Our Destiny - Capítulo dezessete.

Capítulo dezessete – Mentiras. 
A sua tristeza, machuca meu coração.
Harry P.O.V’s 

            Estava pronto, eu ia contar. Não aguentava mais deixar aquilo guardado a minha garganta, eu poderia tomar um milhão de decisões, sabia que no final sempre se resumiria a ela. Eu havia me apegado, agora eu teria que contar a verdade, e dane-se qual seja a resposta. Estava respirando fundo pronto pra contá-la a verdade. Passei as mãos em meu pescoço e a observei por longos segundos, aproximei minha testa da dela sentindo sua respiração em meu peito, fechei os olhos com serenidade e comecei a respirar ofegante sentindo o cheiro do perfume doce dela. Minha única vontade era de não ter que contar aquilo e permanecer com essa garota ao meu lado. Percebi que o colar não estava ali, foi então que eu lembrei de tê-lo jogado no chão, abri os olhos um pouco assustado e SeuNome me olhou logo em seguida, minhas mãos curvavam todo o seu pescoço e eu conseguia sentir o seu batimento cardíaco.

SeuNome: Harry?
Eu: Droga, eu preciso falar com a Camila. – soltei da SeuNome e virei de costas, me afastando dela e passando a mão no rosto. – Olha SeuNome, eu sou o Edward. Meu nome é Harry Edward Styles.... se recorda de mim? Sou eu! – abri os braços e olhei pra ela com o coração apertado, ela abriu a boca querendo dizer algo, mas não saiu absolutamente nada, ela permaneceu em seu estado normal, apenas me olhando antes de soltar um riso fraco.
SeuNome: Foi a Camila que te contou sobre ele né? Eu sabia que não podia confiar em ninguém. – ela balançou a cabeça.
Eu: Claro que não, sou eu SeuNome.... eu, o garoto atrás da porta. Acredita em mim.
SeuNome: Impossível acreditar Harry, você não é o Edward. Por Deus, olha pra você, porque teria motivos pra ficar dentro de casa, você aparentemente tem tudo, tanto que foi chegar na escola que tornou popular, você é lindo, tem as garotas que quiser a sua cola, tem tudo, deve ser rico e sei lá o que seja. Você tem tudo, não acredito nem se quer um minuto que você seja o Edward. Se queria mexer com os meus sentimentos, você conseguiu.

            Ela se afastou de mim andou, virou antes que continuasse andando, e tirou a minha blusa de moletom jogando-a pra cima de mim, observei seus movimentos antes que ela sumisse diante as árvores correndo, fechei meus olhos e suspirei o mais pesado que pude, senti uma dor que ia da minha nuca as minhas costas, eu não consigo acreditar. Contei a verdade e ela não acreditou. Abri lentamente os olhos e notei que meus olhos estavam encharcados de lágrimas, passei minhas mãos rapidamente ali tentando apartá-las. Comecei a caminhar devagar enquanto fazia a minha respiração voltar ao normal, passei as mãos no cabelo e estralei meus dedos, estando nervoso. Terminei a trilha depois de uns dez minutos e encontrei com todo mundo sentado rente uma represa, me aproximei mais e reparei que Zayn tinha trazido algumas garrafas de bebidas e ele e Louis ascendia algum cigarro, se aquilo era cigarro. Avistei a Camila conversando com a Aline que comia alguma coisa, e eu me aproximei dela, me abaixei perto dela e a vi me olhar assustada.

Camila: Harry você tá chorando? – sussurrou enquanto me olhava. – Vem comigo. – levantou e eu levantei logo atrás a seguindo, entramos entre as árvores e pra não ficarmos muito longe ela parou por ali perto, ainda conseguíamos escutar Zayn e Niall gritarem um com outro, rindo. – Porque você está chorando?
Eu: Cadê o colar? – ignorei sua pergunta.
Camila: Que colar?
Eu: Aquele que eu arranquei e tentei te dar.
Camila: Você jogou no chão, se recorda?
Eu: Droga. Ela não acreditou em mim.
Camila: O quê? Mas você falou que era o Harry e tals?
Eu: Sim, ela disse que eu estava mentindo. – Camila revirou os olhos e se encostou em uma árvore.
Camila: O que você vai fazer?
Eu: O que de melhor eu sei fazer, vou ir até lá, ver se consigo esquecer ela com a Anice.
Camila: Você tá ficando louco não é? Qual é o seu problema garoto?
Eu: O que você quer que eu faça? Eu contei a verdade, Camila. Ela não acreditou em mim. Eu não sei mais o que fazer.
Camila: Mas você não pode desistir.
Eu: Você acredita em destino? Eu acreditava antes de perceber que ele não joga ao meu lado, e de perceber que se fosse pra ficar com a SeuNome, ele já tinha feito isso acontecer. Por favor, esqueça.
Camila: Harry. – ela segurou em meu braço e me soltei dela rapidamente.
Eu: Pensa Camila, o que eu tenho com ela, é um romance bobo, uma coisinha que vem e vai, isso passa. Amor não existe, o que existe é atração e acredite isso pode ser concertado, eu não me importo se não posso ficar com ela, existem milhares de outras garotas que me satisfazem mais.
Camila: Não acredito que você está dizendo isso.
Eu: O que foi? Não imaginou que isso saísse da minha boca, porque eu sou muito amigável? Que se foda, é isso que acontece quando você é amigável demais com as pessoas, você gosta, você sofre, você se fode, você perde, e entristece. Acredite, se apegar alguém não é o que eu quero, e o que aconteceu com a SeuNome, acabou a partir do momento que melhores opções apareceram. – Botei a mão na cabeça, e olhei para Cams, seus olhos estavam marejados e ela me olhava como se não acreditasse. – Droga isso doí tanto.
Camila: Doí né? É porque você não quer fazer isso. Você não quer esquecer de tudo que ela fez por você, de como ela é especial pra você.

[…]

            Já estávamos no colégio, ninguém tinha ido dormir ainda, boa parte dos alunos estavam no ginásio brincando com as experiências de química, e outros estavam no campus conversando, nós estávamos um pouco alterados por conta das bebidas que tínhamos tomado então estávamos rindo muito a toa. Eu estava abraçado com Anice que tentava as vezes encostar seus lábios nos meus, o que era falho já que eu mal conseguia sentir seu cheiro sem passar mal. Camila estava lá na frente com Aline e Louis, tentava abraçar eles e fazer os dois se beijarem. Niall e Sidney ficavam se agarrando e passavam as mãos uns nos outros onde não era permitido publicamente e Liam reclamava por conta disso. Aparentemente irritado. Jéssica apenas observava tudo enquanto ria e comentava alto, parecia que nós estávamos fora do nosso controle.                 Culpa tanto dos cigarros de Zayn como pelas bebidas que ele havia nos arrumado. Fomos direto para o refeitório porque estávamos com fome, o local estava vazio então foi rápido para que pegássemos o que queríamos comer e fossemos para as mesas. Pela primeira vez todos estavam sentados juntos, Anice estava em meu colo e isso me deixava excitado, não poderia negar. Vimos alguém se aproximar e eu comecei a zoar quem vinha. Meu primo, o tal Benjamin. Aquele ser que adorava copiar as formas dos meus cabelos, as minhas roupas, a forma que eu falo e talvez querer as garotas que eu queria. Comecei a tossir e com a minha tosse eu dizia “Espantalho” “Espantalho” fazendo Zayn rir e Louis me ajudar na brincadeira. Benjamin tentou não se importar, mas olhou pra mim de uma forma que eu esperava que ele fosse pra cima de mim me bater, eu poderia socar a cara dele até deformar seu rosto. Sorri cinicamente, e coloquei meus braços em volta a cintura de Anice apertando ainda mais contra o meu colo.

Ben: Com licença. – pediu e eu ri pelo nariz debochando. – Já que estão todos os colegas de SeuNome aqui eu queria dizer a vocês uma coisa muito importante pra mim quanto pra ela. – sorri abertamente com a tamanha cara de pau que Benjamim proporcionava enquanto falava aquelas palavras que para ele eram difíceis e até imaginei ele estudando um dicionário para poder dizer aquilo.
Louis: Vai confessar que assistiu pornô gay? – gargalhei alto sendo acompanhando de Taylor e Cameron.
Taylor: Bateu uma pensando na SeuNome. – rimos mais uma vez e percebi SeuNome corar.
Ben: Não é isso.... digo, eu estou muito, muito nervoso. – suspirou fundo e enfiou as mãos no bolso, comecei a levar isso mais a sério. Ele parecia encenar e seus olhares sobre mim pareciam ser de vingança, ódio, ou algo do tipo. Ele andou por volta da mesa enquanto eu o seguia com o olhar, percebi que todo mundo olhava pra ele, menos Niall que dividia um bolo com a Cams e Ally. Os três estavam prestando atenção porém não se importavam muito. – Estou feliz de saber que finalmente criei coragem para contá-la.
Eu: Do que diabos você está falando? – irritado perguntei, Ben deu a volta na mesa e parou perto a mim e SeuNome que estava sentada a três cadeiras de distância de mim.
Ben: Queria contá-los. Eu conheci a SeuNome a um tempo, não sei contar exatamente, quando porque eu passei esse tempo perdido em meus pensamentos aonde somente ela estava. – cerrei meus olhos e olhei para aquele idiota. – Uma porta era a distância do nosso amor.
Eu: Uma o quê? – perguntei agora irritado, confuso e um pouco desconfiado.
Ben: Ah, Harry.... tenho que te contar. SeuNome é a garota mais especial que eu já conheci em toda a minha vida. Eu tinha vergonha de sair, e encontrar com ela. Eu estava preso em meus pensamentos e aos meus sentimentos. Ela foi a única garota que se importou comigo, porém a vergonha que eu tinha de mim mesmo fez com que eu me escondesse atrás de um nome falso, mas eu digo SeuNome.... meu amor por você é verdadeiro, não há nada mais verdadeiro que ele.
SeuNome: Benjamim, eu não estou entendendo.
Ben: Não me chame de Benjamim meu amor.... me chame de Edward se preferir. – ele se abaixou até a garota e esticou o meu colar. O COLAR QUE ELA HAVIA ME DADO. – Você se lembra disso.
SeuNome: Benjamim....
Eu: DESGRAÇADO. – empurrei Anice com força e fui na direção do Benjamim acertando seu rosto com um dos pratos que estavam sobre a mesa, vazio.
SeuNome: Harry solta ele. – segurei-o pelo colarinho da sua camiseta e o empurrei com força contra uma coluna.
Eu: Você é um mentiroso sabia?!
Ben: Estou fazendo algo que você não teve coragem de fazer, Harry.... como se sente sabendo que foi trocado. – sussurrou, ninguém o ouviu.
Eu: Eu não fui trocado. – sussurrei perto do seu rosto e ele riu.
Ben: Diga a ela quem é o verdadeiro Edward, e espere que ela escolhe a mim.
Eu: Sua farsa vai acabar, Benjamim. – o soltei com força sentindo Taylor e Zayn me segurando, joguei Benjamim no chão e ele sorriu para mim.
Ben: Não é porque você quase matou um cara que você vai fazer a mesma coisa comigo, entenda Harry.... você é descontrolado, e louco. Ninguém quer alguém como você.
Eu: Você.... – perdi a voz enquanto todos me olhavam.
Ben: Bom saber que você não tem o que falar. Eu estou sendo sincero, você quer me agredir, como agrediu a todos, você é louco, fora de si. Eu não entendo, o seu problema é muito maior do que qualquer garota, Harry. Você é um doente. – aquelas palavras foram como uma faca em meu peito, olhei novamente pra Benjamim e depois observei a SeuNome me olhando assustada, senti meus olhos se encherem de lágrimas e ia saindo quando vi a Camila se aproximar.
Camila: Harry, você não precisa fugir.
Eu: Vai no meu quarto depois, por favor. – passei a mão em seu cabelo vendo seus olhos castanhos vidrados nos meus. – Eu só preciso ficar sozinho um pouco.

            Ela não disse nada e eu me afastei andando em direção a ala masculina, quieto e assustado eu diria. Benjamim sabia de tudo, e mais uma vez eu me sentia pra baixo, deprimido, triste e sem razão alguma para sorrir, empurrei a porta do meu quarto e me joguei na cama, senti tudo a minha volta ficar cinza e morta, a felicidade que eu tinha não existia mais, meu peito estava apertado e o meu coração batia devagar, comecei a chorar. Não conseguia segurar, eu queria mas não conseguia. Meu peito doía, ia e vinha em um ritmo ofegante e eu não sei o que aconteceu, só que as minhas pernas ficaram fracas e eu senti vontade de sumir, era como meses atrás, quando vi o rosto da minha mãe triste e decepcionada quando me viu na delegacia, era como ver a minha irmã nervosa, e chorando por minha culpa. Minha mãe trancada no quarto talvez se questionando o que ela tinha feito de errado por eu ser tão decepcionante. Meu pai que mal olhava pra mim, toda aquela dor voltou e a única vontade que eu tinha era de correr, fugir, sumir e talvez morrer. Era um sentimento de dor, que talvez só fosse curado com a ausência da minha vida.
Continua.... 
<< Capítulo Anterior                                                                Próximo Capítulo >>>


-----------------------------
Hei, mais um capítulo, desculpa pela demora, normalmente quando meu irmão está em casa eu mal consigo mexer na internet.  Bom, espero que vocês gostem desse capítulo e pra quem pediu nos comentários uma foto sobre o colar que a SeuNome deu pro Harry, é semelhante a esse: (www)
E o Benjamim ta me irritando, ta na hora do Louis meter a mão na cara dele. 
26

26 comentários:

  1. Continu xoxo isabel

    ResponderExcluir
  2. Benjamim tomara q eles caia nu chao seu gay u
    u kkk eu nao acredito que ele fez isso poxa eu tinha um pensamento tao bom sobre ele kkk quero que o Louis soca a cara dele e que eu e Harry ficamos juntos kk nossos nomes se combinam .. Harrisa ou Isarry XD xoxo isabel kk esqec.de por em cima

    ResponderExcluir
  3. PUTA QUE PARIU NÃO ACREDITO QUE ESSE VAGABUNDO FDP DO BEN FEZ ISSO COM O HARRY... NÃO ACREDITO QUE SOU TÃO BURRA DE NÃO TER ACREDITADO NO HAZZA -.- ( EU ME REVOLTO MT FACIL COM AS COISAS KKKKKKKK) CONTIIIIIIIIINUUUUUUUAAAAAAAAAAAAAAAAAAA HOJEEEEE POR FAVOR , SE NÃO VC ME MATA DE CURIOSIDADE !! TO QUASE ENTRANDO NA HISTORIA E INDO BATER NESSE BEN!!! Xx Karen

    ResponderExcluir
  4. Mano, Vô falar pro Louis meter a mão na cara desse Benjamim, já to com raiva já, pow que merda..
    Ta muito perfeito,quase tive um ataque lendo..
    Continua...Xxx Sarinha

    ResponderExcluir
  5. Eitaaaaaaaaaaaa, socorro, to bem não. Não acredito nisso, sério, eu mesma vou entrar nessa história e vou bater no Benjamim, to com raiva desse guri. Se a principal ir falar com o Harry no próximo capítulo vai ser meu fim. Continua ta moça? Para o bem da humanidade

    ResponderExcluir
  6. Mari Tunisse12/08/2014 13:18

    Taaaaadinho do Harry :( :(
    Continua pfvr

    ResponderExcluir
  7. Continua please !!! Benjamim deu gay desgraçado FDP tomara que o louos meta a mão na cara dele

    ResponderExcluir
  8. QUE RAIVA DO BEN HDJEWBCGDCV TOMARA QUE ELE SLA SE FODA KKKK' AI CAMS TA MUITO DIVO TO MUITOOOO CURIOSA,E FAZ ESSE BEN HJEDVRUIDU CONTAR A VERDADE AAAAAAAAAA
    *-*

    ResponderExcluir
  9. Aiiwwwn qi perfect.... ♥♥♥

    Moree, continua por favoor?
    To loca pra ver o Ben se ferrar e a reconciliação per-fect entre Harry e SeuNome ♥
    ♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥
    Bjiiis
    #Brina_Stymalpayhortom

    ResponderExcluir
  10. O.M.G
    MEU DEUS DO SEU QUE CAPITULO FOI ESSE,JESUS AMADO,EU QUERO MATA BENJAMIM KKK SERIO O MENININHO CHATO,PELO AMOR DE DEUS NÃO DEMORA MAIS PARA POSTAR EU AMOOOOOOOOOO ESSA FIC POR FAVOR POSTA LOGO O PROXIMO PQ EU ESTOU MEGA HIPER UTRA ANSIOSA PARA SABER O QUE VAI ACONTECER...
    AI SERÁ QUE A SEUNOME VAI ACREDITA NO BENJAMIM ?!
    EU ESPERO QUE NÃO KKKK
    COOOOOOOOOOOOOOOONTINUA

    ResponderExcluir
  11. A Ben FDP vo te matar!!!Continuaaaaa e espero q o Louis ou algum menino mate esse desgraçadoo.ta perfeito taa!!kkk

    ResponderExcluir
  12. O ben é um vagabundo eu o odeio ksjsksjs ai tadinho do harry genteney! Queria abraça-lo *u* amei seu cap gatan continua logo please

    ResponderExcluir
  13. Ahhhh pfpfp nao faz isso com meu coração. ..tadinho do hazza...:(
    Ben seu desgraçado...vacoo...boiiii....egua do k7
    Pfpfpf continuaaaa ta perfect ;)

    ResponderExcluir
  14. Que o Benjamin tenha uma morte bem longa e dolorosa! E tipo como ela não acreditou? -_- ahh mas o Harry deu uma enrolada também né
    Esperando o próximo cap!

    ResponderExcluir
  15. HARRY POR FAVOR NÃO DESSISTAA, BEN EU TE ODEIO!!! POR FAVOR CONTINUAAAAAAAAAA TA PERFEITO

    ResponderExcluir
  16. Continuaaaaaaaaaa Camilaaaa, meu deus, tá muito muito foda <3333

    ResponderExcluir
  17. CAMILAAAAA CONTINUAA HOJE POR FAVOOOR!!!! TA FODASTICA

    ResponderExcluir
  18. Nossa e agora???
    Tudo culpa do Ben aquele idiota...
    A fic está muito perfeita e o colar é muito bonitinho
    Continua logo por favor...

    ResponderExcluir
  19. Podem me dizer a agenda do blog ?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Qualquer dia ela ta postando flor . Espero ter ajudado :)

      Excluir
  20. ahhh chega de torturar agente Camilaaaaaaaa!!!!!!!!! posta logo por favorrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrr <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Concordo xoxo isabel

      Excluir
  21. CARA, QUE ODIO DESSE MULEKE, SE A SEUNOME ACREDITAR NELE, EU VO MORRER, ANEM QU DO DO HARRY, ODIO REINA
    MAS MSM ASSIM, CONTINUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUAAAAAAAAAAAAAAAA

    ResponderExcluir
  22. CONTINUAAAAAA EU TO ENTRANDO NA PAG TODOS OS DIAS PRA VER SE VC POSTA E VC AINDA N POSTOOU CONTINUAAA POR FAVVVVVVVVVVVVVVVVVOOOOOOOOOOOOOOOORRRRRRRRRRRRRRRRR

    ResponderExcluir
  23. Só acho que vocês deveriam constar que o Ben também é um gato e ele é um badboy, ou seja: Não tem jeito de não amar.
    Mas, mesmo assim, Camila, tu colocou o Grant como o Beeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeen! Que amor, que amor, que amor! Eu por acaso sou a menina que estava imaginando em voz alta e tal um dia desses... Em fim, atualize logo moça u_u
    -Vicka

    ResponderExcluir