. Continue prfvr

    ResponderExcluir
  14. #leitora nova.

    Amei li a fic em 2dias, isso deixou a minha cabeça mais clara e me mostrou algumas coisas q estavam confusa.

    Continua logo

    ResponderExcluir
  15. Perfeitoo! Pena que está no fim u.u UAU! Como passou rápido esse tempo em que fui lendo cada episódio! (0.0) Eu só sei que tou amando tudo nisso! Beijos! OBS: Não morra cedo. Quero que faça mais fics :3

    ResponderExcluir
  16. Continuaaa ta nuito perfeito :3

    ResponderExcluir
  17. Continuaaa tá lindo,e agora que tá postando rápido!!!

    ResponderExcluir
  18. PERFEITOOOO!..MEU FILHO È LINDOOO!.KKKKK

    ResponderExcluir