Five Letters - Capitlo 01

 


O céu estava cinzento e escuro, mesmo sendo apenas 4 horas da tarde, a chuva lá fora caia tão desesperadamente quanto as lagrimas do menino, ele corria pelos corredores com o coração apertado, sufocado pelos próprios soluços, as lagrimas caiam no ritmo da chuva, ele corria o mais rápido que podia com os pés descalços tocando o chão frio empurrava com a mão cada porta daquele corredor procurando ligeiramente a dona de suas lagrimas, de seus suspiros, a menina que era perfeita a seus olhos, a menina que estava cometendo um grande erro.

Ele subiu apressado as longas escadas, tropeçando nos próprios pés e gritando tão alto quanto sua voz rouca e abafada podia, ele abi as portas na mesma velocidade que um raio, e nada da garota, continuou gritando e batendo nas portas, ate que sua busca finalmente acabou. Ele parou e olhou intacto para o quarto, Por um momento seu coração parrou, um forte bancada sentiu-se em seu estomago, suas pernas bambearam , e as lagrimas continuavam a sair, rolando pelo seu rosto e caindo no chão, frio e sujo. De repente seu coração voltou a bater e um enorme e alto grito saiu rasgando de sua garganta.

- NÃOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOO - Ele correu ate o corpo da menina que estava jogado no chão, tropeçou em seus pés e caiu a poucos metros de sua mão, ele as tocou berrando alto e repetindo a si mesmo que nada daquilo estava acontecendo, mas estava, aquilo era real; sua pele estava pálida e gelada, o frasco de dopantes estava jogado a alguns passos do corpo, as cicatrizes em seus pulsos eram bem visíveis, seus cabelos cor de mel estavam espalhados pelo chão frio e úmido, e seus belos olhos...fechados para sempre.

Ele abraçou ela, enterrando seu rosto em seu corpo sem vida, derramando mais lagrimas do que qualquer um poderia imaginar, ele a apertou mais forte e um soluço alto escapou do sua garganta " não, não posso aceitar, e tudo mentira, isso e apenas um sonho, ela vai voltar para mim.. não, por favor não " repetia ele para si mesmo, As lagrimas saltavam de seus olhos, a dor em seu peito era agoniante, e a chuva lá fora estava mais forte do que nunca, ao longe se ouvia as sirenes das ambulâncias se aproximando, mas era tarde demais, um anjo havia morrido....
                                Liam.P.O.V
10 Meses Antes...

- Aaaaaaaaaaaaaaaaah - Eu escutei um grito estridente vindo do quarto onde Niall estava adormecido, desde de ter desmaiado de uma hora para outra na noite passada enquanto discutíamos sobre o jogo de basquete da semana passada. joguei minha revista em cima do sofá e corri ate o quarto. assim que abri a porta me deparei com um menino de respiração ofegante e com gotas cristalinas de suor em sua testa, eles estava apavorado, agarrando os lençóis e choramingando.

- Niall, Niall o que houver ?!- eu disse caminhando ate a cama, já sentindo o desespero passar pelo meu corpo.

- Liam.. Liam..- ele arfou- Esta doendo muito Liam, por favor me ajuda - ele disse agarrando-se firme a minha camisa, sua voz estava falha, e ele tremia, eu não sabia o que fazer, eu estava paralisado, nunca tinha visto Niall tão aterrorizado em toda minha vida.

- Onde Niall, onde esta doendo ? - eu consegui perguntar por fim, tentando fazer com que ele olha-se para mim.

- No peito - ele apertou as mãos no peito -Ela, alguém esta sofrendo muito, essa dor não e minha, faz parar por favor. - ele disse agarrando-se mais a minha camisa, suas mãos e todo o seu corpo tremiam muito, seu coração estava tão desesperado que eu podia ouvi-lo de longe, suas mãos estavam gelados e ele suava muito.

- Do que você esta falando Niall ?, o que esta acontecendo ? - antes mesmo que o menino aterrorizado pudesse disser algo, ele desabou em lagrimas em cima da minha calça jeans, a encharcando em poucos segundos, eu não sabia o que fazer, se ia ate a cozinha atrás de algum calmante, agua com açúcar, ou se eu ficava ali, tentando acalmar o coração do menino loiro.

Eu afaguei suas costas, tentando faze-lo parar de chorar, mas nada funcionou, mas não me atrevi a me mexer, ou sair dali. Nunca vi alguém derramar tantas lagrimas quanto Niall, não foram 30 minutos de choro, ou 1 horas, foram bem mais do que isso....

[....]

- Niall da para você me explicar agora o que esta acontecendo ? - eu perguntei ainda aterrorizado - O que foi isso ? - eu o segurei pelos ombros tentando faze-lo olhar para mim, mas ele apenas encarava as mãos.

- Liam.. eu não sei - ele disse passando a mão no rosto, para limpar as lagrimas.

- Você disse que ela estava sofrendo, ela ? ela quem ? - eu o sacudi um pouco, forçado ele a falar.

- Eu não sei - ele disse - Eu não a conheço , não sei o seu nome, seu endereço nada, mas eu posso sinto o que ela sente, e tipo.. eu não sei. e como se eu sentisse as dores dela.

- Você enlouqueceu ? - eu berrei, e ele suspirou

- Pode me chamar de louco se quiser, mas eu sei o que esta acontecendo - ele disse pela primeira vez olhou em meus olhos. e mesmo assim não consegui entender o que se passava com eles. Niall andava estranho as veze, uma hora estava bem, e na outra surtava , e ontem a noite do nada ele desmaia, acordando agora, assim, tão atormentado, dizendo bobeiras e coisas sem sentido, Tem com ter algum sentido ? cabível ?

- Me explica isso direito Niall, eu não estou entendendo - ele suspirou, eu sabia que ele não queria falar, mas ele tinha que me explicar isso direito. estava preste a ligar para o hospício, quando finalmente, depois de um longo tempo de silencio disse :

- Sabe quando você ver o seu melhor amigo chorando, e você automaticamente tem vontade de chorar também, ficar triste igual ele e tudo mais - ele disse em um tom de voz baixa e rouca.

- Sim, o que isso tem haver ?-arqueei as sobrancelhas

- Você ficou triste por ele, mas você de fato não sentiu o que ele sentiu, se você chorou foi por que ele chorou, e não por esta sentindo a dor que ele estava sentindo -

- E claro - eu disse, ainda meio perdido - Onde você quer chegar ?-

- Eu sinto a dor de uma outra pessoa liam, se ela esta com medo eu ficou com medo, eu não sei do que ela teme, mas eu temo junto, se ela esta irritada eu também fico e se...

- Niall, Niall, Niall - eu o interrompi - Você esta se ouvindo falar ? isso e impossível, ninguém e capas de sentir a dor de outra pessoal, ainda mas de quem nem se conhece.

- Liam, como eu queria que isso fosse mentira. como eu queria. pode me chamar de louco, vai em frente, me chame de louco, mas se fosse você, se fosse você se sentindo mal, deprimido, um lixo, quero ver se você diria que e loucura. esse e o grande problema do ser humano, só sabe julgar. e você liam ? já se ouviu falar ?- ele disse ríspido, e grosseiro, com raiva no seu tom de voz, ele me encarava com um olhar de fúria, como se eu tivesse xingado sua mãe, ou coisa parecida, mas de repente sua expressão mudo. ele começou a passar a mão freneticamente sobre o pulso, bem rápido e forte.

- O que ? - eu engoli o seco - O que esta acontecendo ? -

- Meu pulso esta ardendo, estou sentido algo passar por ele - ele me mostro seus pulsos, não tinha uma marca, mas estavam vermelhos de tanto ele os esfrega-los. - Eu acho que ..

- Ela esta ..

- Não fale, por favor - Niall me interrompeu, implorando, apertando forte os olhos e o pulso.

- Você pode descrever a sensação ? - eu perguntei, olhando fixamente para ele, que não tirava o olhar de seu pulso.

- E como se algo quente passasse rasgando minha pele, e o meu coração bate forte contra o peito, pedido por isso, me sinto um pouco tonto, e depois, começam a arder, mas só um pouco ... por que depois ... depois .... se torna prazeroso, e como se aliviasse tudo que você esta sentido, tudo.- ele disse ainda com as mãos sobre o pulso. os examinando.

- Niall isso e impossível, ninguém vai acreditar em...

- Eu não quero que acredite - ele me interrompeu - Eles podem me achar loucos, você pode me achar louco, mas só eu sei o que eu estou sentindo, só eu sei o quanto essa pessoa esta sofrendo.

- Niall eu acredito em você - eu disse e pela terceira vez ele me olhou, e dentro dele eu podia ver a agonia, não dele, eu consegui ver pelos seus olhos que tudo era serio, por mais louco e doentia que pareça, seu olhos, esbanjavam dor, dor que de fato não era dele.

- Serio ?-

- Sim, eu vejo em seus olhos, eu vejo a dor em seus olhos, mas ela de fato não e sua...-

- Liam.. me ajude.... nenhum coração devia sentir isso, eu não sei o que fazer ! - ele implorou, com a voz calma e tremula.

- Você não tem ideia de quem seja ? - eu perguntei esperançoso, mas ele negou.

- Não, mas quanto mais próximo fica o dia de conheça-la, a dor, as sensações aumenta - ele disse.

- Por isso você desmaiou ? -

- Eu não sei... só lembro de sentir um forte bancada na minha barriga - Ele disse coçando os olhos, ele passou a mão na barriga e de repete fez uma careta, eu o encarei o examinando.

- Niall.. levante a camisa - ele hesitou, mas levantou a sua camiseta polo verde, me dando a visão de um enorme hematoma roxo e inchado, arregalei os olhos e ouvi Niall guinchar em horror, era um hematoma enorme do seu lado direito do corpo, era como se alguém tivesse chutado com muita força aquele local, mas ninguém havia tocado em Niall, ele estava tão assustado quando eu.

- Agora a coisa esta seria - ele disse - Temos que encontra-la -

- Vamos acha-las- eu garanti a ele. o que de fato eu não devia ter feito, entre tantas pessoas no mundo, como íamos acha-la ?, isso, tudo era estranho e assustador, eu ate poucas horas atrás não acreditava nisso, mas o hematoma de Niall e mais que um prova de que tudo isso e real.

- E o que eu mais quero no momento ! - ele disse depois de um longo tempo, suspirei -

- Como você vai saber que e ela ? quando a encontra ? -

- Sinceramente liam... eu não sei... - ele hesitou - Eu só vou saber.

                                                                  ***
Hello :)
 Bem.. Desculpe se esse capitulo esta meio ( ou totalmente ) Bleeh. Mas e por que não sou muito boa com começos :/ Sorry.
E isso, espero que gostem. Beijoss

                            


 

19

19 comentários:

  1. To amando! Continua logo, please!

    ResponderExcluir
  2. SE VC AMA SUAS FÃ E A ONE DIRECTIO., VC VAI POSTAR O PROXIMO CAP. E NN VAI DEMORAR PRA POSTR Ò.Ó
    MININAAA, FICOU PERFEITO O CAPITULO, SÉRIO, EU ESTOU CHORANDO AQUI... CARA NN DEMORE PRA POSTAR, FICO UTAO, TAO, TAO PERFEITO Q ESTOU SEM PALAVRAS SÉRIO T.T
    BOM, BJSS E ILOVE YOU, VC É DEZ EHUWHEUEHE
    XOXO Bia.F

    ResponderExcluir
  3. É sério eu prevejo que essa fanfic será perfeita! Continua ou eu fico louca, essa fanfic é simplesmente a melhor.

    ResponderExcluir
  4. Continua hoje !!! tá perfeito

    ResponderExcluir
  5. Eu to tremendo, chorando... Eu sempre procurei uma fanfic assim... Por favor, por favor continua.

    ResponderExcluir
  6. como um capitulo pode ter ficado assim tão perfeito ? continua ta muito bom

    ResponderExcluir
  7. "Mas e por que não sou muito boa com começos" Está sendo modesta, não é? Com um capítulo como esses, eu diria que você é especializada em primeiros capítulos rsrs Sinceramente, esse foi sem dúvida alguma o melhor capítulo ever, parece que eu viajei na capítulo, coisa que não acontece muito comigo!
    Realmente adorei e prevejo que essa fic será perfeita! Você TEM que continuar logo!

    ResponderExcluir
  8. Meu, eu tipo não sei o que comentar. Então... Continua Please

    ResponderExcluir
  9. Quando leio algo assim de dor e bleeh eu sinto a dor, continua please baby.

    ResponderExcluir
  10. aaaah... Continua ta perfeito!
    xx
    Tay

    ResponderExcluir
  11. Cara q lgl ameeei esse capitulo serial,comecou muito bem,se eu jah gostei do primeiro imagina do resto tu tem a continuar please bjao e posta logo em

    ResponderExcluir
  12. AHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHH QUE FIC PER-FECT CONTINUA ISSO RÁPIDO CORRENDO LIGEIRO JÁ POSTOU? AMEEEEEEEEI E ESTOU LOUCA PARA O PRÓXIMO CAPÍTULO E VOCÊ DIZ QUE AINDA NÃO É BOA COMEÇOS E FOI ESSA PERFEIÇÃO IMAGINE SE SOUBESSE MESMO HEIN ? NÃO DEMORA PARA POSTAR TA?

    BEIJOSSSS I LOVE YOU <3

    ResponderExcluir
  13. AHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHH , MEU DEUS AMEI ESSA FIC !!! CARAMBA , AHHHH TÔ TENDO UM SURTO !! COMO QUE VOCÊ PAROU CONTINUA LOGO ISSO EU NECESSITO DE UM CAPÍTULO NOVO TIPO NOW , JÁ POSTOU ? HEI , HEIN ,HEIN ? VOCÊ ESCREVE MUITO BEM ESSA FIC É PER-FECT TÔ IN LOVE !! GANHOU MAIS UMA LEITORA , FIQUEI VICIADA AGORA !! CONTNUAAAAAAAAA , NÃO DEMORA PARA POSTAR !!!
    LOVE YOU SO SO SO SO SO SO MUCHHHH <3 XX (:

    ResponderExcluir
  14. ok eu só tipo fiquei suspirando enquanto lia, SÉRIO CONTINUA LOGO GAROTA SE EU INFARTO!!!!!!!

    ResponderExcluir
  15. Continuuuuuuuuuua pelo amor de deus!

    ResponderExcluir
  16. cara você se enspirou em mim para fazer a fanfic? por que tipo é mais ou menos isso que acontece comigo mas...niguem sente minha dor apenas eu acho...Deus queria ter um "Niall" para mim mas...quem sabe a sorte um dia irá me dar um dia cheio de sorrisos? Sim,eu ...chorei pois isso é a verdade que algumas garotas como eu sofrem,mas sozinhas e o pior que se você conta a alguem eles apenas te julgam e dizem"pare de se cortar isso não adinat nada" ou "isso é coisa do satanas menina" é sempre assim,por isso ninguem me ajuda mas..eu prometi a Deus que eu vou parar,mas é tão dificil é como um grito é ruim na hora você se sente fraco e burro,mas depois é um alivio que só deixa marcas,que as vezes é dificil esconder,isso é fraquesa eu sei! Mas para mim chorar não adianta é como se me cortando eu ficace sedada,um alivio..e depois eu me arrependo...mas tudo bem um dia a vida conspira-ra ao meu favor!(eu acho) a fic ta perfeita você tem muito talento !!! quero ver o fim se vai ser feliz?! bjusssss
    Nayara(hanna)

    ResponderExcluir
  17. Caralho que perfeito! Me deu ate arrepio!

    ResponderExcluir
  18. Yasmin Evanovick17/04/2014 21:58

    Leitora noooova *-*
    Amando essa fic já ♡

    ResponderExcluir